((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Livros: ARRET - O Diário da Viagem e o Passado do Planeta

Livros: ARRET - O Diário da Viagem e o Passado do Planeta

NOTA CRA: Eu li o livro é interesante e vale a pena ler, como sempre tirem suas conclusões rs namaste.

Obs. O autor disponibiliza os livros gratuitamente no site http://www.ecovilavaledourado.com e faz a seguinte recomendação:

Os leitores e leitoras estão autorizados pelo autor a repassar cópias eletrônicas ou em papel para qualquer pessoa desde que não envolva cobrança ou favorecimento de qualquer espécie.

ARRET - O Diário da Viagem

Clique aqui ou na imagem acima, para fazer o download do livro

Sinopse: O livro relata os 3 dias de preparação do autor em uma nave e 41 dias de levantamentos em um planeta situado na Constelação de Órion, onde conheceu suas principais instituições e assistiu documentário sobre a história do seu povo. O livro foi escrito a partir de um longo sonho, também conhecido como projeção de consciência, e apresenta uma visão detalhada do modo de vida fraterno e feliz do povo que vive naquele planeta que representa o amanhã da terra.

Lá não existem países, políticos, classes sociais, proprietários de imóveis, sistema financeiro, polícia, juizes, advogados, e muitas outras instituições terrestres. O governo é planetário, o idioma é único e as necessidades básicas da população, como habitação, alimentação, vestuário, saúde, educação e lazer, dentre outras, são um direito de todos e não dependem do tipo trabalho executado, pois todos têm direitos iguais e o mesmo valor social.

O trabalho não é competitivo, é reduzido e constitui um prazer, pois todos trabalham naquilo que gostam e não para ganhar dinheiro. Os arretianos demonstram sua religiosidade nos atos do dia-a-dia, com profundo respeito à Lei Divina, a única Lei lá existente. Todos se consideram irmãos e procuram fazer aos outros, aquilo que gostariam que fosse feito a eles, vivenciando o “ama ao próximo como a si mesmo” em toda a sua plenitude.

O livro é dedicado a todos que sonham com um mundo melhor, mais justo, fraterno e feliz.

ARRET – O Passado do Planeta

Clique aqui ou na imagem acima, para fazer o download do livro

Sinopse: O objetivo deste livro é relatar os caminhos seguidos pelo povo arretiano para chegar ao avançado estágio que desfrutam na sua atualidade, fornecendo as informações necessárias para que o leitor ou leitora possa analisar, racionalizar e entender a aparente utopia representada pelo maravilhoso modo de vida daquele povo, descrito no Diário da Viagem.

Para atingir esse objetivo, este livro apresenta um panorama da sociedade arretiana no período anterior à Grande Transição Planetária que lá ocorreu, detalha seus antecedentes e a sua ocorrência, enfatizando a ação devastadora e saneadora dos quatro elementos da natureza sobre a estrutura planetária, causando a morte imediata de dois terços da população

Também detalha, com todas as cores, as operações de resgate e de acomodação dos sobreviventes daquele grande acontecimento que desencadeou todo o processo de transformação e implantação do novo modelo social.

O livro destaca a intervenção de uma grande legião de seres espaciais que atuaram com suas naves e outras máquinas maravilhosas em diversas operações de resgate e saneamento, pois sem eles e sua avançada tecnologia, não haveria sobreviventes.

Também descreve como eles protegeram e apoiaram os sobreviventes durante várias décadas e participaram ativamente do grande trabalho de implantação da nova estrutura planetária em novas bases, tornando os arretianos, gradativamente, auto-suficientes em todos as áreas.

Os Amigos das Estrelas, como os seres espaciais eram chamados pelos sobreviventes, deram o grande exemplo que desencadeou uma radical mudança na mentalidade do povo arretiano que, rapidamente, entendeu e vivenciou o conceito da irmandade de todos os seres e da Paternidade Divina.

Finalmente, o livro descreve os acontecimentos no primeiro século após a Grande Transição, enfatizando a criação do governo planetário, no ano 49. Os acontecimentos nos séculos seguintes apresentam grau decrescente de detalhes, até chegar ao limiar da atualidade, descrita em ARRET - O Diário da Viagem.

via:
http://www.ecovilavaledourado.com/site/31/pg18.asp

http://www.mestresascensos.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails