((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 13 de agosto de 2011

ANAEL - 13-08-2011 - AUTRES DIMENSIONS

Anael - 13-08-2011



Eu sou Anael, Arcanjo.
Bem amados filhos da Luz e bem amadas Sementes Estelares, antes de qualquer coisa, e como doravante, a cada presença, vivamos, comunguemos.

Assim, em nosso espaço de comunhão comum, vou tentar responder aos seus questionamentos e às suas interrogações.

Assim, eu os escuto.

Questão: poderia desenvolver sobre a permuta, ao nível das Estrelas?

Bem amado, lembre-se do que nós dissemos: a Consciência, nos Mundos Unificados, jamais é localizada no tempo e no espaço. 
 

Nós inscrevemos, em vocês, por um fenômeno de ressonância, a possibilidade de abrir as doze Portas de Jerusalém. Essas doze Portas correspondiam, previamente, às doze Estrelas, a doze funções, se preferem. 
 
Cada uma dessas funções era portada e suportada pelo que é chamada uma Estrela.

Doravante, devido à Passagem da última Porta que está em curso, devido ao impulso do Cristo (que se realiza em vocês pela Porta estreita e, também, pela parte de trás), vocês têm a possibilidade, e isso se inscreve, também, em você, de permutar a localização ou a Vibração de cada uma das Estrelas portada por uma encarnação passada e, portanto, ter um eixo de ressonância que, ele também, permuta.

A revelação da Luz, essa permuta, não vejam, aí, uma mudança de atribuição, mas, bem mais, algo que se completa, que permite, aí também, revelar-se, reunificar e fusionar na Unidade. Não procurem compreender, simplesmente, porque, de um único golpe, nos colocamos, ou alguém ter-se-ia colocado em tal lugar, porque isso acontece, antes de tudo, em vocês.

Nada há, portanto, a compreender, apenas viver, disso, a Essência, apenas viver, disso, a Vibração, o que permite, hoje, devido a essa última Passagem, viver o que eu chamei, o que nós chamaremos, doravante, a cada uma de nossas presenças, a comunhão.

A comunhão (ou nova Eucaristia) é ligada à nova Tri-Unidade que, agora, tem a capacidade de fusionar-se, como isso será realizado quando dessa data anunciada, que é o 26 de setembro. Assim, não há mais que se formalizar, ao nível do significado de uma Porta, ao nível da Vibração de uma Porta, qualquer que seja, mas, verdadeiramente, reunificarem-se, vocês mesmos, na Consciência Una, na Alegria, na Verdade, na Vida.

É assim que vocês superarão as oposições.
É assim que vocês superarão todo antagonismo e toda dualidade, e não de outro modo. Nós repetimos, sem parar, uns e outros: é tempo, agora, de viver a Unidade.
Não é mais tempo de compreender o que quer que seja.

Questão: hoje, dado o nível de Luz revelada, se não se vive, totalmente, a Unidade, será que é por falta de Abandono à Luz?

Essa é a única razão.
Não pode existir qualquer outra, desde que as Portas estreita e posterior foram abertas por Metatron. 
 

Cada um de vocês pode, doravante, instalar-se nessa Unidade.
Não existe qualquer obstáculo exterior, a não ser vocês mesmos, Interiormente.
 
Não há, aí tampouco, que encontrar ou situar-se esse obstáculo, qualquer que seja. Há, simplesmente, que deixar-se fecundar pela Luz, nos espaços de comunhão, de alinhamento, de interiorização, quaisquer que sejam os nomes que vocês deem. 
 

Progressivamente e à medida que vocês se aproximarem dessa Passagem, vocês constatarão que poderão fundir-se no que é chamada a dissolução brahmânica, ou seja, o acesso à Existência o mais total da Consciência Unificada. 
 
Lembrem-se, também, que, se essa não é sua Vibração não há, aí tampouco, que culpar o que quer que seja porque, de qualquer modo, no momento final, vocês viverão o Reencontro com a Luz, quer vocês queiram ou não, quer vocês estejam Abandonados ou não.

Os espaços de comunhão que nós lhes proporemos, cada um de nós (Arcanjos, Estrelas, Anciões ou outros), serão, doravante, inscritos em cada um de nossos reencontros, bem além de seus espaços de alinhamento, bem além de seus espaços Interiores. 
 

Isso significa, simplesmente, que, doravante, o véu que nos separa está cada vez mais estreito, cada vez mais fino e cada vez mais inexistente.

Questão: isso quer dizer, portanto, que, hoje, pode-se viver, permanentemente, na Existência?
Sim, para alguns de vocês que são chamados, de maneira cada vez mais insistente, a estabelecer-se na própria Unidade. 
 

Então, é claro, para essas pessoas, o conjunto de vida desagrega-se sob seus olhos, conduzindo-as a estabelecer-se na felicidade, na Alegria e na eternidade.

Questão: elas vão tornar-se transparentes e viver ao lado de nós, transparentes?

Bem amada, através do que você exprime, eu posso responder-lhe: não.

A transparência total estará presente apenas quando a própria Terra tiver decidido isso. Mas é preciso, efetivamente, apreender que o período que se abriu, desde 8 de agosto, e que vai até alguns prazos, verá esse processo reforçar-se para um número considerável de seres humanos na encarnação que viveu o despertar, que viveu o Reencontro com a Luz, que deve, agora, concluir sua obra.

Ninguém poderá resistir, ninguém poderá opor-se ao estabelecimento da Luz Una, agora total. E, quando eu digo agora, eu entendo no tempo que vocês vivem, aberto desde 8 de agosto e que vai, nas semanas que vêm, manifestar-se de maneira cada vez mais intensa. 
 

Se, pelo momento, vocês não estão referidos pelo apelo desse estado Unitário, aí também, não se coloquem questão, mas vão, simplesmente, à sua vida e ao seu caminho. A Luz os Reencontrará, de qualquer modo.

Questão: Snow, ontem, incitou-nos a ir para mais profundidade. O nível de acendimento das lâmpadas, a humildade, a simplicidade são elementos que bastam para isso?

Bem amado, isso participa, mas apreenda, efetivamente, que a intensidade, a qualidade, a quantidade da Luz Vibral que se revela nesse mundo é um apelo muito mais potente do que o que vocês poderiam gerar, vocês mesmos, pela observação do que lhes foi dado.

A observação dos quatro pilares, da humildade e da simplicidade são, obviamente, o que eu chamaria de facilitadores. 
 
Mas basta-lhes, simplesmente, parar de fazer, parar de querer, colocarem-se e acolher o que está aí.

Cada dia, isso lhes aparecerá cada vez mais claramente.
Se, contudo, cada dia, isso não lhes aparecer mais claramente, então, eu repito o que disse: vão, tranquilamente em seu caminho e deixem as coisas fazerem-se.

Questão: as pessoas que irão, tranquilamente, em seu caminho, irão à terceira dimensão unificada?
Sim.
Isso vai tornar-se cada vez mais claro, para cada um de vocês, progressivamente e à medida do que vocês chamam seus dias, que vão escoar-se.

A Porta será inteiramente aberta e novamente fechada em 26 de setembro.

Questão: na terceira dimensão unificada há sofrimento de não ter ido mais longe?
Não, porque será feito, muito exatamente, segundo a Vibração que vocês são.
Se existe um mecanismo de choque, tal como foi descrito, ele não será de responsabilidade da Luz, mas, unicamente, do ego. 
 
E, mesmo para isso, está previsto um processo chamado estase, ou três dias, que corresponde ao estabelecimento da Dimensão de sua Vibração em sua evolução. 
 

Vocês não têm que se preocupar, mental ou emocionalmente ou por sua vontade, com o que quer que seja. A Luz que se revela perfura os últimos envelopes, como foi dito pelo Senhor Metatron.

Assim, resta-lhes, simplesmente, aquiescer e deixar trabalhar a Luz em vocês.
Não são vocês que trabalham para a Luz, mas a Luz que trabalha em vocês. 
 
O respeito dos quatro pilares, da humildade, da simplicidade, o fato de ir para a profundidade, para sua Unidade, ajuda. Há apenas que fazer essa Passagem, e essa Passagem vocês não podem fazer desejando-a, de maneira alguma, porque quem deseja é, sempre e de maneira eterna, o ego.

O ser nada tem a desejar, uma vez que ele está aí, de toda a eternidade. 
 
É simplesmente o envelope isolante, que distanciava a Consciência, que desaparece.

Vocês se aperceberão disso, eu repito, cada vez mais, em seus espaços de alinhamento de 19 horas [14h em Brasília], nos momentos que vocês escolherem, mas, também, nos momentos que lhes serão impostos pela Luz. 
 
Esses momentos são profundamente diferentes para cada Espírito.

Questão: quando formos nos transladar, qualquer que seja a dimensão, vamos completamente esquecer o que aconteceu sobre esta Terra e as relações de uns com os outros?

Bem amada, as relações que vocês estabeleceram numa vida desaparecem numa outra vida. Elas duram apenas o tempo de uma vida, mesmo se vocês se reencontrem, devido às ações-reações, chamadas carma ou afinidades. 
 
Tudo isso pertence, irremediavelmente, à Ilusão.

Vocês não são esse corpo.
Vocês não são essa identidade.
Vocês não são o que vocês vivem.
Vocês são a Luz. 
 

Nós o repetimos, pregamos, de múltiplos modos.
É tempo, agora, de compreender isso, e de vivê-lo.
Se vocês se atêm à sua pessoa, se vocês se atêm às suas relações, então, eu responderia que seja assim. 
 
É sua Liberdade a mais absoluta, mas vocês não podem penetrar o Reino dos Céus e continuar tal como vocês são, ao menos tal como vocês creem ser.

O que eu digo é extremamente simples.
Ou vocês aderem, ou vocês não aderem. 
 
Tanto num caso como no outro, não há problema algum, a não ser aquele que cria seu mental. Ser-lhes-á feito exatamente segundo sua fé, exatamente segundo sua Vibração.

Então, a partir desse momento, vão na Paz e vão na Alegria. 
 
Do que vocês teriam medo, uma vez que, de qualquer modo, vocês viverão, muito exatamente, o que vocês Vibraram, o que vocês escolheram, na Vibração?

Questão: quem escolheu?
O Ser.
Ninguém pode escolher por você.
Ninguém escolher em seu lugar.

É uma ilusão do ego crer que vocês escolheram.
Se vocês estão aí (eu não falo desse espaço, mas eu falo desta Terra), nesse momento, nesse instante, para viver isso, é que, mesmo no confinamento e no isolamento, sua alma tinha o que eu chamaria a presciência do que chega.

Vocês têm, muito exatamente, a idade que devem ter.
Vocês têm, muito exatamente, as relações (ou a ausência de relações) que devem ter. Vocês têm, exatamente, o estado de consciência no qual vocês devem estar para viver isso.

O conjunto de nossos reencontros, seja comigo mesmo, Anael, ou com qualquer outro Arcanjo ou qualquer outro Ancião realizar-se-á, doravante, sob a ação da comunhão da Luz, em Cristo, como alguns de vocês, aqui presentes, vivem-no.
Não há mais distância, ou pouca.

Bem amados filhos da Lei de Um, eu sou Anael, Arcanjo.
Eu estabelecerei a mesma comunhão em seu espaço de alinhamento.
Eu os amo.

Até já.

_______________________

Enviado por Rosa
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

M.M - http://minhamestria.blogspot.com/
C.R.A - http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails