((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sábado, 3 de setembro de 2011

25 DIAS - IRMÃO K

25 dias

25 dias


Eu sou IRMÃO K

Desde alguns meses deste tempo terrestre, eu me comunico com vocês e lhes entrego uma série de dados referentes à Consciência: sua natureza, sua manifestação e seus diferentes estados.

Isso tem lhes permitido experimentar, com mais ou menos clareza, mais ou menos importância, estados múltiplos da Consciência.

Durante este período particular (até 26/9) vão aparecer, a título individual como a título coletivo, (principalmente a título coletivo), o mecanismo de resistência à Luz Vibral.

O ser humano, em sua estrutura atual, confinada e confinante, vive em um contexto particular especialmente limitado que eu denominaria ‘campo de Consciência’, campo de percepção da Consciência, campo de experimentação da Consciência.

A consciência do ser humano encarnado atualmente é uma consciência que vive separada do conjunto das outras consciências. A consciência limitada, fragmentada, exprime-se através de uma série de regras, uma série de leis, criadas e alimentadas por um principio chamado de Bem e Mal e se manifesta através da personalidade, que eu denomino consciência dissociada, separada, dividida permanentemente.

Neste confinamento, nesta ‘prisão’ que é a personalidade, o ser humano, de maneira geral, habitua-se a viver segundo essas normas e segundo essas regras. E como nós lhes dissemos, as normas e as regras deste mundo não são as normas e as regras que existem em meio ao Espírito, nos Mundos da Unidade.

As Leis do Espírito e da Consciência Una estão em constante e flagrante oposição, em contradição, com a consciência fragmentada (a consciência da personalidade).

Existe, há anos, muitos seres humanos que adquirem a capacidade para sair, de uma maneira ou de outra, desta consciência ilusória, fragmentada, projetada. E este mundo evolui (se é que se pode falar em evolução nesta condição de confinamento), propiciando uma evolução aparente da alma, fazendo com que a pessoa (desta consciência fragmentada) tenha a impressão de progredir para uma forma de liberação.

Na atualidade existe ‘um cenário que se estilhaça’: o cenário das crenças, o cenário das emoções da própria pessoa, de seus relacionamentos e de suas comunicações. O cenário em que vocês vivem, efetivamente, se estilhaça, permitindo descobrir o aspecto ilimitado da Consciência.

Na consciência fragmentada existem limites e freios visando perpetuar esta consciência fragmentada, além do nascimento e da morte, permitindo então, à alma, descobrir-se, de alguma maneira, imortal. A reencarnação é um jogo que está inscrito na fragmentação deste mundo, mas absolutamente não no contexto infinito e ilimitado das Leis do Espírito, onde, na realidade, a única Lei é a Graça.

O princípio de ‘retribuição’, denominado Karma ou ação/reação, é baseado num princípio de ‘aperfeiçoamento’. (Ex: a alma se aperfeiçoando através das encarnações) Ora, como algo que é perfeito e pleno, por Essência, tem necessidade de algum aperfeiçoamento, de alguma melhora?

Eis o primeiro paradoxo.
E isso era sua verdade, até agora.

No entanto chega um momento, e esse momento é iminente, em que a verdade de cada um vai ser confrontada com uma Verdade de outra natureza, fazendo, por assim dizer, estilhaçar-se esse contexto do confinamento (prisão).

Como outros Anciãos falaram, progressivamente, os 'véus do isolamento', ao nível coletivo, foram, pouco a pouco, desintegrados, dissolvidos. Dois desses véus deste Sistema Solar já fora desintegrados: a heliosfera, o ‘envelope’ mais distante, e a magnetosfera, o ‘envelope’ próprio da Terra.

Resta uma terceira camada isolante que não foi ainda alterada e dissolvida, inteiramente, e que é chamada de ionosfera. É em seus elétrons que permanece ainda o que outros Anciãos chamaram de Sistema de Controle do Mental Humano, que vive, de algum modo, seus últimos dias.

O nível de comunicação entre o Sol e a Terra vai, em breve, atingir uma forma que muitas pessoas não poderão ignorar sobre esta Terra. Este processo vai abrir a última camada isolante do céu, a ionosfera.

Também a última camada isolante do seu Coração, denominada, na fisiologia humana, pericárdio, será ‘aberta’, pois é o que circunda, fecha e encerra o coração. O pericárdio é um ‘envelope isolante’, do mesmo modo que o fígado e o baço são órgãos que restringem, de alguma maneira, a expansão de sua Consciência Unitária, para cada ser humano.

No momento da passagem da Porta (da Ressurreição) ocorre a ‘perfuração’ do pericárdio, permitindo ao Coração ser liberado e para que a consciência humana consiga estabelecer-se - se tal é sua Vibração -, na Luz Unitária.

Evidentemente, é em meio a esse processo que as resistências daqueles que não conhecem a Luz vão ser as mais fortes e evidentes, as mais virulentas e as mais opostas à nova Consciência.

A resistência é um dos componentes da consciência fragmentada.

O momento que vocês vivem, nas circunstâncias em que vocês vivem (de saúde, de doença, de idade, de precariedade ou de opulência), são exatamente as circunstâncias que vão lhes permitir desempenhar, a título individual, nós o esperamos, o Abandono à Luz.(ndr: entendo como o abandono à Luz como “a confiança total na Luz”)

Compreendam bem que esse mecanismo de resistência está ligado à própria projeção.
Resistência ao desaparecimento do que está prestes a desaparecer. Resistência ao desaparecimento de tudo o que fez a lei social, mesmo desequilibrada, deste mundo.

Tudo isso não ficará sem conseqüências.

Porque, evidentemente, aqueles que não vêem, no momento, um acesso à Unidade ou a algo além de seu próprio condicionamento pessoal, vão se encontrar, de alguma forma, em uma necessidade incontrolável de opor-se ao que eles vão qualificar de ‘Mal’, que vai chegar.

Mas vocês sabem muito bem que o que chega não é o Mal, mas, pelo contrário, é a Luz que vem iluminar, revelar, arrancar tudo o que era confinamento, tudo o que era ilusório, ao nível individual, como ao nível coletivo.

Isso que vem é, definitivamente, o fim do confinamento coletivo.

É durante este período (que se abriu há poucos dias , e que vai, como vocês sabem, até 26 de setembro deste ano) que tudo isso vai se desenrolar, tanto em vocês como de maneira visível, como para aqueles que são sensíveis e que percebem além da simples aparência e das simples Ilusões, projetadas ainda por este mundo Ilusório.

Eu sou IRMÃO K.

Edição especial
Fontes consultadas (leiam a mensagem integral)


http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1159
http://portaldosanjos.ning.com
http://leiturasdaluz.blogspot.com/2011/08/irmao-k-20-de-agosto-de-2011.html
http://eterno-agora.blogspot.com/
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/


Meditação: Não resista à Luz.


Anthar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails