((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

NASA CRIA CAMPANHA DE OBSERVAÇÃO DO "COMETA" ELENIN

NASA CRIA CAMPANHA DE OBSERVAÇÃO DO "COMETA" ELENIN

Nasa orienta Stereo-B e registra imagens do Cometa Elenin


A agência espacial americana iniciou no começo de agosto a primeira fase da campanha de observação do cometa C/2010 X1 Elenin, registrando as primeiras imagens com o telescópio solar Stereo-B. As cenas mostram um objeto ainda difuso, que a cada dia se aproxima mais da Terra.

Cometa Elenin visto pelo telescópio solar Stereo-B
Clique para ver a animação

Para registrar a aproximação do cometa, a Nasa está fazendo manobras diárias na orientação do telescópio espacial Stereo-B, rotacionando as lentes do equipamento em 135 graus para que o cometa possa entrar no campo de visão do instrumento, normalmente posicionado parta observação solar. Essa primeira fase da campanha teve início no dia 1 de agosto e deverá durar 12 dias, com duas horas de observações diárias.

Após este período o cometa já deverá aparecer no campo de visão de Stereo-B, sem que seja necessário reapontar o telescópio.

Os primeiros registros começaram a ser feitos às 05h00 pelo horário de Brasília e mostram o cometa como um pequeno ponto difuso, movendo-se a cerca de 7 milhões de quilômetros do telescópio espacial. As cenas foram captadas pelo instrumento HI-2, um imageador heliosférico grande-angular que opera no comprimento de onda da luz visível, empregado na detecção de ejeções de massa coronal.

À medida que o cometa se aproxima do plano formado entre o Sol e o telescópio, teremos um aumento do brilho do objeto. Isso se deve a um processo conhecido por "espalhamento ótico", quando pixels vizinhos do CCD no interior do telescópio também são sensibilizados. Quando o objeto focalizado é muito luminoso esse processo cria uma espécie de linha que se estende dos dois lados do ponto.

Astronomia: Saiba tudo sobre a aproximação do cometa Elenin


Foto e Animação: Imagens do cometa Elenin registrados pela sonda Stereo-B no dia 1 de agosto de 2011. Créditos: Nasa/GSFC, Naval Observatory/Sungrazer, Apolo11.com.



(imagem enviada por Rosa)


http://sirianos.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails