((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

PÉROLAS DE RAPHAEL 1 - AUTRES DIMENSIONS

PÉROLAS DE RAPHAEL 1 - AUTRES DIMENSIONS



Eu sou também a passagem da doença à cura.
Eu sou também a passagem, ilustrada em sua estrutura física, pela passagem do estômago ao coração e ao nível de suas lâmpadas que eu tenho tendência, pessoalmente, a chamar as chamas de seu plexo solar ao plexo cardíaco.
Todos os ritos de passagem nos múltiplos universos recorrem à minha vibração, à minha radiância e à minha Presença. Eu sou aquele que guia e acompanha os momentos de passagem.

A passagem é sempre acompanhada, mais particularmente em sua dimensão, de um sentimento ou de uma emoção chamada medo. Eu sou o Arcanjo que resolve os medos. Eu sou o Arcanjo que lhes permite, não confrontar, mas enfrentar.
Eu sou o Arcanjo que os faz ver de frente a Verdade do que vocês têm a passar e a superar. É nesse sentido que o imaginário popular, em numerosas tradições, pôde me chamar, por vezes, o Anjo da morte.

Porém, não é assim, isso é devido apenas a uma incompreensão quanto à minha posição, quanto ao meu papel. Eu sou aquele que, em sua linguagem, faz morrer a lagarta para permitir à borboleta aparecer. Eu sou aquele que, desde tempos imemoráveis em sua dimensão, guia e permite a passagem do estado dimensional físico ao estado dimensional astral.
04-05-2009

Eu vigio para que as passagens ou as mudanças se façam em harmonia. Assim, passar da doença à cura é uma passagem. Toda passagem da Vida à morte e da morte à vida em sua Dimensão está sob minha influência e sob minha direção. Meu papel dentro do Conclave, e durante seu período atual, é portanto o de supervisionar todas as passagens. Como vocês o sabem, vocês estão às vésperas de uma passagem e de uma reversão.

Como toda passagem existente em uma alma encarnada, existe um certo número de etapas que permitem realizar essa passagem. Essas etapas são sempre as mesmas, quaisquer que sejam os Universos, quaisquer que sejam os Mundos, quaisquer que sejam as Dimensões. A passagem implica na passagem de um estado a um outro estado.

Essa passagem se traduz sempre, numa primeira fase, por uma apreensão, por um questionamento, por uma negociação e, enfim, por uma aceitação. Assim vai, em sua Dimensão, todo fenômeno vital e toda passagem de um estado para um outro. Passagem da infância à adolescência, da adolescência ao adulto e do adulto à velhice e, finalmente, da velhice à morte.

Assim, portanto, todo processo de passagem põe em balanço um certo número de resistências e, enfim, um certo número de fenômenos de negociações e de aceitação. Obviamente, cada alma humana desse mundo vive as etapas da passagem de maneira diferente. Para alguns, a fase de recusa ou de medo não existe. Para outros, enfim, a fase de negociação não existe e, para outros enfim, não há qualquer dificuldade para efetuar essas passagens.
04-05-2010

Mesmo na Ilusão e na matriz desse mundo, esse corpo revela uma perfeição eis que cada uma das partes desse corpo, cada um dos órgãos, cada uma das funções existentes, vem de um plano bem superior e é, de qualquer modo, uma emanação de um princípio causal, escapando à dualidade e manifestando-se, entretanto, nesta dualidade. Sobre o plano fisiológico e psicológico, a doença e a alternância doença/bem estar está ligada à insuficiência de reconexão com a Unidade do ser, realizada em dois lugares: ligadas ao plexo solar (força astral) e plexo cardíaco (força do Amor), em relação com o que vocês chamam timo atrofiado, na idade adulta, pelo seu afastamento da Fonte.

Quando o Ser está em Unidade, quando vocês realizam a Unidade do Ser, mesmo nesta personalidade, não pode haver doença, nem bem estar. Há Ser. Toda noção dual desaparece. Vocês fazem todos, sem exceção, a experiência temporária desse estado específico em que nenhum questionamento do corpo, desta alma e deste Espírito no corpo se manifeste à Consciência. Não existe qualquer desconforto no corpo, na alma e no Espírito, na implantação de sua Vida, mesmo nesta densidade. Esses instantes são momentos privilegiados que, obviamente, vocês repararam. São esses instantes em que vocês estão na Existência que são chamados agora a se desenvolverem e a tornarem-se seu quotidiano, contanto que vocês tenham suprimido as crenças opositoras, não por uma vontade qualquer de compreensão mas, muito mais, como um ato de transcendência e de superação.
08-10-2009

Dentro desseS processos, vocês compreenderam, manifestam-se fenômenos de resistências, fenômenos de negociação e enfim, fenômenos de aceitação ou de abandono, assim como o definiu o Arcanjo Anael. Assim, vocês devem conceber tudo o que se produz atualmente, em sua Vida, como uma passagem e apreender na Consciência e intelectualmente mesmo as três etapas ou as quatro etapas necessárias porque, quando vocês tiverem identificado as quatro etapas, vocês identificam, do mesmo modo, o lugar onde vocês se situam.

A resistência à mudança está inscrita no ser humano, nesta Dimensão falsificada, como um meio de perenidade e de manutenção da Vida num estado estável. Ora, como vocês o sabem, a estabilidade não está mais na Ordem do dia. O Fogo da Terra é despertado pela ação do Conclave, pela ação dos doze Arcanjos que permitiram ao Fogo do Éter ativar-se e conduzir ao que vocês observam, em vocês e sobre a Terra, ao nível do despertar do Fogo da Terra.

É essa passagem aí que está em curso atualmente. Então, caras almas humanas aqui presentes, se há em vocês perguntas com relação a suas próprias passagens, vou tentar ali trazer o esclarecimento necessário e o impulso necessário para a realização dessa passagem
04-05-2010

Vocês estão dissociados da Unidade, da Fonte, mas vocês não estão dissociados dos outros, do ambiente. Por intermédio do que é chamado astral ou emoções, vocês se banham num banho Vibratório participante da alteração e do mal estar. Então, vocês procuram, de acordo com suas crenças, segundo suas percepções, segundo suas intuições, os remédios para o mal estar. E vocês os encontram.
A uma determinada queixa corresponde uma determinada causa e uma recuperação vem. Isso se estabelece de maneira habitual no desenrolar de suas vidas.

Hoje, pela Graça da Fonte e pela Graça de nosso Conclave, vocês têm a possibilidade real de superar a alternância mal estar/bem estar.
O que sugeri por «ser liberado de contingências da matéria» não significa, obviamente, deixar esta matéria, no momento, mas transcendê-la, ultrapassá-la, ainda estando aqui agora. Quer dizer que a Consciência deve situar-se em um outro lugar, ainda mantendo esse corpo e esse Espírito nesta densidade, correspondendo, ponto a ponto, ao que disse Cristo: «você está nesse mundo, mas você não é desse mundo».

Hoje, lhes é ofertada a Verdade e portanto a cessação da alternância entre mal estar e bem estar. Como? Parando de jogar o jogo da dualidade. Hoje, o homem redescobre, em todos os setores de sua vida, que não tem necessidade de algo do exterior. Isso é válido nos mundos espirituais. Isto é válido, mesmo se vocês são interdependentes, em todas as esferas de suas vidas.
08-10-2009

A passagem se acompanha sempre de certo número de etapas, mais ou menos manifestadas, mais ou menos longas, mais ou menos difíceis.
Entretanto, essas etapas necessitam lhes serem informadas intelectualmente.
Elas são as seguintes, eu esclareço que essas fases se sucedem num tempo mais ou menos longo, elas estão presentes tanto para as passagens agradáveis como para as passagens desagradáveis.
A primeira etapa será chamada a recusa.
A segunda etapa será chamada a raiva.
A terceira etapa será chamada a negociação.

A quarta etapa será chamada o apaziguamento e a quinta etapa será chamada a aceitação. Assim, é seu ego, construção evoluindo desde certo tempo, tendo criado a perda do sentido de sua Divindade e de sua relação consciente com a Divindade. O que vou dizer se aplica, lembrem-se, a toda etapa que implique numa mudança em sua vida. Isso concerne tanto a uma relação de casal que acaba de nascer como numa relação de casal a cessar, como numa mudança de lugar de vida, como numa mudança de país, como numa mudança de estado, obviamente, como à passagem que lhes interessa hoje, que é a passagem do ego ao coração.
04-05-2009


Trechos extraídos das mensagens do site
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: MINHA MESTRIA

http://minhamestria.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails