((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 20 de abril de 2012

NÓS FIZEMOS (REPOSTAGEM)

NÓS FIZEMOS (REPOSTAGEM)



Olá Anthonio e Thais


Acordei com um texto hoje. Parecia que alguém recitava perto de mim, e na hora as lágrimas desceram. Escrevi logo, pra não esquecer.
Estou enviando pra vocês.

Beijos
Beth
(06/02/2012)
_________________________________________________

O que vocês ganharam?
Onde está a sua vitória?
Privando-nos da Luz.
Prendendo-nos nas grades da ilusão.

Não perceberam ainda?
Vocês se aprisionaram também.
E agora que tudo termina eu lhes pergunto:
O que pode ser pior do que tornar-se prisioneiro na cela criada por vocês mesmos?
Muitos se iludiram, e, privados da Luz, seguiram às cegas sem saber desta prisão.

Mas vocês sabiam. Vocês a construíram.
Como podem se olhar? Como conseguem se ver agora?

Pensaram estar usurpando uma criação.
Mas usurparam apenas seus próprios Corações.
E acreditem, vocês tem Coração.
Este mesmo Coração que por tanto tempo tentaram nos negar.
E até mesmo matar.

Mas ninguém os avisou?
É difícil acreditar que vocês realmente não sabiam o que faziam
É difícil acreditar que escolheram caminhos tão escuros sem saber a que final eles os levariam.
Na dor da separação muitas vezes procuramos por vocês.
Muitas vezes acreditamos que vocês nos salvariam.
Mas agora que tudo acaba, como vocês podem nos olhar de frente?

Como dirão que não sabiam?
Vocês tentaram apagar o Sol.
O mesmo Sol que em vocês confiou.
E agora que tudo termina, em quem vocês confiam?
Na prisão em que estivemos por tanto tempo, vocês também se aprisionaram.
Da dor que sentimos por tanto tempo, vocês se alimentaram.
Mas agora que tudo termina, do que se alimentarão?
Como poderão nos olhar de frente novamente?
Nós os olhamos com Amor.

Como vocês se vêem no espelho?
Olhamos para nós e vemos rostos sofridos e marcados pela dor da prisão.
Mas acima disto, vemos rostos vitoriosos de quem jamais desistiu da liberdade.
Estivemos exilados. Mas jamais estivemos esquecidos.

Fomos além do que acreditávamos.
Fomos fortes, corajosos, fomos Amor
E vocês? O que podem dizer de si mesmos agora que tudo chega ao fim?
Vocês tentaram nos ensinar a vingança. Nós recordamos da liberdade de escolha.
Vocês tentaram nos ensinar o ódio. Nós resgatamos o Amor.
Vocês quiseram nos manter na prisão.
E agora que tudo termina, nós pedimos pela sua liberdade.

Tudo chega ao fim.
A usurpação, a prisão, a dor.
A distância da Fonte que jamais nos abandonou.
A tentativas frustradas de romper as grades.
Tudo termina agora. As grades se romperam.
Até mesmo para vocês, elas se romperam.
Um novo Sol. Uma nova Vida. O mesmo Amor.
Vocês tentaram.

Nós fizemos.

***

Olá Rosa

O sonho foi o seguinte:

Eu estava deitada em um campo gramado, sozinha, à noite. Estava olhando as estrelas. Não havia nenhuma nuvem no céu. Percebi um binóculo ao meu lado e resolvi usá-lo. Mas logo no começo fiquei surpresa porque ele não aumentava o tamanho de nenhuma estrela. Olhar com ele ou sem ele não fazia diferença.

Desisti de usar o binóculo, e então vi surgir na minha frente uma constelação enorme. No primeiro momento até me assustei com o tamanho e o brilho daquela constelação. Era algo que nunca vi em lugar nenhum, em nenhuma foto. Uma visão que eu acho que nem os cientistas com seus telescópios mais possantes jamais viram.

Não havia espaço entre as estrelas. Elas estavam muito próximas umas das outras, como se fossem um corpo só. A luz era muito branca e intensa. Era lindo demais. Mas então eu percebi que o desenho que aquelas estrelas formavam era o de um dragão. O corpo comprido e fino, quase totalmente esticado, com apenas algumas pequenas curvinhas. Um rosto muito largo e que me olhava de frente.

Sempre achei que dragões tinham o rosto fino, talvez pelas imagens que normalmente aparecem em filmes. Mas aquele tinha o rosto quase como o de um leão.

Reagi imediatamente. Pensei coisas como: "Dragão? Por que dragão? O que estou vendo, e porque? Eu não os quero perto de mim. Será que estou com a vibração tão baixa a ponto de me identificar com eles? O que exatamente esta visão quer me dizer? Ai, será que isto tem a ver com linhagem? Será que sou um monstro?"

Pensei tudo isto muito rapidamente, mas não estava nervosa, apenas meu mental se manifestava enquanto meu coração se mantinha tranquilo. Nessa hora eu vi surgir ao lado do dragão uma outra constelação, que era uma rosa. As estrelas também estavam muito próximas, e também tinham um brilho intenso. Mas diferente do dragão, ela não era branca, e sim azul. Um azul bem clarinho, muito singelo.

O dragão e a rosa estavam quase que colados um ao outro. Era como se estivessem tentando me dizer que naquele momento os dois estavam unidos.



Então olhei mais uma vez para o rosto do dragão, e percebi que ele era simpático, quase sorridente. Os olhos dele se voltavam diretamente pra mim, e eu não conseguia enxergar neles nenhuma maldade. Era um olhar quase infantil.

Fiquei lá olhando para o dragão e a rosa juntos. Uma beleza indescritível. Tudo estava muito calmo. Não sei explicar direito, mas senti que havia uma paz, uma união entre todas aquelas estrelas.

Outra coisa que me chamou a atenção, foi o tamanho da rosa perto do dragão. Era um dragão gigantesco, e a rosa apesar de enorme, tinha a metade do tamanho dele.
Acordei logo em seguida.

Beijos
Beth
(08/02/2012)

***

Nota Rosa: Os Arcontes são da Constelação da Ursa Maior, onde fica a Constelação do Dragão. A nossa Galáxia forma uma imagem de uma rosa azul, por estar ligada à Sírius. É importante lembrar que não devemos generalizar, pois existem diversos tipos de Dragões, como Aïvanhov explica, e que nem todos estão envolvidos nesta falsificação, mas sim os que são chamados "Dragões Negros".

Aí vai uma parte da mensagem de Aïvanhov que fala dos Dracos:

Questão: o que é da linhagem dos Dragões? Podem ser da Sombra, da Luz?
Certamente, como existem Humanos do lado da Sombra e do lado da Luz.
Mas, estar do lado da Sombra ou estar do lado da Luz é uma afiliação temporária porque vocês estão religados à Luz.

Se você não estivesse, mesmo os «maus rapazes», religados à Luz, não existiriam simplesmente mais. Portanto, existem Dragões de diferentes cores, do mesmo modo que você tem, ao nível energético, cores de almas Humanas diferentes: você tem almas de cor vermelha, verde, azul, branca, etc., etc.

Do mesmo modo, ao nível de Dragões, há várias linhagens: Dragões negros, vermelhos, verdes e dourados. Os Dragões Dourados são os redimidos, ou seja, aqueles que pararam de jogar com a Sombra e a Luz.
Eles voltaram a sua Dimensão inicial.

São certamente os maiores, agora (e não gosto dessa palavra, mas como encontrar?), defensores (não é palavra adaptada) mas digamos os mais fiéis apoiadores da Fonte. Eles não pertencem às linhagens Humanas. Eles pertencem a outras linhagens. São Dracos, se preferem. São muito potentes. Eles têm uma potência, como dizer, física, além do mental, colossal. Frequentemente, entre nós, dizemos: «coloque quatro Dracos dourados, eles lhe criam um mundo em cinco minutos». Eles são capazes e é por isso, aliás, que eles realizaram as experiências que vocês conhecem e vivem.

Mas os Dracos dourados têm uma potência Vibratória colossal, mantendo no nível Vibratório, capaz de ir da quinta Dimensão até Dimensões muito elevadas. Então, os Dracos vermelhos são os que foram identificados como o Diabo, nas representações antropomórficas com os chifres, o rabo, os cascos e a forma vermelha. É Baphomet, se prefere, é Satã.

Foram os Dragões vermelhos que criaram o Diabo sobre a Terra. Você tem, agora, Dracos negros. São eles que servem, de modo preferencial, os Annunakis, e que nada têm a fazer com Humanos. Para eles, vocês são nada. E, por fim, os Dracos verdes que estão vivendo a transição entre a Sombra e a Luz. Estão em curso de unificação
O.M. AÏVANHOV – 1º de novembro de 2009

Trecho extraído do site
http://www.autresdimensions.com
Tradução para o português: Célia G.
http://leiturasdaluz.blogspot.com

M.M - http://minhamestria.blogspot.com/
C.R.A - http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails