((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

terça-feira, 29 de março de 2011

UMA TRAGÉDIA AMBIENTAL SE DESENHA NO MEIO DO ATLÂNTICO SUL

Uma tragéndia ambiental se desenha no meio do atlântico sul

No dia 16/03 o navio MS Oliva encalhou na ilha Nightingale, no arquipélago de Tristão da Cunha (no sul do Oceano Atlântico, pertencente à Grã-Bretanha) ao sair de sua rota. O navio de 225m fazia o trajeto Brasil-Singapura, com uma carga estimada em 1.500 toneladas de óleo combustível e 65.000 toneladas de soja.

A ilha Nightingale é o principal habitat e local de reprodução de cerca de 200 mil pingüins. Cerca da metade é de pinguim-de-penacho-amarelo, que é ameaçado de extinção. Os especialistas acreditam que cerca de 20 mil correm risco neste momento.

O arquipélago é considerado o local habitado mais remoto do mundo, dificultando a chegada de ajuda por navios, já que não possuem aeroporto.

No dia 20/03, o navio se partiu em duas partes que estão parcialmente submersas, provocando o vazamento de uma grande quantidade de óleo. As primeiras equipes, mesmo com poucos recursos, tentam evitar o afundamento e vazamento total do óleo.

Todos os cerca de 260 moradores da ilhas mais os visitantes estão empenhados no resgate e limpeza dos pingüins. Mas é um trabalho muito difícil: faltam materiais básicos, produtos p/ retirada do óleo, alimentos p/ os animais, etc.. Falta local p/ abrigar os animais.

Até este sábado (26/03) as equipes já tinham resgatado cerca de 1400 pinguins e outros animais cobertos de óleo. As ultimas informações dão conta de outras centenas na mesma situação, que pode piorar, pois a ilha Nightingale está cercada de óleo e o acesso p/ resgate de animais é muito difícil.

Os pingüins acabaram de passar pelo processo de muda e estão em período de voltar p/ o mar.

Infelizmente já são registradas mortes de pinguins e outros animais marinhos.

Outra questão que dificulta a ajuda é o risco que é da introdução de roedores nas ilhas, através dos navios de ajuda. Eles podem dizimar uma das maiores populações de aves marinhas do mundo.

Com informações e fotos das autoridades da ilha Tristão da Cunha e pessoas envolvidas na operação de resgate.



everton dos santos 29/3/2011 - 18h53

Atualização sobre vazamento de óleo na ilha NIGHTINGALE: segundo o governo local e as equipes, o óleo aparentemente parou de vazar do navio mas ainda cerca a ilha. as equipes estão cuidando de cerca de 1600 pinguis na base em Tristão da Cunha, onde morreram cerca de 57. Estão com cerca de 1000 pingins cobertos de oleo esperando remoção em Nightingale e ilha Inacessivel mas ha muitos outros que estão em areas de dificil acesso. A estrategia agora é, capturar nas ilhas, os pinguis que não estão com óleo e solta-los no mar em distancia segura, evitando que passem pelo óleo perto das ilhas. A ajuda ainda demora a chegar e as condiçoes de trabalho estão bem dificeis. o mais dificil é conseguir alimento p/ todos os animais. o tempo esta ruim na região.

este video mostra o resgate da tripulação e o óleo em volta do navio.



http://www.painelglobal.com.br/direto.php?tit=Uma_tragedia_ambiental_se_desenha_no_meio_do_Atlantico_sul.&id=dat_20110327-144635.inc&tf=1301247995

http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails