((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

COLETÂNEA: DÚVIDAS = MENTAL EM AÇÃO - AUTRES DIMENSIONS

COLETÂNEA: DÚVIDAS = MENTAL EM AÇÃO - AUTRES DIMENSIONS



Questão: quando se é confrontado a dúvidas, como superá-las?

Bem amada, a dúvida inscreve-se na lógica do mental chamado discursivo ou cartesiano. Esse mental é controlado, quer vocês o queiram ou não, por um cérebro extremamente antigo chamado arcaico ou reptiliano que foi literalmente transplantado em suas estruturas, quando da falsificação. A dúvida e o medo são os elementos marcantes do mental. Assim, portanto, não há nem a juntar, nem a culpar o ser humano que manifestaria, no caminho, uma dúvida ou uma interrogação. Aí também vocês não podem trabalhar na mesma ferramenta, ao nível Vibratório, que é o mental, porque vocês não podem superar o mental pelo mental, do mesmo modo que vocês não podem superar as emoções pelas emoções.
A abertura que está em curso, atualmente, sobre esta Terra, desde numerosos anos, é possível, eu repito, apenas pelo princípio de Abandono à Luz.
A dúvida faz parte da Dualidade.

A certeza Interior, que nada tem a ver com a fé ou a Crença, é procedente do acesso à Unidade. A Unidade não é uma concepção mental, a Unidade é um estado Vibratório, vivido pela ativação das Coroas Radiantes. Assim, portanto, é ilusório querer pretender separar-se de suas próprias dúvidas ou de suas próprias ilusões ou de seus próprios questionamentos enquanto a Vibração ainda não apareceu ao nível da Coroa Radiante da cabeça ou ao nível da Coroa Radiante do Coração ou ainda ao nível do Triângulo Sagrado inferior.
Não há, portanto, técnica, sobretudo hoje.

Nos tempos que vocês vivem, o único modo de proceder, o mais natural e o mais rápido, é aquele de acolher a Luz e abandonarem-se a ela. É totalmente diferente buscar a Luz numa diligência ativa, exterior, de conhecimento, do que abandonar-se à Luz. Eu desenvolvi isso muito longamente, há dois anos, quase dois anos. É importante apreender que o Abandono à Luz é um caminho para a Unidade, mas que a busca da Luz, sob forma exterior, por um conhecimento esotérico (qualquer que seja, que seja empregado mesmo o simbolismo, mesmo ferramentas reconhecidas como válidas por sua sociedade), não tem qualquer sentido para a Luz.

A Luz se basta a si mesma.
A Luz Interior é Conhecimento Final, ela não tem necessidade de conhecimentos exteriores, ela não tem necessidade de crer em qualquer evolução, porque a Luz é perfeita, imediatamente. Assim, portanto, as dúvidas não podem ser caçadas por qualquer atividade mental, apenas a Luz Vibral e a instalação desta Luz Vibral, numa das três Lareiras, é que vai permitir (progressivamente ou rapidamente, de acordo com a intensidade da Vibração vivida) repelir as dúvidas, de maneira natural, simplesmente diluindo-as e iluminando-as pela Luz. Assim, portanto, eu repito, sem noção de julgamento, sem noção de responsabilidade ou de qualquer culpa, se existe em vocês uma dúvida, se existe em vocês um questionamento, esse é um convite para ir para ainda mais Abandono, para ir mais ainda para a Luz, para ir para mais humildade.

A Luz está ao alcance do Coração, ela é onipresente, hoje.
Esta revelação da Luz começou em 1984, ela termina hoje.
O que, hoje, é extremamente potente era, na origem desse ciclo, extremamente tênue. Hoje, qualquer ser humano, mesmo sem reconhecer qualquer noção espiritual, mesmo sem buscar o que quer que seja, se ele se abandona espontaneamente à Vida, neste Abandono Final, mesmo sem compreender, naquele momento, viverá a revelação da Luz, coisa que não pode ser obtida, mesmo por uma ascese rigorosa, enquanto o Coração não está no Abandono à Luz, ao menos intelectualmente e, em seguida, num segundo tempo, vivido de modo Vibratório.

O paradoxo é, de fato, naquele nível, ilustrando ainda uma vez à maravilha a frase de Cristo: «Os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros».
Porque aqueles que se abrem hoje voltam a tornarem-se instantaneamente como crianças. Eles se instalam com facilidade no instante presente, na certeza do instante. A dúvida é sempre procedente de um passado ou de um futuro, mas não está jamais presente no instante. Assim, portanto, se a dúvida (qualquer) se manifesta, é que vocês não estão instalados no instante.
ANAEL - 12-03-2011

"Nós somos Um.
Quem pode duvidar, se não é aquele que duvida permanentemente, porque ele sabe que é efêmero e quer forçá-los a serem efêmeros.
O efêmero não é a Mãe.
O efêmero é amargo.
A Mãe é doce.
Nós somos Um.
Nós somos Um, no Coração.
Nós somos Um, na Fonte e na Vibração.
Nós somos Um, também, no silêncio.
Nós somos Um, por toda a parte e eternamente.
Nós somos Um, aqui também.
A separação terminou.
O fim é, de fato, apenas o início permitindo apreender que a própria ilusão da separação tem apenas um tempo: o tempo da ilusão do confinamento".
UMA ESTRELA - 13-03-2011

"Muitos dos meus Filhos podem estar ainda na negação do que chega, porque, neles, existe, é claro, a dúvida. Essa dúvida, que é secretada pela personalidade que está cortada da Luz. Essa dúvida que é oriunda do mental e de suas faculdades perpétuas de interrogação. Quando tudo isso pode ser varrido, com a maior das facilidades, desde o instante e o momento em que vocês estão atentos aos sinais, que eles se desenrolem em sua Consciência, em seu Ser, em seu Ambiente ou onde quer que seja sobre a Terra. Nós jamais lhes escondemos que os sinais da Terra eram aqueles que viriam decidir o momento aguardado ou temido. Nós sempre dissemos, também, que certo número de dias e de noites, antecedendo alguns elementos da Luz, estaria acessível a vocês, de maneira evidente, sem que houvesse a menor dúvida sobre este Apelo Final da Luz. Hoje, mais do que nunca, eu venho dizer-lhes para viver cada minuto com a plenitude, e com o Coração o mais Total, porque, é claro, se vocês estão nesta Plenitude e neste Coração o mais Total, como vocês querem que o que advém seja oposto a esta Plenitude e a este Coração? Mais do que nunca, durante esses dias, vocês são capazes de conectar-se e de Comungar à Luz". Desde muito pouco tempo, eu lhes falei desse princípio de Comunhão e de Graça que, a cada dia, se intensifica.
MARIA - 01-11-2011
"Na Vibração do Coração tudo será cada vez mais fácil, qualquer que seja o que o olhar limitado poderia chamar a desorganização do mundo mas que é, de fato, sob o ângulo ilimitado, uma reconstrução num outro mundo e num outro plano Vibratório. Façam sempre o que diz seu Coração na Vibração e não o que crê sua cabeça. Vão cada vez mais nas escolhas do Coração, as escolhas da Vibração e não as escolhas da cabeça que os remeteriam à dualidade, ao medo e à falta. É este aprendizado que vocês estão, todos, sem exceção, vivendo. Aqueles que seguirem a Vibração no Coração não poderão enganar-se.
Aqueles que ignorarem a Vibração do Coração e continuarem a fazer a escolha da cabeça enganar-se-ão sempre e sem exceção.
Duas estradas e duas humanidades para dois caminhos diferentes. Um indo para a reintegração na confederação da Luz Autêntica, pelo retorno da Consciência ao Ilimitado e à Unidade. O segundo caminho, quanto a ele (que não é acima ou abaixo, mas diferente), conduzirá o homem a reviver numa Verdade ainda dual, mas não isolada. Lembrem-se de que não é jamais a cabeça que decide, mas unicamente sua própria capacidade Vibratória. Esta capacidade Vibratória decorre e decorrerá, cada vez mais, da atividade de sua Consciência no chacra cardíaco, na Fonte de Cristal, no alinhamento de suas Três Lareiras, permitindo-lhes, no momento em que isso se produzir, acederem, Unificados, a seu corpo de Existência. Naquele momento, não poderá mais, jamais, existir a menor dúvida ou o menor questionamento, mesmo em sua cabeça, porque o Coração terá tomado o primeiro lugar, pela Vibração, na conduta de sua Consciência nos tempos que restam nesta Dimensão. É assim que vocês serão os mais úteis a vocês mesmos, à Luz e ao plano e sobretudo a seus irmãos, a suas irmãs, aos aninais, aos vegetais, iluminando-os, literalmente, por sua própria Radiação Unificada no Coração. O Coração, pela Vibração, os conduzirá, nesses tempos que vivem, ao lugar o mais exato com relação ao que vocês são, ao lugar o mais exato com relação ao que vocês irradiam. Passar da Consciência limitada para a Consciência ilimitada realiza-se na Vibração da Presença conferindo-lhes, mesmo ao nível do mundo mental e emocional, a Unificação, permitindo-lhes viver e explorar mecanismos da Alegria Interior, criar, por seu próprio poder Criador, o Samadhi, a Felicidade. Não há qualquer obstáculo que possa existir diante da Vibração do Coração. Absolutamente nenhum".
UM AMIGO - 26-05-2010
"É isso que vai permitir-lhes, também, dar-lhes os últimos elementos para passar a Porta Estreita, porque vocês não estarão mais, naquele momento, em território Desconhecido. Mas o que era ainda Desconhecido, para muitos de vocês, vai tornar-se cada vez mais acessível e cada vez mais Conhecido. De fato, aquele que tiver a oportunidade de ouvir MARIA falar-lhe (ou uma das Estrelas) não poderá, nunca mais, duvidar da realidade do que ele vive.

A Intensidade da Luz, a intensidade da Alegria que será sua naquele momento não poderá, jamais, deixar mais qualquer lugar para qualquer dúvida. E o mental será obrigado a capitular: ele estará ao seu serviço, mas vocês não estarão mais ao serviço dele.

Será o mesmo para as emoções: vocês decidirão viver as emoções que desejarem – seja o riso, seja o prazer, seja uma nostalgia – mas que não imprimirão seu corpo nem sua Consciência. Vocês serão livres para navegar, em si mesmos (no que resta de emoção, no que resta de mental), porque serão os mestres, sem querer forçá-los, mas, simplesmente, porque a qualidade da Luz que será a sua, naqueles momentos, permitir-lhes-á estabelecer-se, cada vez mais facilmente, na Unidade. Nada há a temer. E, quanto mais vocês penetrarem nessa Unidade e nessa Alegria, menos vocês temerão eventos exteriores, quaisquer que sejam, menos vocês temerão o que quer que seja de seu ambiente, de seus próximos".
GEMMA GALGANI -24-10-2011

"O Supramental seria, em certa medida, um mental que não é mais dirigido pela personalidade ou pelo plexo solar, mas diretamente sob a influência da Vibração do Coração e, portanto, da Existência ou, se preferem, do Espírito. Até o presente era fácil poder passar de uma à outra e da outra à uma, de acordo com suas atividades em sua Consciência de vida habitual. Hoje, as coisas vão mudar. Vão mudar no sentido em que, de modo iminente, vocês observarão por si mesmos, que estarão cada vez menos propensos a utilizarem o mental ou a Luz recebida, pela personalidade. Existe uma diferença fundamental entre o Coração aberto e a personalidade. A personalidade questiona permanentemente, procurando uma referência no passado, na experiência passada ou ainda em relação a certo número de crenças ou de construções. A Vibração Supramental é uma resposta eterna e permanente na qual não pode existir qualquer pergunta e qualquer interrogação. O Supramental pode estabelecer-se apenas se há silêncio mental. Esse Supramental traz absolutamente tudo o que é necessário e desenvolve, da mesma maneira, capacidades novas na Consciência Nova, nos primeiros lugares aos quais podem estabelecer-se, de maneira cada vez mais firme para o ser que o vive, as funções que, até o presente, estavam, é necessário dizer, efetivamente adormecidas.
A primeira é uma comunicação que eu chamaria não verbal, que se estabelece diretamente de Coração a Coração ou de olhar a olhar, indo bem para além do que é dito e das aparências da máscara, do parecer, permitindo ao ser que evolui de acordo com o Supramental captar, não mais a aparência e a máscara, mas, diretamente, a Essência da pessoa que está à frente de si ou, ainda, na qual está conectado, mesmo à distância. O mental pode ser enganado de diferentes modos e enganar-se a si-mesmo. O Supramental não pode ser enganado, porque ele vê a Verdade de frente, pela captação direta da Vibração da Essência. Assim, estando estabelecido no Supramental, não existe mais distância entre a Consciência que é a sua e a Consciência que é o resto do Universo. Assim, portanto, é impossível ser enganado por quem quer que seja ou pelo que quer que seja, quando você se estabelece no Supramental. Certamente, aquele que está à frente e que não estaria nesta atitude Vibratória de Supramental conectado, não pode imaginar que você possa, literalmente, fundir com ele, percebê-lo e conhecê-lo, bem para além da aparência, do parecer e das palavras. O Supramental é um conhecimento direto, porque passa pelo Coração. Ele não passa pelo filtro da interpretação, o filtro das projeções ou das crenças. O ser estabelecido no Supramental não tem mais nem dúvidas, nem medos, nem interrogações.
Existe, no Supramental, uma certeza bem além da fé, porque se trata de uma vivência real e direta da Luz. O ser que é identificado assim à Luz torna-se o Todo, em Verdade e inteiramente. Sendo o Todo, mesmo quem quisesse se separar desse Todo, não pode realizá-lo. Há, portanto, uma percepção espantosamente clara e precisa dos seres até agora separados ou ainda do universo, na sua totalidade.
O Supramental não passa absolutamente pelas fases clássicas do mental, chamadas análise e depois síntese e, eventualmente, julgamento e integração. O Supramental, como eu dizia, abre portas, os faz cruzar certo número de limites e os faz aceder ao Ilimitado".
SRI AUROBINDO - 20-02-2011

"Mas é claro, se se vive o coração é a alegria que será manifestada. Mas, se se vive o mental, são as dúvidas que predominam pela necessidade de busca exterior. Resumindo: ele já tem asas e, ao invés de batê-las, ele fica olhando os outros aprenderem a voar".
MM

Questão: é necessário atribuir importância aos sinais que se encontra e interpretá-los?

No Abandono à Luz, a ação de Graça vai progressivamente preencher sua vida, a partir do momento em que vocês estão abandonados à Luz. Os sinais, em contrapartida, é preciso prestar extrema atenção para não interpretá-los, porque a interpretação se serve sempre da ferramenta mental. Portanto, sim, a partir do momento em que vocês estão no Abandono à Luz, os sinais vão abundar, mas prestem atenção para não interpreta-los porque, assim que há interpretação, há ação do mental. Contentem-se em vivê-los, acolhe-los e simplesmente deixa-los se desenrolar.
AÏVANHOV - 27-11-2010

Questão: no acesso à Existência pode haver uma parte de imaginação?

Absolutamente não. Quando vocês tocam os domínios Vibratórios do Fogo do Coração, do Samadhi, vocês sabem instantaneamente que é Verdade.
Não pode haver dúvida enquanto vocês estão na Vibração. Obviamente, assim que vocês se afastam do Fogo do Coração e da Presença a si mesmos, na Existência, a personalidade ainda presente, eis que vocês estão presentes nesse mundo, vai provocar e vai tentar fazê-los crer que o que vocês viveram é ilusão. Basta-lhes então, naquele momento, se remeterem ao Fogo do Coração, e vocês verão que, então, as dúvidas não podem resistir à Vibração.
ANAEL - 29-06-2010
"O que significa Ressurreição? Significa, simplesmente, o despertar do que vocês são, em Verdade, em Eternidade, do que vocês são bem além das aparências desta vida, desse corpo, desses pensamentos, dessas emoções, em suma, de tudo o que lhes aparece como sua vida, hoje, mas que é apenas um aspecto bem limitado e bem efêmero com relação à Verdade. Hoje é-lhes pedido para tomarem Consciência, definitivamente.

Vão para além das dúvidas, vão para além dos medos, vão para além dos limites, de seus limites, como dos limites desse mundo. O desenvolvimento da Luz, inteiramente, quando desta Onda, vai, obviamente, acompanhar-se de certo número de modificações das quais aquelas que foram vividas esta semana por sua Terra, minha Terra, são apenas as premissas. Então, sim, cantem, cantem em coro seu despertar. Vejam apenas o essencial, vejam apenas o que existe de maneira eterna. Não se atrasem ao que poderia ainda dar-lhes medo, ao que poderia ainda afastá-los de sua Verdade porque vocês não são esses medos, nem o que os afastam. Aproximem-se de vocês mesmos como nós nos aproximamos de vocês".

Questão: como perder a personalidade?

Meu Filho, você apenas perderá sua personalidade no momento em que esse corpo estiver dissolvido. Esse não é ainda o momento. O importante é compreender e apreender quem comanda: a personalidade ou o Coração? Expresso de outro modo: quem comanda?
O mental ou, como o chama nosso bem amado João, o Supramental, a consciência comum ou a Supra Consciência?

A personalidade separada e dividida que se apropria e que tem medo ou o Coração que dá e que se abandona? Tudo está aí. A personalidade não tem que morrer. Ela tem que ser crucificada. Ela tem que ser superada e transcendida e somente o Coração o pode. Eu repito, vocês não podem lutar pela personalidade contra a personalidade, porque esta luta reforça a Dualidade. Penetrar as esferas Vibratórias da Unidade é uma superação da Dualidade e, portanto, uma superação de tudo o que contém a vida comum, desde os impulsos os mais primários, como os desejos os mais sutis e os mais devastadores da humanidade.
É superar o desejo. É superar as necessidades. É superar tudo o que é limitante e aprisionante. Mas isso apenas pode ser realizado, eu repito, por esta famosa capacidade de abandonar-se. A Unidade não é algo que é um conceito. É algo que há para viver e isso se traduz por certo número de indicadores. Vocês não têm que refletir intelectualmente, porque a Vibração é a resposta. A Vibração, quando ela se instala em suas Lâmpadas, em suas Lareiras (ativando, assim, o que vocês chamam chacras, em algumas tradições), vai permitir viver isso.
Não pode haver Coração sem percepção do Fogo do Coração, senão esse coração é o coração da personalidade, aquele que quer criar e agir com boas ações, esperando uma recompensa. O Coração não funciona assim. Porque existe, efetivamente, um coração do Coração e um coração da personalidade. O princípio do coração da personalidade é tudo guardar para si próprio, em todos os sentidos do termo. O coração do Coração é se doar a si mesmo, o que é profundamente diferente.
MARIA - 13-03-2011

Questão: tenho elementos que me fazem pensar que sou muito ligada ao Intraterra.

Bem amada, se os elementos a fazem pensar, em que minha resposta exterior poderia confortá-la ou confirmar o que você pensa? Compreenda bem, do mesmo modo que para o Anjo Guardião, esse gênero de questão, confirmação ou afirmação, não pode de modo algum pertencer a algo de exterior a você, porque isso adulteraria sua Liberdade. Esse gênero de resposta que eu poderia dar não traria estritamente nada para sua evolução, apenas faria satisfazer seu Ego e a Personalidade.

Questão: como superar essas dúvidas e assegurar-se de que se tem, em si mesmo, a resposta exata?
Bem amada, a dúvida faz parte do mental, porque ele coloca sempre uma equação em verdadeiro ou falso. Em seu Coração não pode haver esse gênero de ambiguidade porque, naquele momento, não pode haver dúvida. A dúvida é Verdade absoluta que se inscreve em sua história absoluta. Enquanto há dúvida é que a resposta se situa ao nível do mental. Naquele momento, pouco importa que ela seja verdadeira ou falsa, porque ela não corresponde à Verdade da vivência no Coração. A resposta do Coração é sempre exata, porque ela lhe dará a Verdade absoluta, o que não será jamais o caso de seu mental.

O mental tende sempre a levá-los e a trazê-los sobre o que os afasta do Coração, enquanto que o abandono total à Luz não foi vivido, ele vai ressurgir de vez em quando e a palavra mestre do mental é a dúvida e o questionamento. Assim, portanto, não se pode combater o mental pelo mental, isso apenas faria reforçá-lo. Apenas pode se estabelecer na Verdade absoluta que é a Vibração do Fogo do Coração e do Amor quem permite, nesse caso, superar e transcender a verdade relativa do mental. Agora, dizer-lhe que você é ligada ao Intraterra ou não, o que isso muda em sua vivência?
ANAEL - 18-09-2011

"Hoje, não haverá acesso possível a outra coisa que não seja a esta Consciência. A preparação que vocês têm vivenciado, iniciada pelo Conclave Arcangélico, se acompanha de importante modificação de um conjunto de Vibrações especiais chegando até vocês nesta densidade e tendo-lhes consentido, e permitindo-lhes ainda, aceder a esta Consciência não identificada. Vocês fazem a apredizegem, cada um a seu ritmo. Evidentemente, isso passa por períodos de resistências, de dúvidas, de questionamentos. Mas, como eu disse e como disse o venerável Sri Aurobindo, quando vocês tocam uma vez esta Consciência plena, vocês sabem pertinentemente que a tocaram. Não pode haver dúvida sobre a realidade e a Verdade do que vocês têm vivido.

Mas sua Consciência comum lhes faz duvidar e coloca em dúvida a experiência da Consciência plena, pois a Consciência comum, ligada ao ego e ao mental, antes de tudo, diz que ela deve morrer e ela não deseja morrer.

Vocês são auxiliados pelo conjunto de Vibrações que foram ativadas pelo seu trabalho e pelos Arcanjos. Em meio à Consciência plena, não há espaço para questionamento. É um espaço onde não há mais perguntas, onde tudo é resposta antes mesmo que a questão exista, criando, logo que acessada, algo que está muito além da plenitude, muito além da emoção, muito além das crenças. Apenas a própria Consciência pode aceder a esta Consciência."
UM AMIGO - 18-04-2010

Questão: não tenho confiança com relação às mensagens que recebo e meu medo da mudança me faz duvidar.
Cara filha da Lei do Um, o medo da mudança está efetivamente inscrito nas estruturas arcaicas do ser humano ou apresentadas como tais. Foi necessário para aqueles que falsificaram sua experiência na matéria que encontrassem meios de constrangê-los. O medo é o elemento essencial que os constrange. O medo da falta, o medo da mudança, o medo do abandono, um conjunto de medos que não vêm de sua consciência, mas sim do que vocês chamam seu mental. Hoje, é cada vez mais fácil, em sua Humanidade, pelo desaparecimento progressivo das franjas de interferência e do sistema de controle humano, mental, escapar de seus próprios condicionamentos.
Quanto mais vocês vão para sua Luz, quanto mais vocês vão para sua liberação, mais o mental divisor e separador vai tentar fazê-los duvidar.
Ora, a dúvida apenas existe quando há duas escolhas: mudar ou não mudar.

Essa dúvida não vem jamais da Luz e da Verdade. A dúvida apenas vem do que é inferior em vocês. A primeira coisa a fazer é não dar peso ou fidelidade à dúvida. Enquanto há dúvida, há resistência à emergência da Luz, à emergência da Verdade absoluta. Ao aproximarem-se da Verdade absoluta, o que agirá em vocês não é mais vocês, mas a Luz em vocês. É isso o que vocês fazem o aprendizado agora. Este aprendizado irá a passos cadenciados. Os impulsos da Alma e do Espírito serão cada vez mais potentes e as dúvidas poderão atacá-los.
A dúvida apenas terá o peso que vocês lhe atribuirem, e nenhum outro. O Arcanjo Anael expressou-se longamente sobre esse princípio de abandono à Luz, ao qual eu a remeto. As resistências são também todos os elementos internos e externos que os impedem de aceder à sua liberação, à facilidade, porque a Vida dentro da Luz é Alegria e facilidade. Nesta Alegria e nesta facilidade, não pode haver sombra ou questionamento, a sombra de uma dúvida ou a sombra de um medo. Compete-lhes decidir, em toda lucidez e em toda Consciência, não aderir a esses medos que não são seus, mas projeções da personalidade. Cada um de vocês, nos tempos que vêm, dentro de sua verdade relativa desse mundo, serão provados em sua capacidade a entrar na confiança, no abandono e na Luz. Tudo isso se resume em uma interrogação, para você como para tantos outros que vivem contatos interdimensionais, transdimensionais, mas que, entretanto, prosseguem seu caminho nesse mundo. Vocês vão dirigir seus passos e sua vida, ou vão deixar a Luz dirigir seus passos e sua vida? Toda a questão está aí.
GABRIEL - 02-05-2010

Pergunta: a dúvida de não chegar a acender o Fogo do Coração, está bloqueando?

Completamente. A dúvida é um veneno semelhante ao medo. A dúvida ressoa com a desconfiança. A dúvida ressoa com a Sombra. Com a dualidade. Com o ego.

Pergunta: vocês dizem que é mais fácil aceder ao Fogo do Coração. No entanto, é uma última etapa que parece difícil.
Querida Irmã, é o ego que fala assim. Há então identificação, em meio a essas palavras, com suas próprias emoções, com seu próprio sentir, em meio ao ego. O que há para viver, é o abandono à Luz. E isso é muito fácil. É o ego que quer fazê-la acreditar que isso é extremamente difícil. É ele que induz o medo, a dúvida do desconhecido, o medo de se enganar, e que retira então a espontaneidade, e que põe distância entre seu Coração e você, e que separa, e que divide. Nenhum outro.
Lembrem-se: a dúvida é um veneno que distila muito mais lentamente, mas também seguramente, do que o medo. Então, alguns se escondem atrás do discernimento do bem e do mal. Mas jamais o discernimento do bem e do mal irá conduzi-los à Unidade Vibral. Jamais. Ele os mantêm em meio à Ilusão Luciferiana, em meio à dualidade.
UM AMIGO (03-08-2010)

"O olhar separado desta época pode ainda conduzi-los a dúvidas e a percepções de sofrimento de alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs, mas lembrem-se dessa frase: «qualquer que seja o que lhes é dado a ver sobre esse mundo como no Céu, o que a lagarta chama a morte, a borboleta chama nascimento». E, além da morte, além do nascimento, o termo o mais exato é, efetivamente, aquele de Ressurreição."
MARIA (27-03-2011)

"A Criação é Graça. Ela não foi e não será jamais esta competição. Ela não será jamais o véu do sofrimento. Ela não será jamais o véu da ocultação do Espírito. Então se alegrem, pois o tempo é para isto. É um tempo de Graça único que vocês todos quiseram viver e manifestar.
Somente o ego pode se opor, em suas dúvidas e em sua contração, a esta dilatação última, aquela da Luz que se revela.
Pouco a pouco, cada dia, cada célula e cada átomo de sua Presença vão acordar. Então acolham este despertar na maior das Graças, na maior das humildades e das simplicidades. Aceitem o presente, aceitem este presente que é uma doação, que é este Abandono, o seu, permitindo-lhes viver a Unidade da Verdade, a Unidade de sua Existência. Cada dia, cada minuto e cada sopro, se tal é seu Abandono, o tempo da Graça crescerá em vocês pela sua Presença e pela Verdade. Então o que duvidar? O que esperar se não é simplesmente se estabelecer na Verdade, em sua Graça que está aí, que vem bater pela terceira vez à Porta e que vem despertar?"
ANAEL (12-07-2011)
"Se vocês abandonam as lutas de poder, de influência, os medos, então, vocês irão espontaneamente e com toda facilidade na Vibração da Consciência Unificada. Isso se traduzirá pelos momentos de imersão cada vez mais intensos e extremos em sua própria Unidade, desconectando-os mesmo, por momentos, de suas tarefas usuais e habituais. Vocês sairão desses momentos mais plenos, mais felizes, mais claros.

Se vocês se opõem, por suas próprias condutas, a este estabelecimento, sua vida tornar-se-á cada vez mais dura e repleta de dúvidas, de incertezas, de negação mesmo de seus próprios estados Vibratórios vividos, fechando-os a si mesmos, então, cada vez mais no sofrimento e na densidade.

É você mesmo, e unicamente você mesmo que conduz sua Consciência, em função desta lei de atração e de graça da Luz Vibral que está aí. Esta separação das Consciências, em Consciências Unificadas e Consciências separadas, em vocês como em cada ser humano, conduzirá a viver, para cada um, iluminações por vezes dolorosas. Compreendam bem que isso não é em nada a ação da Luz, mas, efetivamente, suas próprias resistências à Luz, suas próprias sombras que não podem estar presentes na nova Dimensão e sua preparação."
MIGUEL (21-12-2010)

"Não há nada de complicado no retorno à Luz. Há somente complicações relacionadas com as resistências, como o sabem, com o medo, com o mental, com as emoções. Lembrem, nesses momentos que se aproximam que vocês não são nem seu mental, nem suas emoções, mesmo se a lógica desta Dualidade os levou a se identificarem com suas emoções e com seu mental. Isso é apenas o visível e notório do que vocês são. Em Verdade, o que vocês são é tudo exceto isso. O Arcanjo Miguel lhes disse e nós, Anciãos, lhes dissemos também e todas as Consciências da Luz Unificada puderam dizê-lo a vocês, da mesma maneira. Chamem por nós. Este apelo deve ser feito da maneira mais simples possível. Como o disse Um Amigo, de Coração a Coração, pois a Luz é simples."
SRI AUROBINDO (30-05-2010)

"Assim, estando estabelecido no Supramental, não existe mais distância entre a Consciência que é a sua e a Consciência que é o resto do Universo. Assim, portanto, é impossível ser enganado por quem quer que seja ou pelo que quer que seja, quando você se estabelece no Supramental. Certamente, aquele que está à frente e que não estaria nesta atitude Vibratória de Supramental conectado, não pode imaginar que você possa, literalmente, fundir com ele, percebê-lo e conhecê-lo, bem para além da aparência, do parecer e das palavras. O Supramental é um conhecimento direto, porque passa pelo Coração. Ele não passa pelo filtro da interpretação, o filtro das projeções ou das crenças.
O ser estabelecido no Supramental não tem mais nem dúvidas, nem medos, nem interrogações.

Existe, no Supramental, uma certeza bem além da fé, porque se trata de uma vivência real e direta da Luz. O ser que é identificado assim à Luz torna-se o Todo, em Verdade e inteiramente. Sendo o Todo, mesmo quem quisesse se separar desse Todo, não pode realizá-lo. Há, portanto, uma percepção espantosamente clara e precisa dos seres até agora separados ou ainda do universo, na sua totalidade. O Supramental não passa absolutamente pelas fases clássicas do mental, chamadas análise e depois síntese e, eventualmente, julgamento e integração. O Supramental, como eu dizia, abre portas, os faz cruzar certo número de limites e os faz aceder ao Ilimitado."
SRI AUROBINDO (20-02-2011)


Trechos extraídos das mensagens do site
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: MINHA MESTRIA

http://minhamestria.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails