((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

EXERCITANDO O COMPARTILHAR - DANIELLE GOMES

exercitando o compartilhar

Olá queridos Anthonio e Thaís! Tudo bem?

Bom, acho que é a primeira vez que me manifesto por aqui no email (exceto quando mandei minha declaração de amor a mim mesma), não é?

É que aqui estava eu “pelejando” pra cumprir certas obrigações de trabalho 3D, quando resolvi dar uma vasculhada na net e através de um link de um vídeo que eu até tenho postado lá na comunidade Nossa Mestria, eu achei outro vídeo que me parece ser da mesma autoria e que me fez refletir muito. O nome do vídeo é: “Estamos em guerra?”

Então lá fui eu assistir e por replay um monte de vezes rsrsrs e aí senti uma vontade de escrever algo sobre isso... e como agora eu já não seguro mais minha espontaneidade e estas vontades que brotam do meu coração (como fiz por um boooom tempo), resolvi tentar escrever e compartilhar com todos.

Pois bem, vamos lá então...

Danielle




Por muito tempo só tivemos olhos para as guerras exteriores, as guerras aparentemente fora de nós... Primeira Guerra mundial, Segunda Guerra mundial, conflitos, ditaduras, tiroteios, bombas, explosões. A humanidade assistindo perplexa, alguns participando diretamente, outros indiretamente, mas todos, sem exceção, envolvidos em cada acontecimento.

O horror da chamada realidade em todos esses acontecimentos sempre foi tanto que sempre houve a necessidade de negar que isso era humano... não poderia ser humano, porque “eu sou humano então sou capaz de fazer isso também? Inaceitável!”. E tudo ía sendo posto do lado de fora, a culpa do outro, a agressividade do outro, eu não tenho nada a ver com isso, eles os maus, eu o bom, a culpa é do sistema (como se este existisse por si só), é o diabo que tá solto e por aí vai...

E todos só esperando o dia em que as guerras e todo o “mal” deixe de acontecer, de existir. Que venha Jesus, que venha o fim do mundo... porque é lógico que como eu sou uma pessoa boa, pratico minhas caridades, vou a missa/culto sempre, faço minhas meditações, leio a bíblia, o alcorão e tudo mais, que não preciso me preocupar com nada... é só esperar que os anjinhos de Deus me socorrem antes dessa porcaria toda afundar!

Pois é lógico mesmo... é lógico pra essa “realidade” em que se vive na 3D e sua dualidade: bom ou ruim, certo ou errado, aqui ou ali, bonito ou feio. Assim, não é preciso fazer nada, é só esperar mesmo... quem é bom, continua sendo bom e esperando os céus se abrirem e tudo se resolver, pois é lógico, não sou eu que resolvo nada, só Deus que tá lá em cima mesmo. E eu que sou ruim, continuo sendo ruim, pois é claro que vou ser castigado e na pior das hipóteses vou pro inferno mesmo... ou talvez eu nem acredite em nada disso, por isso vivo de acordo com a minha lógica, doa a quem doer.

Pois é, fiquemos com essa lógica então e tudo o que temos é o que não É, todas atrocidades, injustiças, medos, brigas por tudo e por nada, cada um em sua posição de certo ou errado, bom ou ruim, apontando o dedo para o outro... afinal, Deus é quem sabe, né? Mas quando as coisas acontecem de um jeito que a gente não queria, chegam os velhos julgamentos: “por quê Deus? Sou uma pessoa tão boa, não mereço isso...Ahá!! Para decidir o que eu mereço aí Deus não sabe, né?

E é enquanto vivemos ocupados com a “realidade desse mundinho 3D” que uma guerra que ninguém presta atenção ou sequer sabe de sua existência ocorre: a guerra pelos domínios de nossas mentes e corações. Através de palavras sutis e doces, imagens confortadoras, promessas e aparências. Somos bombardeados a cada segundo de modo a todo custo quererem arrancar nossos corações, roubarem nosso SER e no lugar nos fazer comprar o TER.

São os escuros (não somente ETs escuros, mas os humanos seus seguidores) que a todo o momento, desde muito tempo, atacam nossos cinco sentidos, pois a guerra não é mais por países, mas pelos espíritos.

Nesta guerra vale tudo e a maior arma é a ilusão dessa vida como a única forma de ser vivida, a morte como um descanso ou pagamento dos pecados. Não há declaração de guerra, mas a luta se faz silenciosa a cada respirar. Há aparente tranquilidade e paz, “mas o perigo é que nela arranca-se o coração e coloca-se o que quiser” (trecho do vídeo): medos, mágoas, ansiedades e tudo que nos deixa vulneráveis aos ataques.

Porém, ao SER o que realmente somos, temos inúmeras armas, muito mais poderosas e invencíveis do que as que nos atacam e todas elas se resumem ao AMOR. Não o amor que conhecemos aqui na 3D, mas o amor incondicional e puro de tudo que É.

Sim, até hoje podemos até ter perdido muitas batalhas, mas a guerra continua e embora queiram que pensemos que ela já está perdida, ela não está e nem precisa estar. Deus, o Deus verdadeiro que habita em nossos corações, está em nós e conosco, sempre esteve.

Então, munidos de todo amor incondicional e luz que temos e somos, querendo e agindo, lutemos pela verdadeira existência, o fim da ilusão, a volta para a Unidade.

Chega de TER, vamos SER!

Danielle Gomes
----------

Pronto! Demorei, mas saiu tudo que eu quis falar rsrsrs Espero que tenha ficado claro e que eu não tenha me embolado toda com as palavras, como muitas vezes acabo fazendo rsrsrss Sei que não preciso nem falar, mas Anthonio e Thaís, sintam-se a vontade para me “corrigir” caso eu tenha dito alguma ou muitas besteiras... não vou me importar e se meu ego resolver fazê-lo, dou-lhe um jeito, pode deixar! ahuahauhah Afinal, faz parte do re-aprender e re-lembrar o que eu realmente sou e já agradeço a ajuda!

Estou agora tomando o escrever como mais um exercício para me desenvolver... já que por tanto tempo meu ego me disse que eu não era capaz, que ninguém ia gostar ou achar que eu era ridícula e blá blá blá

Enfim, lá vou EU SOU! :)

Muita luz, amor e paz!

Beijos

Dani

P.S: o tempo todo em que fiquei escrevendo aqui, fiquei em Guerra com o meu ego que insistia em brigar comigo no manda/não-manda este email. Mas EU venci! rsrss



http://www.youtube.com/watch?v=0mRe4Icki_s&feature=related



http://www.youtube.com/watch?v=_4S_AGllDZU

http://minhamestria.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails