((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

O MUNDO DA HUMANIDADE COMPLACENTE - EL MORYA

o mundo da humanidade complacente - el morya



-El Morya –
Dezembro de 2010
Canalizado por Raphanael
Traduzido por André Martins

No mundo todo, vossa raça apresenta os sinais e sintomas de descontentamento mental, emocional e até espiritual, pois perdeu a sua conexão com o fluxo universal e o Estado de Ser. Vós agora encontrais-vos involuntariamente envolvidos nas distrativas e divertidas frequências do material, desde a última parte do vosso século passado, com o consumo de todos os puxões de não-realidade da televisão, vídeo e jogos de computador.

A Grande Ilusão cresceu exponencialmente ao longo de seus anos cinquenta, que culminaram na vossa imersão na mente cerebralmente (tanto emocional quanto mental) entorpecente em "reality shows", telefones celulares e (por sua raça, pelo menos) os jogos de computador mais avançados e tecnologia. Esta explosão de focos alterados de consciência, bem como os estados mentais que eles geram, levou-vos, e à vossa frequência, a ficarem imersos nas frequências eletromagnéticas de tecnologia e meio ambiente ilusório do vosso mundo cibernético, agora potencialmente interligados.

Vocês têm-se escondido da realidade, através da vivência de novas existências temporárias em um mundo ilusório que vos deixou mentalmente, emocionalmente e espiritualmente estéreis, dormentes e vergonhosamente despreocupados com as realidades, dores, traumas e injustiças que afetam os vossos semelhantes e que vos cercam diariamente.

Sua sobre-exposição ao trivial matou o vosso senso do que é importante, o vosso desejo de auto-satisfação gratuita cegou-vos para o insatisfatório e o vosso desejo de ter, possuir e controlar ensurdeceu-vos para as vozes daqueles que não têm nada.
Suas próprias mentes já renunciaram ao seu direito de auto-governo e domínio sobre a consciência, entregando-os ao invés disso, para as várias frequências e entidades que os escravizariam e garantiriam o fim dos seus dias.

Estejam certos que em breve vós também não terão nada. Para se conhecer a humildade vós deveis primeiro ser humilhados, para cuidarem uns dos outros vós deveis saber o que é não serem cuidados, e para compreenderem a dor do outro, vós também têm que senti-la. Saibam agora, que tudo o que falta em vossa humanidade vos será posto à frente antes do fim. Saibam também que isso não é garantia de redenção, pois será tarde demais. Poucos serão salvos, pois poucos têm aprendido as lições necessárias para entrar na Nova Era aliviados pelos pecados de seus pais e de si mesmos .

Muitos de vós rirão, zombarão, ridicularizarão e até mesmo denunciarão esta mensagem como produto da loucura ou da ignorância da mudança, do crescimento econômico ou da evolução tecnológica. Alguns podem nem sequer entendê-la. Para vós eu digo: sejam abençoados, pois estarão assinando a sua própria declaração de destruição e entregando os vossos direitos, liberdades e expressão para aqueles que encaminhar-vos-ão por vós, para seu próprio ganho.

Vocês são os perdidos, as almas que se perderão, para nunca mais serem livres das cadeias que vos prendem, nem serem capazes de sair da prisão que vós próprios construiram.

Outros irão ler estas palavras com interesse e sorrir, o tempo todo sendo sutilmente puxados por um conhecimento interior profundo que reconhece faces da verdade, e até a sua conexão menos evidente com eles. Vós sois os perdidos e ainda assim vós sabeis disso, e para vós há esperança. Se puderem apenas abrir o seu coração para a verdade e ajustar o seu caminho, procurando a cada dia por um caminho melhor, por uma existência mais conectada, e alinharem-se com isso, então vós ainda podeis viajar para casa mais uma vez e estarem livres de tudo o que possa prender-vos .

Quanto aos que procuram no caminho, aqueles que durante tanto tempo ansiaram por melhores formas de comportamento e acreditaram na bondade inata da humanidade, e na sua capacidade para encontrar a verdade, ajudar os seus semelhantes e buscar o equilíbrio em um mundo virado de cabeça para baixo, vós já estais nesse caminho. Não tenham medo pois o momento aproxima-se rapidamente, quando o vosso amor no coração e fé na verdadeira bondade será recompensada. Não mantenham uma atitude de desprezo forte para com os outros, nem se enganem ao acreditarem que o vosso caminho está assegurado, pois não é assim. Chegou a vossa hora para falarem a vossa verdade cautelosamente e de rodearem-se de companheiros de caminho que, como um, incentivarão e abraçarão a união com os outros que os acharão ou os procurarão.

Não basta ser bom, amável, carinhoso e atencioso, pois essa é a posição padrão da vossa raça atualmente. Se viveis em vosso mundo ocidental, então vós nascestes em épocas e em países em que um relativo conforto, liberdade de expressão e os direitos legais à vossa humanidade são as vantagens, bem como os encargos que vós deveis descobrir, por serem tão livres e não exercerem esses direitos de liberdade é um pecado como qualquer outro, porque fazendo isto vós podeis ajudar a vida daqueles que são menos afortunados. Ao não fazerem-no a culpa é vossa. Embora eles também tenham suas cargas cármicas a carregar, o vosso sucesso ou fracasso em ajudá-los não será o fator pelo qual vós sereis julgados, mas sim pela vossa preparação para tentar com esforço consistente. Também não falhem, ao fazerem o mesmo para com os seus vizinhos em vossa terra natal, pois eles são tão ligados a vós como qualquer parte de vosso corpo físico, mas vós sabeis disso.

Em todas as coisas lembrem-se que qualquer um pode dar auxílio a partir de uma posição de conforto e que, embora isso possa ser uma ajuda, não é a medida da sua verdade. Sereis julgados pela forma como vivem, fazem e falam de vossa verdade, e nisso não há escapatória, pois tudo o resto é um mero gesto do ponto de vista da segurança. O vosso tempo para falar contra as injustiças, para agir com compaixão e com coragem contra o errado, e para dizer a outra metade da história que mostra toda a verdade, é AGORA. A hora está em cima de vós, e outros como vós, para serem aquilo que vós acreditais, e para fazerem brilhar a vossa luz nestas horas mais escuras em que a humanidade está tão perdida.

Em todas as coisas sejam compassivos, pois menos que isso não é digno de vossa coragem e de vosso destino. Tenham fé no conhecimento de que vossas palavras são fáceis em comparação com as lutas dos outros. As vossas privações revelam-se sem comparação e os vossos medos são menores do que os de uma criança que se preocupa com a noite. Saibam que a escuridão é vossa amiga pois dentro dela vós sois tudo o que ela não pode prejudicar, quando se mantêm firmes na luz de vossa própria essência.

Acima de tudo façam bom uso de vosso discernimento, pois não há maior tolo do que aquele que anda com os olhos fechados na escuridão.

Saúdo a centelha divina dentro de cada um de vós e peço para que o vosso conhecimento superior se revele a vós próprios, através do discernimento, compreensão, compaixão e fé nos dias escuros antes do alvorecer da Nova Era da iluminação

-El Morya –
Dezembro de 2010
Canalizado por Raphanael

Traduzido por André Martins
http://www.masterhilarion.com/el_morya.html
http://minhamestria.blogspot.com/
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails