((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 23 de outubro de 2011

PUXANDO O TAPETE DE QUEM GOSTA OU QUER FAZER VIAGENS FORA DO CORPO: COLETÂNEA SOBRE VIAGEM ASTRAL - AUTRES DIMENSIONS

PUXANDO O TAPETE DE QUEM GOSTA OU QUER FAZER VIAGENS FORA DO CORPO: COLETÂNEA SOBRE VIAGEM ASTRAL - AUTRES DIMENSIONS



Nota André: Aos meus 18 anos (2003), eu fiquei encantado pela teoria das viagens fora do corpo/projeção astral. Esses assuntos puxaram outros assuntos, como chacra, corpo astral, corpo etérico, corpo mental, cordão de prata, catalepsia projetiva, etc.

Para mim era só teoria, pois passei o ano de 2003 inteiro praticando para tentar fazer uma viagem astral e o máximo que consegui foi sair do quarto e já voltei para o corpo instantaneamente. Hoje eu sei que foi um grande desperdício, a perda de tempo com isso. Talvez meu "anjo da guarda" ou outra "coisa" deve ter se esforçado ao máximo impedindo de eu fazer a viagem astral, pois em meu contrato deve ter um item onde aceito este tipo de intervenção, pois urgia outras prioridades a desenvolver.

Mas na época eu não fiquei contente: já que não posso com viagem astral, vou então tentar o que propõe o tal livrinho "Sonhos Lúcidos em 30 dias"; consequentemente mais perda de tempo. E óbvio, não consegui ter um sonho lúcido sequer, risos.

Para que ninguém caia nessa palhaçada de buscar no exterior e perder tempo, que aliás está curtíssimo, segue abaixo uma Coletânea sobre as Viagens fora do Corpo - Autres Dimensions.

A viagem astral e a experiência fora do corpo se fazem dentro mesmo da matriz e não lhes permite escapar da matriz.
UM AMIGO – 4 de agosto de 2010

Quer dizer que, mesmo numa viagem astral ou numa visão sutil astral, vocês poderão perceber luzes, situadas não no interior de um corpo, mas no exterior de um corpo ou de uma estrutura, qualquer que seja, na matriz.
Esse processo é estritamente inverso na Existência.
A Luz está no Interior da forma.
Ela não está no exterior da forma.
UM AMIGO – 4 de agosto de 2010

Eu afirmo que a Existência nada tem a ver com o que vocês chamariam viagem astral. O corpo de Existência é uma outra realidade multidimensional em que sua consciência deve penetrar e infundir-se, totalmente, no momento vindo.
ANAEL - 1º de outubro de 2009

Muito numerosos seres humanos fizeram a experiência de aceder a estados de Consciência fora do corpo e, no entanto, dentro da Matriz, sem poder sair.
Esta experiência, bem conhecida hoje, faz dizer àqueles que voltam que a morte se situa na vida, e que a verdadeira vida está na morte e, no entanto, eles não saíram da Matriz. Eles saíram simplesmente no astral, na experiência fora do corpo, dentro mesmo da Matriz, na luz refletida pelo Sol.
E, no entanto, eles chamaram a isso «Amor».
SRI AUROBINDO – 17 de setembro de 2010

Questão: como voltar a provocar esta experiência, revivê-la? (Nota André: Referindo-se a experiêcia fora do corpo/viagem astral)
Bem Amado, a finalidade não é esta, a saída correspondeu mesmo à matriz.
Ora, o objetivo é sair da matriz. Não há possibilidade de resolução e de acesso à Existência por esse processo vivido, qualquer que seja o sentimento. O acesso à Existência realiza-se pela Vibração da Coroa Radiante do Coração, bem além desta etapa intermediária, realizando a alquimia entre o que vocês chamam de chacra do Coração e corpo de Irradiação da Luz. É apenas através da alquimia dessas duas etapas e desses dois estágios que se realiza a abertura para o subplano do chacra do Coração, permitindo o acesso à Existência. Não há portanto, nem necessidade, nem interesse, para reviver aquilo.
ANAEL – 7 de agosto de 2010

Questão: as experiências de saída do corpo tem relação com o corpo de Existência?
Absolutamente nenhuma.
A experiência fora do corpo é uma saída no corpo astral e no mundo astral que estritamente nada tem a ver com os mundos da Unidade.
Qualquer que seja a beleza dos mundos astrais, eles são apenas o reflexo da Verdade. Eles não são a Verdade, ele fazem parte da matriz.
UM AMIGO - 16 de março de 2010

Questão: isso tem uma ligação com o que os budistas chamam de corda de prata?
Não, absolutamente.
A corda de prata está ligada ao seu plexo solar: ela liga seu corpo físico ao que vocês chamam de seu corpo astral. Esta corda de prata é aquela que se rompe no momento da morte, mas, mesmo na morte, vocês não deixam jamais a dimensão na qual vocês são prisioneiros, ou seja, a 3ª dimensão. Esta 3ª dimensão é uma dimensão onde se reflete, no sentido de espelho e de falsificação, a Luz dos outros planos. Nesse sentido, não se assimila a Luz astral, mesmo em seus planos os mais altos, ou ainda a Luz mental, com a Luz Verdadeira.

Trata-se apenas de reflexos de Luz invertida, ao nível desta Luz astral.
Quaisquer que sejam a Vibração e a beleza que apresentam nesta Vibração, vocês estão apenas nos sub-planos extremamente densos e pertencentes a esse plano evolutivo e que absolutamente nada tem a ver com os mundos multidimensionais, ou os mundos que eu chamaria de não dissociados. Assim, a Luz astral e a Luz mental participam de seu mundo dissociado, porque elas dele fazem parte integralmente. Assim, a corda de prata é o que se manifesta a vocês quando vocês fazem um processo chamado de experiência fora do corpo. A experiência fora do corpo (a experiência EQM, tal como era realizado e foi realizado por muitos seres humanos sobre este planeta) necessita um fenômeno de saída do corpo em que a consciência toma consciência de que ela existe fora do corpo.

Entretanto, esta consciência que existe fora do corpo toma consciência de outro corpo que não é absolutamente o corpo de existência, mas que foi chamado de corpo astral. Esse corpo astral é um corpo de Luz refletida sua cor, aliás, evoca o próprio reflexo da Luz primordial, mas não se trata de Luz. Nesses planos, e mesmo na parte mais alta, existem entidades que vocês chamam de entidades astrais. Essas entidades astrais não fazem necessariamente parte do que vocês chamam de entidades de má Vibração, há entidades evoluindo no Astral que possuem Vibrações muito altas, mas estas, do mesmo modo que vocês estão, de maneira importante, cortadas das dimensões unificadas e das dimensões da Luz autêntica.

Elas podem, portanto, apenas refletir, a seu modo, uma forma de Ilusão.
Muitos seres humanos, ao curso dos vinte últimos anos, não perceberam que havia uma diferença essencial entre a Luz astral e a Luz do supramental. A Luz astral é bonita para ver, ela pode provocar emoções (e ela é feita para isso), a emoção provocando, a seu turno, uma Vibração. Mas, a gama de Vibrações provenientes do astral absolutamente nada tem a ver com a gama de Vibrações provenientes do supramental, ou seja, situada além da 4ª dimensão, que vocês chamam de 5ª dimensão. Entretanto, a totalidade dos seres humanos não tinha acesso, até o presente, a essas dimensões unificadas, e vários seres humanos tomaram o reflexo pela Verdade.
ANAEL – 27 de julho de 2009


Trechos extraídos das mensagens do site http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: André - www.mestresascensos.com

http://minhamestria.blogspot.com/

http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails