((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O.M. AÏVANHOV - 09-04-2012 - AUTRES DIMENSIONS

O.M. AÏVANHOV - 09-04-2012 - AUTRES DIMENSIONS



E bem, queridos Amigos, estou extremamente contente em reencontrá-los.

Eu lhes transmito todas as minhas bênçãos.
Eu lhes dou a palavra e nós vamos poder compartilhar juntos.

Pergunta: Onde estão as almas das pessoas falecidas?
Cara Amiga, todas as partidas de alma, desde as Núpcias Celestes (ou seja, isso remonta há apenas três anos), todas as almas, estejam elas decididas a reencarnar (porque elas querem aproveitar o espetáculo em um corpo), estejam elas colocadas em um espaço intermédio, protegidas, de alguma forma, da matriz, de modo a não serem condicionadas de novo pelos restos da matriz.

Para os seres que estão desencarnados, há mais de três anos, frequentemente, há aqueles que estão reencarnados porque eles tinham, aí também, necessidade de viver este período particular em um corpo (qualquer que seja a idade desse corpo).

Alguns permaneceram nos planos intermediários, porque eles (como se diz, apesar deste período de três anos) permaneceram trancados em suas próprias projeções, astral e mental.

Mas elas estão, elas também, (mesmo se elas não estão colocadas em locais específicos) em situações de espera, por assim dizer, o que equivale, na maioria dos casos, a situações como de estase onde a consciência está como entre duas águas: elas não têm a capacidade de sair porque a Liberação deve ser feita dentro da matriz, isto é, a partir deste lado aqui do Véu onde vocês estão, como o plano, que vocês chamam astral, dos desencarnados.

O ser humano tem um problema, é que geralmente quando vocês perdem um ente querido, vocês são persuadidos de que vocês vão encontrar esse ente querido. Vocês são persuadidos de que ele continua a viver sua vida tal qual ele era aqui, na Terra, mas é impossível. A personalidade não existe mais.

Pergunta: A Onda da Graça pode ser uma vibração na palma da mão?

Sim. Ela nasce nos pés. Depois, ela se difunde por toda parte, e a peculiaridade é que ela se manifesta também no nível das mãos. Como foi dito, como eu também disse que, por agora, nós não lhes daremos a circulação precisa das energias.

Ela existe, em relação à Onda da Vida. Nós lhes demos os pontos de nascimento, nós lhes demos os pontos importantes de passagem, mas, muito evidentemente, independentemente desse movimento vertical e de rotação, na frente, atrás, vai se produzir um outro movimento que é uma difusão a partir do espaço cardíaco até as palmas das mãos.

E, em particular, numa zona que é semelhante à zona que vocês têm sob o pé, e que pode mesmo dar dores nesse lugar aí, ou vibrações muito fortes (que não têm nada a ver com energias magnéticas como se pode sentir, por exemplo, um hipnotizador, quando ele põe a mão sobre o corpo ou em um chacra, não é a mesma qualidade de energia).

Mas sim, muito evidentemente, é totalmente conectado e em outros lugares, quando a Onda da Vida é marcada, ao mesmo tempo, ao nível dos pés e ao nível das mãos, é nesse momento que se instala esta espécie de ondulação e ondulamento do corpo que se parece, se vocês quiserem, com este estado de Êxtase.

Porque o movimento não é somente para cima e para baixo, mas ele é também lateral, isto é, que vocês reproduzem o que, muito exatamente? Vocês reproduzem a Cruz, no nível de seus corpos, simplesmente. Mas, como vocês o sabem, nós não vamos constranger-nos hoje, com todas essas descrições. Nós tínhamos necessidade, para a cabeça, para as portas, porque era necessário que a sua consciência se dirigisse para isso para, como dizer, ampliar, algum lugar.

Mas hoje, tudo isso é para abandonar.

Claro que existem manifestações ao nível das mãos. É claro que há dores nas portas ATRAÇÃO / VISÃO, sobre os pontos OD, pode haver soluços, pode haver aí o soluço, que pode aí haver contrações do diafragma, contrações do décimo segundo chacra, mas tudo isso é acessório.

O mais importante são os efeitos da Onda da Vida.

Contrariamente às Estrelas, não é sentir onde elas estão, mas de voltar a sua atenção sobre uma significação. Essa significação, ela existe, ela é formal, ela corresponde a coisas extremamente precisas, mas hoje nós não temos mais o tempo para desenvolver este gênero de coisas, isso não serve para nada.

A Onda da Vida, ao contrário das Estrelas, se desdobra e se põe em serviço sozinha. Mas o problema é que, se nós atraímos a sua atenção sobre os circuitos, sobre os trajetos, nos pontos em que isso vai acontecer, o que vai acontecer com vocês? Vocês vão colocar a sua consciência em cima.

O objetivo não está aí.
Como isso lhes foi dito, o objetivo é tornar-se esta Onda da Vida, e daí em diante não observá-la.

É claro que não é evidente o fato de não observar quando vocês sentem coisas nas mãos, ou guiliguilis que vêm a vocês, assim, em lugares um pouco bizarros, não é? Mas o objetivo não é tentar saber por que vocês o sentem aí e a que isso corresponde: é a penetrar completamente no que é vivido.

E a melhor maneira de penetrar no que é vivido, é não conhecer as rotas.
O que quero dizer com isso é que não iremos sistematizar isso, como as doze Estrelas, ou como as Portas. Este não é o mesmo tipo de trabalho. Nós nunca lhes convidamos a identificarem-se com as doze Estrelas, nem às Portas, não é? Aí, pelo contrário, é-lhes solicitado desidentificarem-se do que vocês acreditam ser.

Mas vocês não podem conhecer o Absoluto se vocês não penetram na Onda da Vida. Num primeiro momento, esta é a Onda da Vida que lhes penetra. É o seu Duplo que lhes penetra. Mas depois, é preciso, por sua vez, penetrar o Duplo. Isso não acontece num sentido, isso acontece nos dois sentidos.

Pergunta: as pessoas que veem os desencarnados estão na ilusão?
Elas os veem realmente, mas são elas que sobem aos planos astrais.
Em todo caso, quando um médium lhes diz: "Eu vejo um desencarnado", ele pode realmente ver um desencarnado, sabendo que este desencarnado, ele está no plano intermediário, vivendo um estado de estase.

Porque vocês estão convencidos que se há alguém aqui, não pode estar em outro lugar. Mas isso é uma visão 3D.


Foi-lhes dito que vocês estariam deslocalizados.
Um ser que se exprime pode estar aqui, e em milhares de lugares ao mesmo tempo. Isso lhes parece inverossímil, mas é, portanto, a estrita verdade.
Vocês podem estar aqui vivendo qualquer coisa e (quando vocês têm aberto tudo o que é para ser aberto em vocês) vocês podem estar em múltiplos lugares ao mesmo tempo, em múltiplas Dimensões. Vocês não estão localizados, é o espaço-tempo que vocês vivem que localiza vocês neste corpo.

Mas em outro lugar, vocês não estão localizados: vocês não estão em um lugar sem estar em outros lugares. Mas para o seu cérebro, é impossível de entender.
Mas vocês são extremamente limitados.

Quando você faz essa pergunta significa que você pensa que se ele está em estase, um médium não pode vê-lo. Por quê? Porque você discute com seu cérebro.
E o seu cérebro não conhece a deslocalização.

Você pode estar dentro de seu corpo e ao mesmo tempo (para aqueles que vivem a onda da Graça), fusionando misticamente com outra consciência em outros lugares, e com dezenas de consciências simultaneamente.

Quando lhes dizem que vocês são ilimitados, vocês são realmente ilimitados.

Então, visto que você não viveu, por você, isso não existe, não é?
Mas para aqueles que o vivem, é a estrita verdade.
Não há mais barreira, são mais limitações.

ANAEL falou-lhes sobre isso esta tarde, não é? Esta não é uma visão do espírito.
Os processos que lhes foram descritos, no final do ano passado (a comunhão, a Fusão, a Dissolução e, em seguida, a Deslocalização) são realidades.

Você não é tributário de uma forma.
Quando você se dirige para este Absoluto, quando você vive os processos últimos do Si, não há mais distância entre o Si e os outros Si.

Então você pode estar às vezes neste corpo, como no corpo de um Arcanjo, como no corpo de um Irmão ou Irmã. Não há mais necessidade a uma identidade fixa.
É característico do ser humano preso por acreditar que ele depende de uma forma, um corpo: ele faz uma sagrada diferença com as outras Dimensões.

Pergunta: Como se desembaraçar de um mental que nos faz ioiotar?
No momento atual, ninguém mais ioiota, isso se chama remar. Porque aí, agora, é preciso remar, é mais difícil: a gente não se serve mais dos braços nem das pernas.

No período em que vocês vivem o mental, não é mais como antes, quando as questões eram importantes porque elas os ajudavam a progredir. Nós lhes demos, uns e outros, múltiplas respostas a questões puramente mentais. Hoje, o mental está completamente subjugado pelas energias que vocês vivem, seja pelo Supramental que desce, ou pela Onda da Vida.

Então, não se está mais nos domínios de ioiotar ou pedalar.
Vocês estão realmente remando, enquanto há um motor e enquanto há essência, e muito mais. O motor e a essência é a Onda da Vida. Chega de virar a cabeça, o motor está por trás dos remos, em geral.

Pergunta: Hic et Nunc [Aqui e Agora] é um meio direto para acessar o Absoluto?
Se você é capaz de viver assim, sim, absolutamente.
Se você é capaz de instantaneamente parar o tempo e espaço, é claro, você é Absoluto, instantaneamente. E alguns seres que viveram o Absoluto o viveram de forma extremamente rápida.

Vocês têm o exemplo de UM AMIGO, de IRMÃO K (nota: canalização de 17 de Março de 2012) que lhes contaram isso. Vocês têm outros seres que viveram isso, simplesmente vivendo que eles não eram este corpo.

Dizendo-o, repetindo-o, no momento de suas meditações e, de um só golpe, o fato de repetir isso como um mantra, liberou o cérebro da compressão, se vocês quiserem, sobre o corpo. Mas isso se saberia se fosse suficiente repetir AQUI e AGORA para viver o Absoluto: vocês o teriam vivido desde longo tempo.
O Absoluto aproxima-os do estado de meditação. A meditação não é uma finalidade em si. É simplesmente um meio de ser o observador do que vai acontecer.

E isso os coloca em retração, ou em distância, se vocês preferirem, do que se passa para compreender que vocês não são nem este corpo, nem estas emoções, nem estes pensamentos. Isso refina, de alguma forma, o observador, que faz com que o observador compreenda que ele não é nem este corpo, nem estas emoções, nem estes pensamentos. Mas isso não é suficiente, mas é, entretanto, uma etapa importante.

Agora, há os que vão viver o Absoluto sem conhecer os chacras, sem nada conhecer sobre a Onda de Vida, sem nada conhecer sobre meditação. Isto é normal.

Pergunta: Quando da deslocalização, da comunhão com os outros, há consciência dos participantes?

Tudo é possível. Tudo depende, justamente, de seu grau, para eles também, de deslocalização.

Isso pode dar uma situação ridícula.
Há um reconhecimento do corpo de Essência, que é independente da forma que vocês têm aqui, mas vocês reconhecem a pessoa. Não é um reconhecimento visual, é um reconhecimento Vibratório.

Mas isso pode leva-los a viver situações um pouco paradoxais: por exemplo, vocês têm a impressão de ser vocês e, ao mesmo tempo, vocês são qualquer um outro, e vocês vivem este outro alguém , na totalidade. O outro pode ter consciência ou não. Se vocês têm consciência de ambos, isso é chamado de União Mística.

Esta é uma União Mística, isso não tem nada a ver com um casal, não tem nada a ver com a sexualidade, mas esta é a verdadeira Comunhão.

Pergunta: de onde vêm as afinidades particulares?
Há múltiplas razões: há as origens estelares, há as linhagens, há, talvez, também, vidas passadas. Mas não tem nada a ver com o que algumas literaturas chamam as almas irmãs ou as chamas gêmeas: isso não existe.

Mas, pelo contrário, é uma reconexão real, seja em relação a uma origem estelar, seja em relação a uma linhagem espiritual, seja em relação, efetivamente, a vidas passadas. Mas isso não implica, como dizer, nenhuma necessidade, nenhum desejo de construir o que quer que seja.

Sem isso, é uma projeção da personalidade, é claro.
Mas pode causar necessidades de reproduzir a experiência. Porque quando vocês encontram uma consciência (que vocês conhecem ou não, sobre este plano), que é da mesma origem estelar que vocês, é claro, ele cria um estado de Vibrações extremamente intenso. Existe uma reconexão real. Isso se chama, em outros lugares, a União mística. Isto é bastante real. E vocês irão vivê-lo com cada vez mais frequência.

É uma realidade.
Porque vocês estão a cavalo entre dois mundos, mais e mais. E quando vocês penetrarem as esferas da Essência (com ou sem o corpo) é algo que será bastante natural. Quando vocês encontrarem alguém, vocês não lhe apertarão a mão, vocês a atravessam. Aqui, tentem se atravessar: isso os fará engraçados. Mas vocês vivem isso, na verdade, do outro lado.

Então, vocês tendem a atravessar mais facilmente quando há laços (que não são laços cármicos), mas quando vocês conheceram ou reconheceram estas almas, estes mesmos espíritos, ou esses corpos de Essência [corpos de Estado de Ser], de uma origem comum. Por isso, é muito ambíguo, porque, na verdade, vocês serão capazes, em determinadas circunstâncias, olhando para vocês, de reconhecerem-se.

E, claro, quando há um reconhecimento, pode haver o que vocês chamam de amor à primeira vista, mas esse amor à primeira vista não tem nada a ver com o amor à primeira vista sensual, não tem nada a ver com uma paixão relâmpago: "Eu quero me casar com este senhor ou esta senhora", porque isso pode ocorrer em não importa que idade, com qualquer um. É simplesmente um convite a viver esta Comunhão. E isso se passa sobre os outros planos.

E é uma realidade.
Será preciso que vocês o façam, porque vocês estão cada vez mais a vivê-lo. O que faz com que num dado momento vocês duvidem de serem vocês mesmos. Até agora, vocês tinham o hábito de ser o único inquilino deste corpo. Será necessário que vocês façam a ideia de que vocês não são mais o único inquilino. Mas eu concebo que isso é um pouco confuso, mas isso vai cada vez mais rápido.

Lembrem-se: no Si, já, nada está separado.
Assim, no Absoluto: vocês são um Arcanjo, Vocês somos nós, nós somos vocês.
Estes são apenas jogos de espelhos. O espelho não existe.
Então, o que é visto no espelho não existe mais.
Isso é a Unidade.

Então, todos aqueles que estão ligados à sua pequena pessoa e que querem proteger seus campos, eles não estão prontos para viver isso. Porque eles têm a impressão de ser violados, e estes seres aí, terão muita, muita dificuldade para viver a Onda da Vida.

Porque eles são tão apegados, não a seus corpos, não a esta vida, mas (como se diz) a sua intimidade, para eles é uma violência.

Mas vocês vão fazer.
De qualquer forma, não há escolha.


Pergunta: Estas deslocalizações podem se produzir de maneiras breves, repetidas, no cotidiano?
Sim, é também uma forma de abordagem. Você pode ser um verme como você pode ser uma águia. É melhor ser uma águia que uma larva. É mais agradável, a meu ver. E, aliás, é descrito nas viagens dos xamãs há muito tempo, a menos que eles, eles usavam drogas, cogumelos, ervas especiais para realizar isso.

Eles eram obrigados a criar um processo de dissociação em relação à consciência ordinária. Agora, isso se produz, como você o diz, fora dos Alinhamentos. Isto é, às vezes, como um flash. Você sabe que não é este corpo e você está, não importa onde, em outro lugar. Mas vocês terão que fazer.

Pergunta: É pela comunhão entre Vibrações que se constroem as estruturas geodésicas?

Sim, absolutamente. As que nós criamos nós mesmos, através dos 24 Anciãos, aqueles que criam os governadores da Intraterra. É claro.

Pergunta: E para a constituição da Merkabah coletiva?
Sim, só que aí, isso não é feito em 24, isso é feito em um número de pessoas muito mais importantes.

Naquela época, vocês não tinham necessariamente consciência.
Aí, vocês vão se tornar cada vez mais conscientes desta deslocalização, desta União mística. É como se vocês tivessem uma vida dupla. Só que é mais do que uma vida dupla.

Pergunta: Se o mental não para, a Onda de Vida pode subir?
Sim, é claro. Há mesmo quem tenha visto a Onda de Vida subir, sem nada entender, e a se perguntar o que está acontecendo, com um mental sempre ativo.

Os processos da descida do Espírito Santo, e os três componentes da energia (Luz Adamantina, Radiação Ultravioleta e Espírito Santo) necessitavam de um repouso do mental. Aí, o que quer que vocês façam, a Onda da Vida ela está aí, ou ela ainda não está aí.

Mas é porque o seu momento ainda não chegou. Mas se ele está aí, qualquer que seja a atividade do seu mental, vocês não podem pará-la. Simplesmente, se o mental é muito forte, isso arrisca colocar algumas pequenas preocupações quando isso for chegar ao nível dos dois primeiros chacras: os temores de posse (bem tudo isso, foi dito a vocês).

Se não há mental, e se vocês tiverem o hábito de meditar, vocês ficarão tranquilos, e vocês estarão em paz. Lembrem-se: vocês não têm nada para dirigir, com a Onda da Vida.

Pergunta: por que este é o momento para alguns e não para outros?

Há alguns que são maiores, e outros que não são maiores. É preciso esperar a maioridade. Da mesma forma que houve quem tenha começado a aceder ao sol, e outros que eram detidos pelos tornozelos.

Quando se tinha dito que aqueles que amarravam os tornozelos estavam Liberados, agora há quem o sinta no braço. Esta é outra razão. Porque assim, se os deixássemos seguir em Êxtase, eles estariam em Êxtase 24 horas por 24.
Nós não precisamos de milhares de MA ANANDA MOYI, não é?

Pergunta: Podemos continuar as atividades cotidianas com a Onda da Vida?

Depende para quem. Para a vida sexual, é muito perigoso, vocês verão por vocês mesmos para aqueles que têm atividades desse lado aí.

Porque nesse momento, é muito simples: há uma atividade espontânea da Kundalini (o canal do Éter, se vocês preferem) e se vocês jogam fisicamente, você vai desencadear processos energéticos extremamente violentos: a combustão espontânea ou quase. Vai pôr fogo.

A vida cotidiana, é muito variável segundo os seres. Mas não há nenhuma razão que os impeça de varrer, não é? Simplesmente, vocês vão passar a vassoura dançando. Bom, às vezes é embaraçoso. Eu já disse que vocês vão fazer isso, também.

É verdade que passar da personalidade mal-humorada ao Êxtase permanente, faz uma sagrada diferença.

Pergunta: A intensificação da vibração é uma premissa da instalação da Onda da Vida?

Pode ser uma premissa da instalação da Onda da Vida, mas é mais frequentemente a energia Supramental que começa a investir as células, é a energia descendente. Mas há uma amplificação: as energias estão aumentadas, tanto lá no alto como aqui embaixo. Assim, o corpo degusta. Isso pode dar mesmo vibrações muito, muito físicas, ao nível do corpo.

Vocês têm a impressão que vocês têm, por exemplo, a caixa torácica que se move. Ou a esfera da pelve, com todos os órgãos genitais, que começam a mover-se no interior. Mas não é piada, é muito real.

Vocês têm seres que vão começar a viver Vibrações cada vez mais importantes: é a transmutação da matéria. É a ascensão.
É o planeta grelha antes da hora.


É necessário que as suas células se transformem, para quem vai partir com o corpo. Esta é uma regeneração total de seu corpo etérico, o Manto Azul da Graça: ele vem pelas energias azuis que penetram pelos chacras do baço e do fígado (que regenera, um pouco como o mito de Prometeu, e o papel do baço que é de nutrir).

Vocês recriam, ao nível da estrutura etérea, um novo corpo de Essência [Corpo de Estado de Ser], mas também uma nova estrutura etérea que será, de alguma forma, o suporte de vida que vocês terão na 5D, na 3D, em um corpo muito maior localizado.

Então, é normal que cada vez mais os dias vão passar, mais as semanas vão passar, mais de vocês vão sentir esta nova vida que flui em vocês.

Pergunta: Os sintomas físicos ligados a problemas podem desaparecer?
Ah sim, claro. Não é uma constante geral. Mas vocês vão observar que muitas coisas mudam. As necessidades fisiológicas estão profundamente modificadas.
Há quem vá rejuvenescer outros que irão envelhecer.

Há uma aceleração, mas a aceleração, pode ir em muitas direções diferentes.

Pergunta: O Duplo é uma onda que sobe poderosamente dos pés e em todo o corpo?
Não, o Duplo, ele não chega por debaixo. O que acontece por debaixo e que sobe em posição alongada, é a Onda da Vida.

O Duplo, ele está atrás ou na frente. Ele não chega a partir de baixo.
Em geral, ele se chapa em você nas costas. E se agarra pelos pontos Ki-Ris-Ti e as asas etéreas que estão em cada lado do ponto de Ki-Ris-Ti.

É ficção científica e é a estrita verdade.
É o corpo Crístico. É o Cristo.


Pergunta: Eu vivo simultaneamente Onda de Vida e um zumbido no ouvido direito. Por quê?
Isto é normal. Vocês estão nas fases onde os sons do Céu e da Terra são ouvidos.

Quando vocês vivem o Samadhi, há 7 sons diferentes. Com a Onda de Vida, o som é ainda aumentado de uma oitava. Uma vez que vocês entram em um processo de elevação da Onda de Vida, vocês também vão constatar que o som se amplifica.

Você nota: que é mais forte quando as costas estão apoiadas em alguma coisa.
Da mesma forma, quando vocês vivem a União Mística ou quando alguém vem visitá-los (sem o seu conhecimento voluntariamente, ou conscientemente), o som também muda, tanto na esquerda quanto na direita.

São processos energéticos, assim: quando uma consciência se aproxima de vocês ou vocês penetram (estejam vocês conscientes ou não, de maneira totalmente lúcida), o som aumenta. E vai aumentar também a Vibração, é claro. Não só da Onda da Vida, mas também suas Vibrações habituais.

Pergunta: O apetite é modificado pela Onda da Vida?

Em cheio. A Onda da Vida é nutritiva. Como a luz.

Pergunta: como evitar um ganho de peso, que é corolário com esses processos?
Mas você ainda está conectado ao seu corpo.
O que é isso para fazer você ser gordo ou magro?
Pergunte a si mesmo.

Pergunta: Convém comer coisas pesadas?
Se você se sentir pesado depois de comer, evite. Mas o que é pesado para um, não é pesado para o outro.

É preciso não fazer uma regra geral.
Efetivamente, o melhor caminho para a Onda da Vida, para vivê-la, sem já estar alterado, é de não comer à noite, porque, em geral, à noite vocês se deitam.
E é quando vocês estão deitados que a Onda da Vida, não pela posição, é mais forte na fase de instalação.

Assim, evitem comer, por exemplo, depois das quatro ou cinco horas da tarde. Satisfaça-se com as bebidas ou alimentos líquidos. E vocês verão que a Onda da Vida vos será muito mais aproveitável. Em outras palavras, o êxtase é mais fácil com o estômago vazio de que com o estômago cheio.

Pergunta: Para que serviu a Visão etérea?

Eram preparações para a Visão do Coração e para a Visão do Estado de Ser. Foi uma etapa. Dar a alguém ou favorecer a alguém este tipo de visão permite efetivamente instalar-se mais facilmente. Porque quando você vê algo incomum, o que acontece? Você olha. Então você não está mais sendo “gamberger” [pensar, refletir] em sua cabeça.

Nós não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.


Então, eu os agradeço por todas as suas dúvidas.
Lembro a vocês que tudo que foi completado, de modo magistral, ao nível de Ancoragem da Luz, foi qualquer coisa de magnífico.

Por enquanto, vocês não percebem, talvez, necessariamente, o que aconteceu (independentemente de vocês, é claro), mas se vocês soubessem o que vocês conseguiram, e o que nós conseguimos com vocês, para evitar como sofrimentos sobre esta Terra, já é extremamente importante.

E lembrem-se de que mais o tempo em que vocês vivem normalmente e tranquilos está diante de vocês, vocês devem realmente render graças por isso.
Porque isso evita que vocês passem um período que deveria ter sido, de outra maneira mais difícil, para a instalação da Onda da Vida.

Assim, quanto mais o tempo passa neste estado onde vocês estão pacíficos, neste país como em outros países, rendam graças, porque é extraordinário ter o tempo para se preparar, seja qual for sua idade, quaisquer que sejam suas atividades. E de não estarem em circunstâncias que eu chamaria de sobrevivência através de coisas desagradáveis, no nível Terrestre.

Não sejam impacientes. Muito pelo contrário, muito pelo contrário.
Mais isso será deslocado no tempo, mais isso vai ser algo natural.
Porque mais de vocês terão o tempo de penetrar na Onda da Vida, de tornar-se essa Onda de Vida, mais de vocês o constatarão por vocês mesmos, vocês estão não indiferentes ao mundo, mas vocês estão nesse estado muito particular que vocês sabem que todo o resto (cada vez mais, vocês vão sabê-lo, para vivê-lo) é uma ilusão. E então vocês não podem ser afetados de nenhuma forma, por mecanismos ilusórios.

Por isso, é maravilhoso serem alcançados (para muitos países, é claro) para viver esta Onda da Vida sem passar por terríveis provações. Então isso é algo maravilhoso.

Como lhes disse MARIA, desde o início do ano: o tempo dos profetas e das profecias foi amplamente cortado. E isso, graças a vocês todos, sobre este planeta, que Ancorou a Luz e Semeou a Luz.

A Onda da Vida é, de alguma forma, a sua gratificação, a sua recompensa, que lhe dá a Terra pelo trabalho que vocês completaram.
A Terra está liberada desde já um ano, eu já lhes disse.
E eu lhes digo desde um no ano que tudo está consumado.

Então, é claro que quando lhes dizemos que tudo está consumado, vocês buscam a Ascensão. O que vocês vivem, neste momento, se não é a Ascensão? É exatamente isso. O momento final da Ascensão, vocês o sabem, é o que eu chamei a grelha planetária.

Mas viver neste estado de grelha planetária assegura-lhes um mecanismo da Ascensão, de terminação da Ascensão, na mesma alegria que vocês são capazes de estabelecer, hoje, através de seu Êxtase e através dos processos de Fusão, da União mística que vocês estabelecem com os Irmãos e Irmãs.

Eis o que eu tinha a lhes dizer, e então, ainda uma vez, o conjunto dos Anciões rende graças por tudo o que vocês realizaram neste sentido do serviço à Terra e à humanidade. Nós rendemos graças a todos vocês e agora vocês têm, como foi dito, merecido a sua Liberação, se vocês a desejam.

Eu lhes digo até muito breve.
Todo o meu Amor vos acompanhe.
Comportem-se muito, muito bem, no Êxtase e na Onda da Vida.


Mensagem do Venerável Aivanhov no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1411
09 de abril de 2012
(Publicado em 11 de abril de 2012)
Tradução para o português: Josiane Oliveira - http://fontedeunidade.blogspot.com.br/

M.M - http://minhamestria.blogspot.com/
C.R.A - http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails