((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

domingo, 6 de fevereiro de 2011

RADIAÇÃO DA VIBRAÇÃO DO AMOR - VENERÁVEL RAM - AUTRES DIMENSIONS

Radiação da vibração do amor - autre dimension - veneravel ram



Mensagem de RAM
Autres Dimensions
17 de março de 2009


Eu sou RAM. Recebam minha Paz. Recebam minha bênção.

Eu vim hoje informar-lhes sobre um ponto capital, que é o Amor.
O Amor que se soletra, o Amor que se fala, não é o Amor.

O Amor é, antes de tudo, uma ‘transmissão de radiação’.

Enquanto o ser humano ama sem que haja transmissão desta radiação, não se trata de Amor, trata-se de um ‘desvio’ do Amor ligado ao poder, ligado à posse, ligado ao desejo, mas, em caso algum, do Amor.

O Amor é, antes de tudo, uma energia.

Antes mesmo de ser uma palavra, um conceito, é, antes de tudo, uma radiação.

Então, se vocês efetivamente querem, e em função do que eu já lhes disse, do que eu já os fiz sentir e viver, vou começar pela transmissão da radiação do Amor e, após, num segundo tempo, virei às explicações pelas palavras do que ele é e do que ele não é.

Então, bem amados irmãos humanos, primeiramente, queiram aceitar a oferenda da transmissão da radiação do amor desde meu plano.

... Efusão de energia ...

Neste estado de ‘transmissão de radiação’, vamos poder, agora, colocar palavras.

O Amor que não exprime a radiação não é o Amor.

O homem não pode exprimir o Amor enquanto não tenha ele mesmo realizado o Amor, enquanto não tenha encontrado sua Essência, seu centro, seu coração.

Todo Amor que se manifestaria sem ter encontrado a Essência não pode ser do Amor (no sentido o mais nobre), mas é um Amor desviado que mantém o poder, a posse, o desejo e que mantém, antes de tudo, o ego.

O Amor, nesse caso, não é uma transmissão de radiação, mas é simplesmente uma ‘projeção do mental’.

A maior parte da humanidade vive nesta visão deformada do Amor.

O paradoxo é o seguinte: vocês não podem encontrar o Amor fora do coração, vocês não podem exprimir o Amor enquanto vocês não tenham encontrado o Amor em vocês.

Assim, quando vocês dizem que amam isso ou aquilo, quando vocês dizem que amam tal pessoa, isso é apenas uma ‘projeção’ de seus medos ou de seus desejos.

O Amor é, portanto, antes de tudo, uma ‘vibração’ e a ‘transmissão desta vibração’, mas vocês não podem transmitir o que vocês não conhecem e o que não vivem.

Nisso, os ensinamentos que eu lhes dei, que permitem encontrar a Essência de seu ser, é a condição prévia e indispensável para a qualidade da irradiação do Amor e para a transmissão da radiação do Amor.

Enquanto não encontrarem isso, tudo o que vocês chamam Amor não é o Amor.

Ele permanece palavra, ele permanece poder, ele permanece posse e ele permanece medo.

O Amor não quer possuir.

O Amor se doa, mas vocês não podem doar o que vocês não encontraram, senão, é uma forma de posse, com todas suas variantes sutis, mais ou menos amargas, ligadas ao poder sobre o outro.

A maior parte das pessoas, a maior parte da humanidade fala de Amor sem saber do que se trata exatamente.

O Amor é o maior problema a integrar, a compreender e a experimentar.

Enquanto o Amor permanece exterior a vocês, vocês não podem estar no Amor.
Enquanto vocês amam algo exterior a vocês, vocês não estão no Amor.

Apenas na realidade da ‘abertura do coração’ é que vocês podem realmente amar, em Verdade.

O Amor é uma transmissão de radiação.

O Amor não é uma palavra, o Amor não é uma chantagem, o Amor não é um ideal, o Amor não é uma vontade, mas o Amor é um ‘estado de ser’ específico, no qual aquele que transmite esta radiação realizou sua dimensão interior e a realidade de sua Essência.

Então, o Amor que se escreve não é o Amor.
O Amor que possui não é o Amor.
O Amor que inveja não é o amor.
O Amor que quer fazer seu não é o Amor.

O Amor está além das palavras e, no entanto, quanta tinta e quantas palavras foram pronunciadas em seu nome, em todas as religiões e em todas as tradições!

A maior parte daqueles que vivem o que vocês chamam de Amor apenas o vive num estágio que certamente não é aquele do coração, mas aquele da cabeça que divide, que se apropria.

O Amor é, antes de tudo, a vibração da Essência reencontrada de seu ser espiritual e de sua Divindade.

Vocês não podem aceder ao Amor enquanto vocês projetam para o exterior de vocês o que vocês denominam Amor, mas isso permanece uma projeção enquanto vocês não encontraram o coração e a Essência de seu ser.

Entretanto, encontrar sua Essência, encontrar seu coração é a realidade final que vocês devem realizar na encarnação.
Esta ‘realidade final’, uma vez tocada, uma vez experimentada, deve passar a uma etapa superior.

Esta etapa superior é a que vai permitir realizar a autenticidade do Amor e viver permanentemente este ‘estado de ser’.

Viver permanentemente este ‘estado de ser’ pode ser assimilado à superação da dualidade, à superação da ilusão desse mundo, à superação da ilusão dos apegos e de sua condição efêmera.

Esta segunda etapa, eu chamarei, se querem, transmissão da radiação de Amor.

Mas compreendam efetivamente que vocês não podem transmitir nada mais além de uma ‘projeção’ enquanto vocês não tenham realizado a verdade do Amor em vocês, e isso passa necessária e obrigatoriamente pela abertura completa da ‘porta do coração’ e do que vocês chamam de ‘chakra do coração’.
Vocês apenas podem tocar sua Essência, vocês apenas podem transmitir esta radiação se tiverem realizado em vocês e aberto, em vocês, todas as portas que conduzem a isso.

Fiquem atentos àqueles que lhes dirão que estão no Amor, se vocês não sentem a transmissão da radiação.
Esta transmissão de radiação é capaz de fazê-los aproximar do ‘estado de Amor’ porque evoca, em vocês, irresistivelmente, o que vocês buscam sem o saber, mas que vocês buscam em um lugar que não é o bom lugar.

Assim, uma vez a porta do coração aberta, uma vez realizada em seu coração a dimensão da vibração da Essência, torna-se então possível passar à transmissão da radiação do Amor.
Este estado gera ao redor de vocês, ao nível de sua aura e ao nível da Terra inteira (e quando eu digo «da Terra inteira», eu não exagero) uma ‘dimensão vibratória’ capaz de tocar todas as formas de vida, quaisquer que sejam.

Apenas neste estado de transmissão da radiação do Amor é que vocês se tornam seres inteiros.
Antes disso, quaisquer que sejam suas aberturas espirituais, quaisquer que sejam suas percepções, quaisquer que sejam suas visões, quaisquer que sejam seus contatos com as realidades espirituais, vocês são seres profundamente incompletos e não realizados.

A transmissão da radiação da vibração do amor que se faz, uma vez as portas do coração abertas, deve se fazer por um ‘ato consciente’.
Vocês devem ser capazes de transmitir esta radiação da vibração do Amor a toda forma de vida, sem distinção, e, sobretudo, vocês devem ser capazes de emitir esta transmissão da vibração da radiação do Amor àquele que vocês chamariam seu pior inimigo.

Enquanto vocês não são capazes disso, vocês são seres fragmentados, vocês são seres divididos e na busca.

Quando vocês entram na transmissão da vibração da radiação do Amor, vocês são o que devem ser.
É nos tempos que vêm (nos momentos que vive cada ser humano de sua humanidade encarnada que são tempos preciosos), tempos curtos na escala de suas encarnações, e é nesses ‘tempos curtos’ que vocês devem realizar a totalidade de seu ser.

A transmissão da radiação do Amor é a etapa final que lhes permite conectar o que se chama de ‘Espírito de Verdade’, que está em vocês, e conectar a Fonte final que está além da Luz, que é o que se poderia denominar o ‘Coração do Pai’.

Vocês são uma parcela da Divindade e vocês devem, para isso, realizar a Divindade em vocês.

A primeira etapa é a que eu lhes descrevi em inúmeras reuniões, com os exercícios que lhes dei (ndr: ver a “meditação direcionada para o coração”).

É tempo, agora, através do tempo que vocês vão viver muito proximamente, de entrar nesta transmissão da radiação do Amor.

Quando vocês entram na transmissão da radiação do Amor, o estado vibratório no qual vocês estão não permite mais o julgamento, não permite mais a apreciação real e objetiva da pessoa que está frente a vocês porque, estando neste ‘estado’ de transmissão da radiação, vocês estão com aquele que está frente a vocês, ou aquele que está no outro extremo do planeta, em comunhão ou em Unidade.

Vocês devem realizar isso agora e isso apenas pode ser realizado a partir do momento em que vocês ‘destrancaram’ os pontos de acesso ao seu coração.

Vocês não podem pretender transmitir a vibração do Amor enquanto a primeira etapa não for realizada, senão vocês correm o risco de estar na ‘ilusão’ do Amor e na ‘ilusão’ da Luz, coisa, infelizmente, que inúmeros seres humanos experimentam.

Não basta decretar o Amor.
Não basta realizar boas ações, porque as boas ações, como as más ações, têm um peso, e esse peso impede a abertura do coração.

Enquanto vocês funcionam assim, vocês funcionam segundo o ‘princípio da ação / reação’.

Enquanto que, quando vocês abriram seu coração e entraram na transmissão da vibração do Amor, naquele momento, vocês entram na ação de graça.

A ação de graça não provoca reação.
A ação de graça não provoca Carma.
A ação de graça é um ‘estado de ser’ que permite ao universo inteiro se regar à Fonte que vocês se tornaram.

Não há mais limite dimensional para seu ‘estado de ser’.
Apenas nesta qualidade de irradiação é que vocês encontrarão a Paz.
Apenas nesta qualidade de ser é que vocês realizarão o que vocês têm a realizar sem obstáculos, sem obrigações ligadas a qualquer Carma.

A transmissão da radiação do Amor realiza-se espontaneamente.

Esse era o ensinamento através das palavras.

Se quiserem, vamos viver agora este ensinamento através da vibração e da Luz.
... Efusão de energia ...
Ainda algumas palavras, se quiserem, sobre esse fenômeno de transmissão da radiação do Amor.

A primeira vez que vocês forem capazes de estabelecer esta transmissão, vocês se aperceberão que esta transmissão é bem ‘tênue’, que basta que um pensamento chegue para que a transmissão se interrompa, que basta que vocês emitam um pensamento ou uma intenção para que a transmissão se interrompa.

É preciso efetivamente compreender que isso é normal, que isso faz parte do caminho.

Entretanto, vocês devem se habituar a viver períodos cada vez mais longos neste ‘estado de vibração’ de transmissão da radiação do Amor.

De fato, vocês apenas poderão realizar isso através da repetição da experiência, através de experiências múltiplas que vocês terão a efetuar.

Tentem, primeiro, uma vez que tenham encontrado seu ser interior, sua Essência e seu coração, viver isso alimentando não um ser humano, mas dirigindo, sem intenção, esta transmissão de radiação do Amor, ao nível da natureza, ao nível dos vegetais.

Pouco a pouco, estendam esta transmissão da radiação do Amor às formas de vidas as mais elementares, depois a animais, e, enfim, a formas humanas.

Vocês terão chegado à ignição definitiva no momento em que, a cada pensamento, a cada intenção que vocês emitirem para com uma pessoa, qualquer que seja, vocês sentirem a transmissão da radiação do Amor quase automática, quase permanente.

Isso é realizável de maneira muito mais facilitada pelas ‘efusões de energia’ que lhes transmitem as entidades espirituais as mais altas que intervêm atualmente no plano da Terra.

Lembrem-se de que o Amor não é uma palavra, que o Amor não é um desejo, que o Amor não é uma posse, que o Amor é simplesmente a transmissão da radiação do Amor e que esta radiação parte de seu coração aberto e estabilizado.

Esse é o caminho, essa é a Verdade, essa é a via, não há outra.

Qualquer outra definição do amor, passando por conceitos humanos, passando por noções de abstração e de repulsão, não é do amor, mas a ‘apropriação’ do Amor pelo ego.

Eis agora a resposta ao que acabo de dizer, ao nível mesmo da transmissão da radiação do Amor.
... Efusão de energia ...
Continuemos, se quiserem.
Progressivamente e à medida que vocês fizerem o aprendizado da transmissão da radiação do Amor, progressivamente e à medida que vocês conseguirem instalar este ‘estado de ser’, vocês se aperceberão que os pensamentos se afastam de vocês, que as emoções se afastam de vocês e que as intenções se afastam de vocês.

Neste ‘estado de ser’ de transmissão da radiação do Amor, não há mais desejo, não há mais vontade.
Há simplesmente um ‘estado de ser’.
Este ‘estado de ser’ é o ser total realizado no Amor.

Esta vibração parte, eu os lembro, de seu coração e vai tocar o ‘conjunto da criação’.

Progressivamente e à medida que estabilizarem essa irradiação, vocês se aperceberão que efetivamente vocês residem na Alegria.
Uma Alegria que nada pode abalar e, sobretudo não as circunstâncias exteriores de suas vidas, quaisquer que sejam.
Vocês se aperceberão que, pouco a pouco, tornam-se independentes das circunstâncias de suas vidas.
Vocês tocam, aí, o próprio fundamento da mensagem daquele que foi denominado o Cristo.
A partir do momento em que a transmissão da vibração do Amor se estabelece de maneira quase permanente, vocês se aperceberão que absolutamente nada pode afetá-los, nem do interior de seu corpo físico, nem do exterior, de tudo o que faz seu ambiente.
Vocês não se tornam impermeáveis, mas tornam-se transparentes.
A transparência é o ‘estado de ser’ realizado.
Vocês se tornam tal um ‘cristal’ retransmitindo a Luz do mais alto, sem colori-la por seus desejos, suas emoções, seus pensamentos, suas ações ou seus anseios.
Neste ‘estado de ser’, vocês se aperceberão que tudo é fluido, que tudo se torna importante, mas que nada tem importância.
Neste ‘estado de ser’, vocês se aperceberão que a Alegria os invade, que nenhum sofrimento pode atingi-los e, no entanto, vocês não estão insensíveis, mas a transmissão da radiação do Amor transforma instantaneamente todo sofrimento, toda falta em vocês e no outro.
Aqueles que se aproximarem, aqueles que pensarem em vocês (animais, humanos, vegetais) perceberão instantaneamente a qualidade e a intensidade do que vocês são.
Neste estado, vocês são totalmente invulneráveis, porque vocês se tornaram a irradiação do Amor e perderam o que fazia seu ego e sua encarnação, ao mesmo tempo mantendo a encarnação.
Vocês estão ainda na dimensão da encarnação e, no entanto, tocam a Divindade.
Então, antes de lhes deixar a palavra (se, contudo vocês têm questões com relação a isso), eu lhes proponho um momento de transmissão de radiação do Amor desde meu plano.

... Efusão de energia ...

Aí está, bem amados irmãos humanos, o que tinha a lhes transmitir nesse dia.
Se vocês têm agora questionamentos com relação a isso, gostaria de tentar responder.

Questão: quais são os elementos que nos permitem saber se as portas do Coração estão abertas?

Isso é muito simples.
Inúmeros seres humanos recebem a vibração e a Luz e sentem, para isso, os chacras situados na parte superior do corpo.
A vibração e a Luz que chegam ao nível de sua cabeça devem abrir, no interior de suas estruturas, um ‘caminho’, descer assim ao mais profundo de seu ser, a fim de despertar certo número de forças.
Mas aí não é o objetivo, é apenas o meio.
Uma vez que isso é realizado, vocês têm a possibilidade, por um trabalho de meditação que eu lhes dei, há vários meses, de focalizar sua consciência, sua atenção sobre o coração (ndr: ver a «meditação sobre o coração»).

O que acontece no momento em que vocês tocam sua Essência, no meio de seu coração?
Naquele momento, uma vibração, que pode ser sentida como um peso, como um calor, ou como uma vibração, aparece no meio de seu peito.
Isso assinala, indiscutivelmente, que vocês tocaram sua Essência.
A partir daquele momento, vocês podem começar a levar a efeito a transmissão da radiação do amor.Trata-se, portanto, de uma vibração que é prévia.
A mesma vibração que a que vocês sentem no ponto superior de seu ser e no ponto inferior de seu ser deve se manifestar, do mesmo modo, no ‘meio’ de seu ser.
A partir daquele momento, vocês podem iniciar o processo da transmissão da radiação do Amor.
Eis a resposta, agora, do silêncio.
... Efusão de energia ...
Outra questão.

Questão: há uma diferença entre a radiação da vibração do amor e as energias que descem nesse momento?
Sim.
Enquanto vocês percebem, através da transmissão da radiação do Amor que eu emito, a mesma energia ao nível da vibração, como ao nível da localização, do que aquela que vocês recebem habitualmente, isso significa que a energia os alimenta ao nível da cabeça, mas ainda não chegou ao nível do coração.

Entretanto, este afluxo de Luz, este afluxo de Amor percebido na cabeça, é uma primeira etapa.
Enquanto vocês não tenham aberto as chaves que destrancam as portas de sua Essência, as portas de seu coração, vocês percebem as energias ao nível da cabeça, mas isso é já um primeiro grande passo.
Eis a resposta da vibração.
... Efusão de energia ...
Outra pergunta.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, irmãos humanos em encarnação, eu lhes transmito ainda uma vez minha Paz e minha bênção e eu voltarei muito proximamente, não nas técnicas, mas nos meios, ao nível da consciência, que lhes permitirão ajustar o melhor possível este ‘estado de ser’ específico.

Recebam todo meu Amor pela transmissão da radiação do Amor.
______________________
Mensagem do Venerável RAM no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=283
17 de março de 2009
Transcrição e edição: Zulma Peixinho

Enviado por Luísa Afonso

Postado por Thaís

http://minhamestria.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails