((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

segunda-feira, 28 de março de 2011

MARIA - 27-03-2011 - AUTRES DIMENSIONS

Maria - 27-03-2011 - Autres Dimensions


ÁUDIO EM FRANCÊS - PARTE 1
ÁUDIO EM FRANCÊS - PARTE 2

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Meus Filhos bem amados, meu Coração está repleto de alegria à vista das orações que vocês elevam, por sua atitude Interior para nossa Dimensão.

Na hora que vocês vivem, nos tempos da Dimensão em que nós vivemos, nós nos regozijamos com vocês, nós podemos dizer «tudo está realizado».
Na hora em que o Som da Terra se elevou para o Céu, na hora em que esse Som permite a resposta apropriada ao apelo ao Amor da Terra, a resposta do Amor do Céu e dos planos da Unidade, na hora em que o Arcanjo Miguel se prepara para unir o Éter da Terra e o Éter do Céu, nós os convidamos a viver em sua Unidade, em sua Alegria.

O Arcanjo Miguel e eu mesma, durante esse mês, interviemos longamente, a fim de insuflar em vocês, pela Graça da Luz Unitária, a capacidade nova para tocar, em sua Consciência, estados próximos da reunião de sua Consciência com Cristo.

Na hora em que o Fogo da Terra e o Fogo do Céu se aprontam para derramarem-se em suas Consciências, em seus corpos, nós nos regozijamos, com vocês, pelo trabalho realizado pela Luz e para a Luz.

A hora chegou, agora, de aquiescer à Liberação desse Mundo.

O Canto da Terra, o Canto de sua Liberação elevou-se até nós.
Assim, o conjunto da Confederação Intergaláctica de Luz, o conjunto de Consciências Unificadas prepara-se agora para viver, com vocês, nossos reencontros.

É durante este período de parto que a Terra e a Luz Una têm necessidade de seu apoio, de seu suporte, por sua Presença sobre esse Mundo nesse momento.

Quaisquer que sejam suas idades, suas condições, quaisquer que sejam mesmo as crenças que persistem e permanecem em vocês, o momento chegou de facilitar a Ressurreição da Verdade.

Isso se traduz, para inúmeros de vocês, por percepções Vibratórias novas ou amplificadas.
O importante não é tanto compreender, com sua cabeça, o sentido, o significado, mas efetivamente viver a Essência e o alcance Vibratório, que não é outro senão revelá-los, desvendá-los a vocês mesmos, na Verdade da Unidade, na harmonia das esferas celestes, enfim de retorno sobre esta Terra.

O alarido do mundo, de seu Mundo, vai acentuar-se.
Não temam, permaneçam no Júbilo, permaneçam na Alegria de sua Ressurreição porque, seguramente, é o que vocês vivem, em Vibração e em Consciência, já para alguns de vocês, onde sua Visão Interior, aquela do Coração, torna-se cada vez mais penetrante.

Nesses momentos em que um Nascimento realiza-se, enquanto o antigo morre, cabe-lhes levar seu olhar, sua atenção, sempre, a mais Luz.

Não escutem o alarido da Terra, de seus habitantes, mas escutem, antes, o Canto de sua Liberação, aquele que, hoje, começou a aparecer em alguns lugares.

Os Coros Celestes estarão reunidos e novamente audíveis.
O Som do Universo Unificado vai, novamente, poder penetrar e fecundar esta Terra, em resposta a seu apelo.
Isso se traduz também, obviamente, para vocês, por uma majoração sem precedentes de suas percepções.

O Fogo do Espírito, o Fogo da Terra revelam-se a vocês.
Nada há a temer desse Fogo, porque ele é Liberdade, Alegria, Elevação e Purificação.

Nós sempre dissemos que contávamos com vocês nos momentos a viver que, mais do que nunca, agora chegaram.

Vocês devem fazer a demonstração de seu alinhamento, de sua Paz.
Vocês devem fazer a demonstração de seu alinhamento.
Vocês devem demonstrar, dando a ver sua Unidade e sua própria Ressurreição.

O Éter da Terra, juntando-se ao Éter do Céu, vai estabelecer em vocês uma Consciência nova: aquela da Existência, desvendada inteiramente.
Isso se traduz já, para alguns de vocês, antes mesmo do que lhes revelarão os Anciões, dentro de muito pouco tempo, na reunificação da Cruz da Redenção e a Elevação Vibratória Metatrônica, na junção dessas Coroas, na junção desses fluxos luminosos, em vocês como neste Universo, que vão retumbar.

Alguns de vocês, entre os mais próximos da Luz, percebem já os Coros Celestes, esses Sons tão específicos que vocês ouvem cada vez mais frequentemente.

Muito em breve o Coro do Universo vai retumbar sobre esta Terra.
Muitos de seus Irmãos e de suas Irmãs não poderão apreender o sentido e a profundidade do que acontece.
Outros, enfim, serão apreendidos por uma Graça final e apreenderão, então, a beleza do que se revela a eles.
Seja como for, seu lugar é estritamente aquele que vocês ocuparão naquele momento.

Vocês devem entrar, cada vez mais, no estado de Ser Unificado, bem além de seus espaços de alinhamento e de nossos espaços de alinhamento comuns vocês devem, hoje, descobrir a autonomia de sua Luz e de sua Presença.

É claro, o alarido ensurdecedor desse mundo que toca ao seu fim (que não é o fim, mas o início) pode, é claro, desestabilizar, não aqueles de vocês que estão já alinhados, mas aqueles de seus Irmãos e de suas Irmãs que persistem no adormecimento de Consciência, embalados pelas promessas e pelas crenças desse mundo.
Sua Presença, naquele momento, torna-se essencial, de um extremo ao outro da Terra e não unicamente em seu ambiente o mais perceptível.

Um Mundo novo se constrói sob seus olhos, do qual vocês não veem ainda os resultados.
Somente a novidade de suas Vibrações e os abalos da Terra e do Céu vêm lhes mostrar que os tempos estão terminados.

O Universo é Criação.
O Universo é Canto.
O Universo é Beleza.
O Universo não é esse combate que vocês efetuam em suas vidas, uns e outros, qualquer que seja a Alegria que preenche seu Coração.

A hora do final desta Ilusão também chegou.
Para isso, como o Arcanjo Miguel disse: o Fogo do Céu e o Fogo da Terra revelam-se a vocês.
O Coro da Terra, o Coro do Céu manifestam-se aos seus ouvidos.

Lembrem-se de que, como o disserem grandes Sábios, esse mundo é efêmero, ele é Ilusão.
A Ilusão e a efemeridade têm um fim, contrariamente à Eternidade e à Alegria.

A chave de acesso à Eternidade não está em qualquer outro lugar além de seu Coração, em sua Vibração escondida ao centro das cinco novas frequências, no ER.

Pondo fim à separação dos Éteres, o Arcanjo Miguel reunirá os ER, o ER da Terra e o ER do Céu, quebrando assim (com seu Selo, com sua Espada) a última camada isolante e que impede nossa reunião.
O conjunto da Frota Intergaláctica continua à disposição de sua Consciência.

O olhar separado desta época pode ainda conduzi-los a dúvidas e a percepções de sofrimento de alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs, mas lembrem-se dessa frase: «qualquer que seja o que lhes é dado a ver sobre esse mundo como no Céu, o que a lagarta chama a morte, a borboleta chama nascimento».

E, além da morte, além do nascimento, o termo o mais exato é, efetivamente, aquele de Ressurreição.

O que havia sido tirado revela-se agora, aí, em sua carne, em seu corpo.
A Vibração da Luz Una, em sua carne, torna-se Fogo.
Esse Fogo que abrasa a Ilusão vem revelar, também, sua Eternidade, porque a Terra, ela também se abrasa.

As passagens as mais delicadas e difíceis foram efetuadas quando da Passagem da garganta e quando da Abertura da boca.
É esse trabalho, efetuado conjuntamente pela Terra, pelo Céu e por vocês que, hoje, finaliza.

Eu deixarei, dentro de pouco tempo, o Arcanjo Miguel (que também anunciou sua vinda de maneira formal) explicar-lhes e realizar a Fusão dos Éteres e dos ER, mas, seguramente, de nossa Dimensão, nós percebemos, claramente, que inúmeros de vocês avançaram essa jornada e, portanto, já iniciaram, em parte, esse caminho de Ressurreição.

A ativação de circuitos de Luz novos, entre seu peito e sua cabeça, permitiu, para alguns de vocês, já, iniciar o processo de Ressurreição.
O que eu gostaria de lhes dizer, como Mãe, é que não é preciso absolutamente temer o que quer que veicule ainda esse Mundo em seus últimos instantes de sua separação.
Lembrem-se de que nenhuma vida pode existir sem Luz e que, mesmo aqueles de meus Filhos que estão desviados da Luz ainda, pelo momento, não poderiam eles mesmos existir sem Luz e que o medo que os habita pode conduzi-los a alguns extremos, tal como vocês podem hoje constatá-lo nos eventos de seu mundo de superfície.

Mas isso não pode, de modo algum nem de maneira alguma modificar a reunificação da Terra com o Céu e com a Unidade.
Em nenhum momento vocês devem se deixar seduzir pelo mental e pela aparência.

A Terra dá à luz, isso vocês sabem.
Ela vive, agora mesmo, seu parto e vocês também.
Então, é claro, existem ainda, para muitos de vocês, mesmo no caminho para sua Ressurreição final, apegos, certezas.
Estas vão se apagar, naturalmente, pela ação da Luz em vocês, pela reunificação da Cabeça e do Coração.

Aprendam, nos tempos desta Liberação, a ouvir e a seguir a Voz do Coração ao invés da voz da cabeça, a cabeça que se apaga agora para deixar falar o Coração.
Sigam a Vibração, sigam a Atração, a sincronia, o que é simples porque, onde quer que vocês estejam, tudo estará bem para vocês.

O medo é apenas a ausência de Amor.
Todo medo está aí apenas para lhes chamar a atenção para encontrarem ainda mais o Amor que vocês são.

A hora chegou do abrasamento de Cristo em vocês, porque a hora chegou para ele vir como um ladrão na noite.

Então, agora que sua Casa está quase totalmente limpa, não sejam mais assaltados, de maneira alguma, por qualquer pessoa, por qualquer evento exterior que faria apenas traduzir um medo.

Queiram considerar que vocês não são jamais o medo, que, acolhendo o Amor, o medo não pode mais eleger domicílio nem em sua cabeça, nem em outro lugar.

É claro, aqueles de seus Irmãos e de suas Irmãs que cultivam o medo quererão conduzi-los para o medo deles.
Cabe a vocês acolher e manifestar o Fogo do Espírito.

Alguns de vocês, no que a humanidade vive nesse momento e que lhes foi tanto e tanto explicado pelo bem amado João pode, efetivamente, traduzir-se, para aqueles que não vibram ainda no Templo Interior, por medos.
E é aí que seu papel essencial, o sentido mesmo de sua Presença e de sua missão, ainda, sobre esta Terra, se desvenda a vocês.

Se o que quer que seja de oposto ao Amor tende a manifestar-se à sua Consciência, ao seu olhar, não se esqueçam de que há em vocês o antídoto total para isso: a Vibração de seu Coração e, hoje mesmo, pela intervenção de Miguel, a capacidade de religar, Vibratoriamente e em Consciência, o Coração e a Cabeça.

A Passagem da garganta, a Abertura da boca, a realização do que o Arcanjo Miguel chamou o Tubo de Cristal ou a Lemniscata Sagrada permite-lhes, agora, em Consciência, irradiar a Luz do Amor sobre a contração do Medo.

O medo é um confinamento.
Nenhum medo poderia se justificar assim que a Presença se instala e se revela, assim que o Arcanjo Uriel estabelece, inteiramente, sua Vibração em vocês.

As percepções Vibratórias que inúmeros de vocês têm já correspondem, inteiramente, pelo Som, pelos circuitos de Luz em vocês, ao estabelecimento de Cristo.

A hora chegou de mostrar que vocês são os Filhos Ardentes do Sol, Ki-Ris-Ti.
A hora chegou de mostrar que vocês servem a Luz Una, Princípio Cristo.

Progressivamente e à medida que o Coro do Céu e da Terra vai se manifestar, progressivamente, vocês vão perceber o Fogo do Espírito, da Luz Una.
Esta Vibração, esta Luz é Amor, no sentido o mais glorificado, o mais autêntico, bem longe dos amores condicionados e condicionantes existentes na superfície desta Terra, pelo momento.

Assim como outros Arcanjos do Conclave o disseram, vocês são a Carne de minha Carne, mas também o Espírito de meu Espírito e eu sou a Carne de sua Carne e o Espírito de seu Espírito.

Isso quer dizer que há, em vocês, pela Graça da Humildade e da Integridade, a capacidade inata, agora desvendada, de fazer ressoar em vocês minha Presença, como aquela dos Arcanjos, como aquela de Cristo.

A Cruz da Redenção e a Ascensão da Gama Metatrônica ao longo da Lemniscata Sagrada e sua Fusão permitem isso.

Então, sirvam-se, abundantemente, de minha Presença em vocês.

O Amor é a chave, a única.
Isso nós todos o dissemos.
Cabe a vocês, agora, vivê-lo, mostrá-lo, demonstrá-lo e manifestá-lo, porque os tempos estão terminados.

Eu deixarei o Arcanjo Miguel desvendar, ele mesmo, o modo pelo qual vocês continuarão a conduzir seus alinhamentos à Luz Una, a partir de amanhã.

De fato, a construção da Ponte de Luz em vocês torna agora possível, desde que o Som da Terra elevou-se e que o Som do Céu vai ali responder, a possibilidade de estabelecerem-se, mesmo fora dos espaços comuns, em sua própria Presença Cristo e, também, comungarem à minha Presença, à Presença de Miguel ou de qualquer outro Arcanjo, de maneira extremamente simples, uma vez que a Consciência está agora livre.

Eu não lhes dou hoje o próximo encontro formal porque este será adaptado às transformações em curso e unicamente a estas.

Nós responderemos, a cada vez que for necessário, ao seu apelo.
Nós responderemos, também, aos medos e aos choques de algumas almas, de alguns Irmãos e de algumas Irmãs.

Guardem presente no espírito que será feito a cada um exclusivamente segundo sua Vibração, segundo sua Consciência e que, para além da Ilusão e para além das projeções exclusivamente ligadas aos medos, tudo é Alegria e tudo é destinado a ser Unificado.

Eu penso, meus Filhos, que nos resta tempo antes de deixar o lugar ao Arcanjo Miguel.

Se, com relação ao que acabo de enunciar, existem em vocês interrogações comuns e se vocês se sentem inspirados a pronunciá-las, se isso concerne ao que acabo de dizer, então, responderei com grande prazer.

Questão: o que é o Canto da Terra?
Meu Filho, há pouco tempo o bem amado João (aquele que vocês nomeiam hoje Sri Aurobindo) veio anunciar-lhes a Liberação do Sol e da Terra.

O núcleo cristalino da Terra, como todo cristal, pôde enfim voltar a emitir seu Canto, sua Vibração, se preferem.

Esse Canto expandiu-se progressivamente, desde o coração da Terra, em seu centro, até as partes as mais superficiais da crosta terrestre, traduzindo-se, como vocês viram, numa intensificação importante (que apenas começa) das perturbações que os humanos chamam geofísicas, traduzindo a expansão da Terra.

Esta expansão da Terra acompanha-se do Canto.
De fato, na Criação Unificada tudo é Canto e tudo é Vibração.

O Canto da Terra é o Canto da Liberação da Terra, aquele que foi chamado, por algumas de minhas Irmãs, o tam-tam da Terra, o Canto da Terra, esta Terra que foi fechada e privada de seu Canto.

Ela reencontra agora esse Canto, esse Canto que inúmeros de vocês percebem nos ouvidos agora, como se o Som de sua alma e de seu Espírito tivesse modificado e enriquecido.

É o Som da Terra que vocês ouvem.
Em breve o Som do Céu ali fará eco e ressonância.

Então, naquele momento, sua Consciência perceberá claramente que algo de único acontece em vocês, obviamente, mas também sobre a Terra e no Céu.

Assim, esse Som, alguns de vocês o percebem, mesmo em lugares afastados de onde eles são emitidos.

Aqueles que, sobre esta Terra, vivem em lugares onde as circunstâncias da crosta Terrestre façam com que ele seja audível, agora, na superfície, desencadeiam para esses seres grandes interrogações.

Mas se eles estão, eles mesmos, abertos à Infinidade deles, naquele momento, eles identificarão claramente esse Som da Terra ao próprio Som, porque o Som da Criação, qualquer que seja a gama, remete sempre à mesma filiação.

O Som da Terra é um som real.
O Som do Céu é um som bem real.

A frágil gama que percebem seus cientistas, chamada o ruído do universo, é, de fato, apenas a rarefação e a atrofia do verdadeiro Som.
Tudo isso está mudando.

A qualidade das irradiações de Luz são, desde o início desse mês de março, sobre a Terra, profundamente diferentes.


As irradiações gama, as irradiações cósmicas, as partículas exóticas existentes no Universo são medidas por seus cientistas e são profundamente novas para esta Terra.

Existem, aí, sinais no Céu como na Terra, do parto da Terra e de vocês mesmos.

Recordem-se também de que a língua na qual eu me exprimo, nesse Canal, corresponde a particularidades bem precisas que lhes foram desvendadas há pouco tempo.

Mas recordem-se também de que esse Som, que se torna audível em alguns lugares da Terra (e não nesse continente [Europeu]), traduz, para aqueles povos, a iminência da Ressurreição deles.

O Som da Terra traduz o estado de parto (liberação) da Terra e de seu parto (liberação).

Questão: todos os lugares da Terra vão obrigatoriamente ouvir esse Canto?
Meu Filho, sim.
Alguns de vocês, onde quer que estejam, aliás, sobre esta Terra, o ouvem já.

Mas o momento em que ele se tornará comum a toda a Terra está muito próximo.


Questão: face aos questionamentos sobre os eventos atuais da Terra, deve-se permanecer na Vibração do Coração sem responder?

Meu Filho, o melhor modo é aquele que concerne, efetivamente, a permanecer no Coração.

Se você é capaz, pelas palavras, de permanecer no Coração, então faça-o.

É claro, aqueles de seus Irmãos e de suas Irmãs que dormem ainda estarão aterrorizados pelo que acontece.
Eles não podem conceber, nem mesmo imaginar (não a totalidade, é claro, mas muitos) que isso seja uma liberação, uma Ressurreição e a vinda da Luz.
Não há qualquer meio, do exterior, de modificar isso.

Recordem-se de que são vocês, e vocês sozinhos, que possuem as chaves de seu Coração.

Alguns de vocês tiveram a chance de viver o Abandono à Luz, de modo progressivo ou rápido, durante esses anos que acabam de se escoar.
Outros, muito raros, têm esta capacidade desde extremamente longo tempo.
E outros, os mais numerosos, não se colocam mesmo esse gênero de questão, porque seu ponto de vista é unicamente aquele da personalidade.
Eles não podem suspeitar, mesmo, da existência de outra coisa além da que eles vivem.

Então, será muito difícil, senão impossível, pelas palavras ou mesmo pelos gestos, mudar o que quer que seja nisso.

Apenas sua qualidade de Coração e de Vibração é que poderá, em alguns casos, permitir àqueles seres ressoarem sem a cabeça, ressoarem unicamente ao nível do Coração e, então, abrirem a Porta do Coração.

Cristo vem bater à porta de cada um.

Não há outro meio além do próprio Coração.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Meus Filhos Bem Amados, meu Coração de Mãe lhes aporta toda a sua Irradiação.
Estejam na Paz.
Estejam na Graça.

Eu os deixo preparar-se para acolher Cristo/Miguel.
Eu lhes digo certamente até muito proximamente, em função de sua atualidade Interior e da atualidade Interior da Terra, é claro.

Com Amor e para o Amor.

Postado por Thaís
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

http://minhamestria.blogspot.com/

http://minhamestria.blogspot.com/
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails