((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

PODCAST: OS QUATRO PILARES DENTRO DE UMA VIVÊNCIA

PODCAST: OS QUATRO PILARES DENTRO DE UMA VIVÊNCIA





Download: http://www.4shared.com/mp3/axW3iTac/podcast1.html



Download: http://www.4shared.com/mp3/-8Ngzwuw/podcast2.html

Mensagem citada neste áudio: VOCÊS NÃO PODEM PRETENDER DAR SEM QUE TENHAM DADO A SI MESMOS - NICOLAS FLAMEL - AUTRES DIMENSIONS



Download: http://www.4shared.com/mp3/uYWYhB_H/podcast3.html

E-mail da Beta Maia:

Sendo
Acabo de escutar o podcast e senti um ímpeto de escrever para vocês.

Nos últimos 15 dias, precisei me isolar um pouco, então fui para uma pequena cidade do interior de Pernambuco, não para “fugir” ou me salvar, mas para me dedicar inteiramente a esse trabalho de desenvolvimento, vivendo em total abandono à LUZ. Meu coração pedia esse isolamento, esse silêncio, uma vez que estive claramente em reação, defendendo posições, gritando como uma louca para acordar o mundo.

Minha intenção era meditar e ficar em estado de presença, em total isolamento do mundo, apenas comungando nos horários de alinhamento, participando da sala paltalk, fazendo protocolos e lendo as canalizações. No primeiro dia, após uma longa caminhada ao ar livre, ao chegar em meu chalé, encontrei uma pequena gatinha, deitada sobre o tapete da porta de entrada. Tentei ignorar, afastei a gatinha e segui meu caminho. Não foi possível. Ela miava e “chorava” sem parar, só se calando quando eu docemente a coloquei no colo.

Dali para frente, passamos a ser inseparáveis. Nem preciso dizer que não meditei, não fiz protocolos, e só li as canalizações, porque eram de Maria. Com essa idade virei mãe adotiva de uma gatinha, que me exigia total atenção. Mas gato é um ser muito especial, silencioso, não faz gracinhas, não balança o rabo, não faz firulas. Amam ou não amam, simples assim. Aquela me amava.

Uma vez eu li uma crônica de Artur da Távola que dizia: "o gato é sábio,por isso, quando esboça um gesto de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é muito verdadeiro, impulso que não pode ser desdenhado. É um gesto de confiança que honra quem o recebe".

Tentei compreender (com minha astúcia de Champolim) o que a LUZ queria de mim, o que ela estava me dizendo, me espetando para ir para aquele “fim de mundo” e depois me tirando de meu centro.

Aí, como pedras de um dominó, que vão caindo devagar, vieram a canalização de Maria, falando da polaridade feminina, que de imediato nos remete a imensidão do amor de mãe e as palavras de Rosa no podcast, lembrando das sutilezas dos sinais. Sim, a LUZ me fez sentir mãe, me apaixonar, me derreter. E eu vislumbrei um amor sem tempo, sem condição, só doação.

Sim, a LUZ trouxe a doçura e o silencio para minha vida, muito maior que qualquer meditação. Aquele pequeno ser de andar languido, gestos calmos, uma profunda serenidade. Sim, a LUZ “deslocalizou” minha consciência para um mundo onde eu jamais tinha ido. Sim, eu vivi a alegria e eu voltei a infância, brinquei e rolei na grama, me desnudei de conceitos e preconceitos, com muita simplicidade. Enchi meus dias de carinho e leveza, enquanto reencontrei a sensibilidade em estado mais puro.

Enquanto minha personalidade cobrava por eu não ter feito nada do que havia me proposto, a LUZ me permitiu apenas SER, sem nada fazer... E a maior de todas as lições: tive que deixar minha companheira para trás, pois não podia trazê-la de volta para casa. Me certifiquei de conseguir uma pessoa que cuidasse dela e fui embora.

Na hora certa (quando o momento chegar), é preciso ter a coragem de se desapegar e seguir em frente. E assim eu o fiz.

Agora finalmente eu entendi a Divina Maria, quando diz: "é em vocês que irão encontrar todos os recursos para realizar este final coletivo."

Eu realmente encontrei o meu: Simplesmente, basta apenas ser!
Beta Maia

Foto da gatinha:


Alternativa de download dos arquivos de áudio deste podcast:

LinkMódulo 1
Módulo 2
Módulo 3
(Cortesia de André - M.A)

http://minhamestria.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails