((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 31 de dezembro de 2011

MARIA - 31-12-2011 - AUTRES DIMENSIONS

MARIA - 31-12-2011 - AUTRES DIMENSIONS



Áudio em francês

Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.

Meus Filhos bem amados, eu rendo Graças pela nossa Comunhão.

Eu rendo Graças pela sua Presença e pelo seu acolhimento.
Eu venho, então, a vocês, pela terceira vez (ndr: ver as intervenções dos dias 17 e 24 de dezembro últimos).

Uma série de elementos foi comunicada a vocês, pelo Comandante dos Anciãos (ndr: O.M. AÏVANHOV), no momento em que vários de vocês começam a me ouvir, a me ouvir chamá-los, para a Luz, para a Unidade e para a Verdade.
E em que outros de vocês se preparam para me ouvir chamá-los.

Muitas coisas atuam, em vocês.
Muitos elementos atuam, sobre esta Terra e em seus Céus.
A partir deste momento, nós entramos, vocês e nós, nos tempos cruciais em que deve se desenvolver e se revelar, na Consciência, a Verdade absoluta do seu Ser.
Então, é claro, como disse o Comandante, isso pode se traduzir, em vocês, por coisas, em um primeiro momento, nem sempre felizes.

Porque, como sempre, o que lhes é desconhecido e o que é desconhecido, nesta Dimensão, podem chamar e fazer ressoar, na Consciência, o medo e a ansiedade.
Mas, muito rápido, Alegria estará presente. Porque, quaisquer que sejam os jogos e os papeis que desejam desempenhar alguns de seus Irmãos e Irmãs, no medo e na oposição à Luz, lembrem-se de que a Luz está aí e de que ela os rega na FONTE.

E que ela é seu alimento e sua resposta.
Disso, vocês tomam consciência, cada vez mais.
Então, vão para o seu desconhecido porque isso é a sua Verdade.

Muitos sinais estão em vocês.
Muitos sinais estão em seus Céus.
Eu os enunciei e anunciei a vocês.

Eles se realizaram.
Resta, agora, percorrer os tempos de suas Núpcias de Luz e da Ascensão coletiva da Terra. Esta, nesse tempo crucial, começa a revelar-se, em sua inteligência, em sua compreensão, em sua vivência.

Qualquer que seja sua consciência, vocês que irão me ler, que irão me ouvir, que irão Vibrar, ou não, às minhas palavras, lembrem-se de que vocês são a Eternidade. E de que a Eternidade, que põe fim ao efêmero, refere-se também ao que vocês desempenham como papel, nesta vida, que não é a verdadeira Vida.

O Templo foi construído.
Ele abrigou, em vocês, o desdobramento da Luz e o Estado de Ser, dando-lhes a viver espaços novos e tempos novos, levando a novos Céus e a uma nova Terra.
Estes novos Céus e esta nova Terra serão, para cada um de vocês, diferentes.
Porque vão se revelar, nesse tempo crucial, muitos elementos, em vocês, além de nossas palavras que podemos dar-lhes, além de toda leitura (pela própria experiência da sua consciência e pelo Apelo que eu realizo, em vocês, ou que realizam outras Estrelas entre as doze Estrelas).

Eles apenas estão aí para Revelá-los e para Despertá-los, de maneira definitiva, à sua Eternidade. Então, em vocês, realiza-se seu Futuro, aquele que diz respeito à Eternidade da sua Luz. Então, em vocês, prepara-se o Reencontro com o CRISTO.

A partir desse momento crucial deste instante, os vinte e quatro Anciãos se reúnem, agora, em Conclave, em sessão plena, permitindo, assim, a travessia desta Porta Estreita, ao nível coletivo. Isso é anunciado pela Estrela, preparando para viver a Estrela, em vocês. Essas Núpcias de Luz são as Núpcias da Terra: aquela da sua Elevação e da sua Ascensão. Naturalmente, existem, ainda, elementos resistentes à superfície desta Terra, na consciência do homem, na consciência de muitos Irmãos e Irmãs.

Mas o trabalho se realiza, e o que vocês vivem como abordagem da sua Eternidade, pelo meu apelo, que é pessoal, prepara, é claro, meu apelo coletivo. Novamente, não busquem a data, mas, a título individual, o que vocês vivem prefigura o apelo coletivo da Luz, para cada Irmão, para cada Irmã, para cada alma, que está encarnada ou não, neste sistema solar.

Então, regozijem-se.
Vão, cada vez mais, para sua Humildade, para sua Simplicidade, para sua Transparência.


Nada parem.
Deixem-se penetrar pela Luz e pela sua Inteligência porque ela não é outra senão vocês mesmos. Levando-os a se desfazer de todos os seus hábitos, de todos os seus sofrimentos, de todas as suas ansiedades.

Preparando sua Casa para os tempos coletivos que se anunciam, neste momento crucial. A intensificação, para aqueles que o vivem, da percepção de suas Vibrações, traduz-se, para sua Consciência, pelo que foi chamado de Deslocalização. E isso vai se tornar, para vocês, cada vez mais flagrante, a partir do momento em que vocês respondem, individualmente, ao meu apelo.

Que isso seja minha voz que os chama, pelo seu primeiro nome.
Que isso seja os sinos que tinem nos seus ouvidos, e os carrilhões, ou, ainda, o Coro dos Anjos. Tudo isso contribui para o seu Acordar e para o seu Despertar, a fim de que a Eternidade do seu instante pessoal e individual os conduza à majestade da Graça.

A fim de nunca mais ter sede.
A fim de nunca mais duvidar.
A fim de nunca mais esperar.

Porque vocês poderão dizer, em vocês, que Tudo está consumado, restando, ainda, aguardar o cumprimento coletivo desta Terra e do conjunto da humanidade Una. Então, é claro, ao redor de vocês, do mais próximo ao mais distante, cada ser escolheu, com toda Liberdade, onde deve colocar-se sua Consciência, nesse processo coletivo.

Resta-lhes estar atentos ao meu Apelo.
Resta-lhes estar atentos à minha voz, ao Canto dos Coros Celestes, porque eles vêm, realmente, Despertá-los e Acordá-los para prepararem-se para o momento coletivo da Terra. Porque, vocês mesmos prepararam a Terra pela sua ação de Ancoradores e de Semeadores de Luz.

Dessa maneira, como lhes disse o Comandante dos Anciãos, durante este ano que transcorreu, sobre esta Terra, tudo foi realizado, no Interior de vocês.
A Estrela que anuncia a Estrela chega, então, no momento mais oportuno.
O Conjunto dos sinais vai, em vocês, fazê-los viver e compreender a realidade da Unidade, a realidade da Luz que vocês são. Então, naquele momento, progressivamente, vocês sairão do sonho. Vocês irão despertar em outro espaço, em outro tempo, em outro lugar.

E, não, vocês não estão sonhando: isso é a estrita Verdade.
Isso é sua maneira, para a Luz, de render-lhes Graças pela sua ação, de render-lhes Graças pelo seu trabalho de Abandono à Luz, pelo seu estado de Ser que, quaisquer que sejam os obstáculos, quaisquer que sejam as dúvidas, quaisquer que sejam os períodos mais ou menos difíceis, conduzem-nos a este dia novo, nesse tempo crucial onde a Cruz, em sua majestade e em seu aspecto glorioso, manifesta-se, em vocês e em seus Céus.

Resta-lhes, sempre, Despertar-se, ainda mais.
Isso corresponde ao processo matinal em que, em algumas manhãs, vocês acordam, talvez, mais ou menos nebulosos, levando algum tempo para retomar a consciência de sua limitação e da sua fragmentação.

Agora, o processo do seu Despertar e do seu Acordar torna-se, totalmente, ao oposto, porque é, nesses momentos, em que eu os chamo, e em que ressoa o Coro dos Anjos (ou o Canto dos carrilhões e dos sinos) quando vocês estão lúcidos.
É nesses momentos que vocês se Despertam, realmente.

Então, respondam ao Apelo.
Com uma grande Humildade.
Com uma grande Simplicidade.

Deixem-se traspassar.
Deixem-se penetrar pela Luz a fim de que o resto da sua pessoa se torne, na totalidade, clara, na totalidade, Transparente, na totalidade, Unificada.
Então, a Vibração do Estado de Ser irá alcançá-los em sua Graça, quer vocês vão ao seu Corpo de Estado de Ser, ou quer vocês permaneçam aqui, plenamente presentes a vocês mesmos, sobre esta Dimensão.

Vocês saberão, então, que o momento coletivo (da Terra) do meu Apelo se precisa e está, agora, muito próximo.
Então, vão na Alegria.

Vão na Paz.
Vão na Unidade e na Simplicidade.
Que o seu olhar se torne límpido.
Que os seus gestos se tornem límpidos.
E, sobretudo, Amem-se uns aos outros como Ele os Amou.

Vejam tudo com o mesmo Amor.
Vejam tudo com a mesma constância.
Vejam tudo com a mesma Graça.
Estejam totalmente presentes a vocês mesmos, especialmente nos momentos em que a Luz os chama, pela minha Voz ou pela Voz de uma das 12 Estrelas ou, ainda, pelo Canto da Luz, o Canto do Céu e da Terra, o Canto da Alma e do Espírito.

O Canto das Núpcias de Luz chegou até vocês.
Para aqueles de vocês que não participaram como Ancoradores e Semeadores de Luz (porque a opacidade impediu Vibrar, neles, pelo medo ou por quaisquer outras razões que sejam), hoje, isso vai se abrir, para vocês, dando-lhes a viver, se vocês tiverem confiança, na totalidade, seu Acordar e seu Despertar.

Dando-lhes, então, a Graça da criança que descobre um mundo maravilhoso que é aquele da Unidade, aqui mesmo, neste corpo, sobre esta Terra.

Então, vocês serão, a cada dia, cada vez mais numerosos a viver esta Graça porque o tempo da Graça individual, agora, tornou-se (neste instante crucial) o tempo da Graça coletiva onde ninguém poderá ignorar, dentro de pouco tempo, o Apelo da Luz e a Graça do Despertar e do Acordar. É tempo, também, de reconfortar aqueles que, ao redor de vocês, não conhecem a Luz, aqueles que estão (pelas leis deste mundo) confinados, ainda mais, na Ilusão, em sua personalidade, em suas resistências.

Sejam, para eles, um farol.
Deem-lhes a compreender, com Simplicidade, com palavras simples, com Humildade, o que é a Luz.

Sua Presença, desde já, será, para eles, o meio de interrogar-se e, talvez, de me ouvir, antes do momento coletivo. Porque, quanto mais vocês forem numerosos a me ouvir, quanto mais vocês forem numerosos a ouvir o Canto do Céu e da Terra e o Canto da Luz, melhor esse momento coletivo irá desenrolar-se.

Deste modo, restam-nos dois encontros (ndr: nos dias 07 e 14 de janeiro de 2012).

Durante essas duas semanas do seu tempo terrestre, vocês irão constatar a amplificação e a clareza (cada vez mais límpida) do meu Apelo, pelo seu primeiro nome.

Vocês não estarão sonhando.
Sou eu quem os chama, um por um, preparando-os, desta forma, preparando seu Templo para acolhê-Lo: Ele, que se tem, doravante, no centro dos vinte e quatro Anciãos.

O Sol está pronto.
O conjunto do sistema solar aguarda, agora, a boa vontade da Terra.

Ela, também, está pronta.
Tudo está, então, pronto para viver o que é para viver, a fim de finalizar o Despertar e o Acordar, a saída da Ilusão, a entrada na verdadeira Vida.

Tenham um pensamento claro.
Tenham, se vocês Vibram, um Coração puro, para o conjunto desta Terra, que ainda muitos dos meus Filhos não estão prontos para viver isso, por falta de conhecimento ou, ainda uma vez, por medo.

Mas isso não tem importância porque vocês estão aí e vocês são, de algum modo, nossos retransmissores, para a Graça.

Sua memória, também (aquela de outros lugares e não das suas encarnações), suas lembranças de sua origem, suas lembranças de Luz (bem antes da encarnação), vão, para cada um de vocês, voltar ao seu modo, trazendo, aí também, uma Pedra de Luz ao seu Despertar. Estejam vigilantes, estejam atentos, estejam à escuta porque eu os chamo e eu irei chamá-los, cada vez mais nitidamente.

Eu virei aquecer seu Coração, eu virei preparar, se tal for sua escolha, sua Dissolução na Luz, dando-lhes a viver no espaço de suas noites, de seus Alinhamentos, os instantes de Graça que, jamais, vocês vivenciaram.
Tudo isso contribui para este momento coletivo que está próximo e iminente.
Nós estamos com vocês porque nós somos vocês.

Tudo isso, vocês irão vivê-lo.
Vocês podem também nos chamar, vocês podem também nos pedir a Graça e a Luz porque não há mais obstáculo à nossa comunicação e, sobretudo, à nossa Comunhão. Isso irá se tornar cada vez mais evidente, a partir do momento em que sua consciência se focar sobre nós e na Luz.

Vocês não poderão mais duvidar.
Vocês não poderão mais ter dúvida sobre o que quer que seja do que nós lhes dissemos, dos encontros que nós lhes demos, a fim de Vibrar ou de Comungar, na Graça. Nós estamos, doravante, no quarto ano, que vai iniciar, desde as Núpcias Celestes, instalando, durante o período até o seu mês de julho deste ano, a maior probabilidade do seu momento coletivo.

Então, estejam na Alegria.
Mas estejam totalmente Presentes a vocês mesmos.
Estejam totalmente Presentes à Luz.

Estejam totalmente Presentes à nossa Comunhão, às nossas diversas formas de comunicação, que isso seja conosco, mas, também, entre vocês e, sobretudo, com vocês mesmos. Vocês sairão daí, nesses instantes, nesses momentos, com a Alegria no Coração. A Dúvida jamais poderá habitá-los porque, naquele momento, a personalidade (seu mental, suas emoções) apenas poderá se apagar diante da majestade.

Eu terminarei aí minhas palavras.
Eu os convido a me escutar e, sobretudo, a me ouvir, individualmente.

Porque, se vocês prestarem atenção à minha voz, ou ao som de nossa Comunhão, vocês irão fortalecer nossa conexão e eliminar toda distância entre vocês e nós.
Vocês irão viver, então, contatos, cada vez mais intensos, cada vez mais verdadeiros, e cada vez mais Luminosos, com vocês mesmos, com seus Irmãos e suas Irmãs encarnados, e, também, conosco.

Então, nós iremos dançar, juntos, a Ronda da Unidade.

Preparem-se.
Preparem-se, na Humildade, na Simplicidade.
O momento chegou de vocês Despertarem, na totalidade, de despertar, em vocês, o que os Arcanjos chamaram de sua dimensão de Semente Estelares.

Tudo isso lhes retorna porque os véus da Ilusão foram dissolvidos, permitindo-lhes, se vocês estiverem atentos e se vocês se desviarem de algumas falhas que podem restar, ainda, em qualquer personalidade humana, mesmo a mais pura, então vocês irão reforçar o que vocês são, na Verdade.

Não há esforço a fazer.
Não há trabalho a efetuar.
Há, apenas, que escutar.
Há, apenas, que ouvir.
Há, apenas, que perceber.
E isso é possível, para cada um de vocês, de hoje em diante.

Como lhes disse o Comandante dos Anciãos, meu apelo é dirigido para toda a humanidade, e não mais somente aos Ancoradores e Semeadores de Luz, que ativaram suas três Lareiras ou uma das três Lareiras, mas, sim, a cada Irmão, a cada Irmã, encarnado, que se digna em me escutar e a me ouvir, preparando, assim, o apelo coletivo.

Eu vou, agora, deixá-los.
Eu voltarei dentro de uma semana, no mesmo dia, no mesmo horário, e aí, desta vez, eu responderei, talvez, às perguntas que vocês tiverem, em relação a este apelo, o fato de escutar e de ouvir.

Eu lhes transmito todo o meu Amor, que é o Amor de vocês.
E eu lhes digo: até dentro de uma semana.
Que a Luz os preencha de Graça.
Porque vocês são a Graça.

Comunguemos.

Até breve.

... Efusão Vibratória / Comunhão ...


Enviado por Rosa
Mensagem da Amada e Divina MARIA no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1317
31 de dezembro de 2011
(Publicado em 31 de dezembro de 2011)

Tradução para o português: Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com
http://minhamestria.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails