((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 3 de dezembro de 2011

IKSU – 23.11.2011

IKSU – 23.11.2011

iksu3107

O seguinte texto é uma transcrição de uma das quatro intervenções ocorridas durante um encontro no dia 23 de novembro de 2011. Por conta de alguns detalhes relacionados ao aparelho de gravação do áudio o mesmo foi prejudicado, devido a isso a transcrição foi editada visando proporcionar uma leitura mais fluida e coerente.

Ofertamos estes textos como um impulso e uma forma de partilhar a Vibração e instruções trazidas pelas consciências que nos acompanharam durante algumas horas.


Intervenção 23-11-2011

Iksu – Representante de uma equipe Arcturiana.


Saudações,

Eu sou Iksu, de Arcturus.

Bom, minha intervenção vai se dar em poucos momentos porque eu vim apenas pra oficializar: A junção da equipe de Arcturus ao lado da equipe de Vega.

Bom, o próprio responsável pela equipe de Vega aqui dentro acabou de se retirar e a equipe de Vega ela é responsável pela intervenção a nível físico dos seres humanos. Então, lidar com os corpos, os aparatos necessários, as mudanças necessárias nesse corpo pra receber as quantidades de radiação que estão descendo nesse momento. Isso é o trabalho deles.

A nossa intervenção se dá num nível um pouco diferente. Existem frotas de 3ª dimensão aqui dentro que são da mesma origem que a minha, de Arcturus, e eles vão desempenhar um papel muito relevante naquilo que vocês chamam de evacuação. Aqueles que têm que manter uma estrutura física, fossem acompanhados por essas frotas.

A equipe pela qual eu respondo se dá num outro nível, numa dimensão que não é física, não é carbonada, e o nosso trabalho se dá muito mais no nível magnético, eletromagnético e cristalino que rodeia o corpo físico de vocês. (Hum, vamos ver uma forma disso dar certo).

As ondas que estão vindo em direção ao planeta, e que estão entrando neste planeta, na verdade, elas tem vários objetivos. O principal deles é destruir a forma. Eu falo por forma, não exatamente o corpo físico, né? Mas o encapsulamento que foi criado e que perpetua o aprisionamento da consciência.

Isso passa, essa forma, esse encapsulamento (como é difícil de falar aqui dentro), pelo nível cristalino (eu nem sei o que isso quer dizer, mas enfim).

Imagine que uma consciência descendo nessa experiência, além do veículo anímico e além do corpo físico, existe uma campânula irradiatória, que está ligada exatamente à expressão do Espírito dentro dessa experiência. Ou seja, a alma e o corpo não poderiam existir se essa quantidade de irradiação do Espírito não fosse possível de estar presente dentro da experiência. Isso é válido pra qualquer mundo carbonado.

Isso não tem sentido nenhum na Seidade.

Então, essa campânula, e é isso que a gente chama de malha cristalina, essa campânula que foi também afetada. Ou seja, o nível de expressão dessa campânula foi cerceado, isto foi roubado de vocês. Roubado é uma palavra muito forte, implica num ladrão, mas não necessariamente.

Então, isso tudo são conceitos muito longe da vivência de vocês. Mas a nossa equipe age nesse nível, nessa campânula, nisso que a gente chama de malha cristalina.

Assim como o planeta possui uma malha cristalina e é isso que assegura a expressão da consciência planetária num nível unificado, cada consciência individual se expressando numa experiência, também possui uma malha cristalina. Essa malha cristalina é a própria irradiação do Espírito.

Isso foi, dentro da experiência, cerceado, isso foi limitado, a expressão dessa malha. Então, enquanto que a equipe de Vega atua sobre a alma, que é um corpo sutil, sobre o corpo físico, e sobre as estruturas falsificadas que foram criadas aqui dentro, entre essa alma e entre esse corpo físico, a equipe Arcturiana lida nessa campânula, na tessitura, ou na re-tecitura dessa campânula.

Então a malha cristalina de vocês está sendo reconstruída. Bom, vocês trabalham nisso, vocês nos ajudam, nós somos coadjuvantes nessa experiência, mas vocês não sabem disso.

Eh, a minha intervenção era mais pra deixar isso claro, do nível em que nós estamos lidando com vocês. Essas intervenções vêm se dando já, eu imagino, há algum tempo, no tempo linear de vocês, e ela tende a ficar cada vez mais intensa.

Então, se algum de vocês já entrou em contato com um Vegaliano, vocês conhecem mais ou menos forma, não se assustem conosco, apesar da gente não estar no nível das vassouradas de vocês, e isso está ficando conhecido no lado de lá, mas esse trabalho pode ser levado muito mais a contento se houver um nível de receptividade da parte de vocês.

Pergunta: O que seria pra nós mais fácil, né?

Iksu: Exatamente, e apesar dessa campânula ser algo que não é muito falado, não é algo que é do conhecimento geral da humanidade, ela é algo muito real e tem um papel específico na liberação. Ou seja, tanto pras consciências que vão ascensionar aos níveis de Seidade, essa campânula ela é essencial, porque é a própria qualidade irradiatória do Espírito, do Corpo de Existência, como se chamam aqui.

E para aqueles que vão seguir pra uma dimensão carbonada, essa campânula assegura o estado unificado da consciência dentro de uma experiência carbonada. Então nosso nível de intervenção se dá nessa área.

Pergunta: Essa receptividade que é necessária em nós não é uma coisa consciente, uma coisa da consciência?

Iksu: Bom, o fato de a gente estar intervindo nesse momento, e estar falando ao público, ao conhecimento comum, são justamente para que essa receptividade chegue ao nível de vigília, que vocês estejam receptivos a cada dia a esta atuação.

Pergunta: Vocês trabalham na vigília?

Iksu: Não. A gente trabalha sobre a campânula, essa malha cristalina…

Pergunta: Não, em nosso nível de vigília?

Iksu: Ah isso independe. Essa ajuda que vocês nos dão é… Não há como ser explicado, porque não é um fazer humano. Não é nada do que vocês façam aqui dentro. É mais uma posição da consciência de vocês, entende?

Comentário: Eu acho que é vigília de vigilância…

Comentário: Nós estarmos vigilantes nesse acontecimento…

Iksu: Do estado acordado. É nesse nível aqui consciente, onde vocês vibram frequentemente. Isso é chamado de estado vigília.

Pergunta: E por que essa campânula foi escondida?

Iksu: Porque senão esses envelopes não poderiam ter sido construídos. Essa campânula, que a gente também pode chamar de malha cristalina, mas a gente usa termos novos pra ir quebrando aquelas ideias que já se tem em cima de conceitos antigos. Então, o cerceamento dessa malha cristalina, individual e coletiva, o cerceamento, ele justamente permitiu a criação dos envelopes isolantes. Os envelopes estão sendo dissolvidos e ao mesmo tempo essa malha cristalina está sendo restituída ao seu lugar de origem.

A nossa intervenção não se dá no nível carbonado, porque esse não é um trabalho que está no nível carbonado. Num nível tão denso quanto o corpo físico. Por isso o estado de receptividade, porque é algo que vocês não vão ver. Para aqueles que têm algumas estruturas despertas, eles podem bem perceber nossas presenças, mas não vai ser uma presença física, vai ser uma presença vibratória. Mas essa presença ela possui uma qualidade vibratória específica. E é pelo nível de atuação que há nessa malha cristalina, e a reconstituição dessa malha cristalina, ela é uma condição para a liberação, a gente pede a receptividade, a gente pede a abertura, e o comum acordo para que esse trabalho se dê da melhor maneira possível.

A liberação de uma consciência não é um brinquedo. Não são rosas e perfumes como dentro dessa humanidade se fez crer também. Isso é um trabalho sério. 360 mil anos pra vocês, me parece que é algo sério.

Pergunta: E esse trabalho se dá em todas as consciências ou só naquelas consciências que…

Iksu: A princípio nos despertos. A princípio nos seres despertos. A princípio… Mas isso se estende a toda humanidade porque aquelas consciências que foram chamadas, que se escolheram pra fazer essa passagem de maneira lúcida, elas precisam dessa campânula ativa, pra estar nesse nível de lucidez. Aquelas que não, vão se valer do próprio manto cristalino do planeta, que também está quase completamente já restituído.

Pergunta: E isso é feito no planeta também, né?

Iksu: Sim, sim. Geralmente estas atividades nesse nível cristalino parte da responsabilidade da nossa família. Alguma questão?

Pergunta: Comentou-se no inicio sobre o fato de não se assustar, e ai da questão que não vão se fazer presentes, mas só numa questão vibratória, e no momento como vai ser?

Iksu: Isso pode estar de muitas formas, né?

Pergunta: A gente não percebe na forma?

Iksu: Não necessariamente. Para aqueles que forem perceber uma forma, sim, também.

Bom, Arcturus, a nível genético, as formas geralmente são agenciadas seguindo aqui como aquilo que vocês conhecem aqui como os felinos. A questão de não se assustar é porque pode ser uma intervenção um tanto quanto intensa, nos seus efeitos físicos e sutis.

Alguns aqui dentro já estão reparando isso. Alguns processos não explicados, que são um pouco mais intensos, dolorosos. Então se tranquilizem. Vocês não vão desencarnar, ainda, por causa disso.

Pergunta: O papel de vocês além da reconstrução dessa malha individual e dessa malha do planeta, seria também o de evacuação?

Iksu: Sim, isso seria para as nossas equipes em 3ª dimensão. Em 3ª dimensão, sim. E pode ser que nossas intervenções vibratórias sejam acompanhadas por essas equipes. Nesse caso, também não se assustem, mas é muito mais difícil que vocês percebam um Arcturianos do que um Vegaliano. A faixa vibratória é um pouco diferente. Eles são muito mais próximos dessa experiência planetária do que nós.

Pergunta: Existe alguma possibilidade de, eu não sei como me referir, a seres que vem com outra intenção?

Iksu: Não. Isso é facilmente reconhecível. Na verdade não se preocupem mais com essas coisas porque isso é… Aquilo que pode atacá-los vai vir de vocês mesmos. Se vocês mantêm crenças em atacantes, vocês serão atacados. Vocês estarão sujeitos ao ataque. Mas não existem forças arregimentadas com a intenção de atacar uma humanidade.

Pergunta: Não existe uma luta pra que isso ocorra.

Iksu: A luta existe dentro da cabeça de cada um.

Pergunta: A Luz vai dissolver tudo. Só que agora você tá colocando que vai haver uma evacuação… Eu pensei que o corpo também fosse ser dissolvido e transmutado em outra energia, em outra vibração…

Iksu: Para uma boa parte das consciências, sim. Elas fizeram esta escolha, de abandonar o corpo. Para aqueles que vão levar o corpo para a dimensão que forem, as condições vão ser dadas a essas consciências pra assegurá-las de que sua escolha vai ser efetuada a contento.

Agora o que vai ser dissolvido é a própria estrutura matricial.

Imagine que uma coisa é o seu corpo individual, outra coisa é toda essa estrutura. Quando eu falo toda essa estrutura, eu não estou me referindo só a essa estrutura física, esse prédio onde vocês estão, esse prédio que vocês veem, as criações humanas, né? Mas inclusive, e principalmente, são esses envelopes que mantém essa estrutura de pé. Essas leis humanas que mantém essa estrutura de pé. Isso tudo vai ser dissolvido. Ou seja, o corpo de vocês precisa de oxigênio pra espirar. Essa lei vai ser dissolvida. E aí você vai ter que aprender a respirar sem oxigênio. Ou melhor, não respirem! Mas a respiração vai ser dissolvida também, inclusive, porque essa é uma lei dual, esse movimento de entrada e saída, isso só acontece aqui dentro.

Pergunta: Esse processo de evacuação é um processo que vai fazer com as pessoas cientes ou elas vão entrar em catalepsia ou outro tipo?

Iksu: Também. Mas se elas estão em catalepsia, elas estão extremamente conscientes. Muito mais conscientes do que no corpo. A consciência livre. No momento tanto individual quanto coletivo, não é? Algumas consciências já estão sendo evacuadas a nível individual.

Pergunta: Esse processo da catalepsia eu acho que já acontece de uma maneira bastante normal. E como é que a pessoa vai ter esse medo todo?

Iksu: Não. Esse medo não existe.

Pergunta: Então vai ser uma coisa tranquila.

Iksu: Sempre é uma coisa em paz. Porque isso está em comum acordo com a consciência. Momentos antes de a consciência fazer a Ascensão, ela é tocada por essa Luz, então ela tem essa lucidez do estado em que ela está. Então ela não tem outra opção senão seguir o caminho que se propõe diante dela. De novo a atração/ressonância. Cada um vai ser atraído pro ponto em que tem que estar, de acordo com o ponto em que está. Isso tudo está bem assegurado.

Pergunta: Isso é tanto no coletivo como no individual? No individual também… em momentos antes a pessoa tem esse contato, e depois ela…

Iksu: Exatamente. Então imaginem que alguém está viajando nesse momento num avião, e esse avião por alguma circunstância tem um defeito qualquer, e o avião começa a cair. E alguns corpos somem. Onde foram parar os corpos? Momentos antes de o avião produzir qualquer efeito que vai danificar estes corpos, momentos antes essas consciências são retiradas com os corpos, se for isso o que elas tiverem que passar, né? Se for esse o caminho vibratório delas. Isso seria uma Ascensão com o corpo. Seria uma evacuação. Nesse caso, uma equipe específica age. E no momento coletivo, ah, vocês vão ter um show!

Pergunta: Então para a consciência já está garantido o modo como ela vai fazer?

Iksu: Exato.

Pergunta: Então porque o trabalho do abandono?

Iksu: Porque isso faz de garantir aquele momento.

Pergunta: Se faz com a consciência?

Iksu: Exatamente.

Pergunta: E essa escolha foi feita pela nossa consciência?

Iksu: Isso.

Pergunta: Na resistência ou na não-resistência. De passar na leveza ou na resistência esse momento?

Iksu: Sim. Depende da atração que vocês manifestam pela experiência.

Pergunta: Se nós estamos percorrendo esse caminho, pro abandono e para a leveza, é porque nossa consciência escolheu que seja assim?

Iksu: Talvez. Mas imaginem que o trabalho de abandono, ele não tem nenhum interesse para o momento da Ascensão ou depois da Ascensão, mas sim até a Ascensão. Para que vocês vivem os agoras que vocês têm, de agora até o momento da Ascensão individual de vocês na leveza. Porque no momento da Ascensão, toda consciência vai ser tocada por essa Luz, aí toda resistência vai ser queimada, entende?… Qualquer resíduo que haja dessa resistência.

Pergunta: Muitos sobrepujados pelo ego que não se atenta a essas coisas que estão acontecendo nesse momento, não querem saber nada disso, porque mesmo que se fale disso a pessoa…

Iksu: Isso tem que ser respeitado, porque é exatamente esse o caminho dela. Agora, isso não vai determinar se naquele momento, elas não ter uma abertura muito maior do que aqueles que estão nominalmente fazendo “um caminho”.

Eu proponho, então, um momento de comunhão, antes que eu me retire.

(Comunhão Vibratória)

Transcrição: Silvana Pion

http://toquenaunidade.com.br/

http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails