((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

PURIFIQUEM SEUS CORAÇÕES ATRAVÉS DE HÁBITOS PUROS - SAI BABA

purifiquem seus coraçoes atraves dos habitos puros



(Anthonio: eu não resisto comentar sobre este cabelo do Sai Baba, eu pego tanto no pé do Ashtar com seu laquê na cabeleira, que, com bom humor, eu afirmo que nesta cabeleira acima cabe toda a frota de naves da Federação Galáctica, agora eu sei onde elas ficam estacionadas. Isto foi apenas para descontrair, SaiBaba é sério e fantástico.)


Oi Anthonio , estava nas minhas pesquisas e achei uma parte de um texto maior, do Sai Baba, que achei oportuno, por ser de 1970 e estar atual.

Caso queira dar uma olhada , segue abaixo:

http://www.sathyasai.org.br/discursos/doc/1970-01-14-revolucoes-resolucoes.pdf

A parte final me chamou mais atenção. Segue abaixo:

Purifiquem Seus Corações Através de Hábitos Puros

Vocês se sentam diante de uma imagem e lhe oferecem o louvor, o incenso da adoração, porém não tentam compreender o significado do Divino, que vêem na imagem. Investiguem a vontade de Deus, descubram seus mandamentos, tentem pensar o que mais Lhe agrada e, de acordo com isso, administrem suas vidas. Que estes sejam seus votos no ano novo. Não se deixem capturar no pegajoso emaranhado da Natureza Exterior. Não endureçam seus corações com a cobiça e o ódio. Suavizem-no com o amor. Purifiquem seus corações com hábitos puros, no pensamento e no viver. Utilizem-no como o Santuário onde colocaram o seu Deus. Sejam felizes por terem dentro de si a fonte do poder, da sabedoria e da alegria. Declarem que vocês são inconquistáveis e livres, e que não podem ser amedrontados ou tentados pelo erro. Enquanto um vestígio de consciência de "eu-sou-o-corpo" persistir, vocês devem, por si mesmos, buscar a Deus; vocês devem aproximar-se do espelho, o espelho não virá até vocês, paramostrar-lhes como vocês realmente são. Abram as portas da cobiça e da ira, removam o ferrolho da avidez, então, sim, poderão adentrar os recintos, da liberação! A cobiça é o monstruoso mal que arrasta o homem para baixo. Quando Ravana estava morrendo, Rama instrui seu irmão Lakshmana para que fosse até ele e aprendesse os segredos da arte do sucesso! Ravana lhe ensinou que o rei desejoso de obter glória, deve suprimir a cobiça tão logo ela lhe suba à cabeça, e dar as boas vindas à menor chance de fazer o bem aos outros, sem nenhuma demora! Ele aprendeu a lição por amarga experiência! A cobiça nasce do apegar-se e alimentar os sentidos. Coloquem-nos em seu devido lugar; eles são janelas para o conhecimento, não canais de contaminação.

Publicação Original: Sathya Sai Speaks - Vol. 10 Discurso 02 - 12/1970

http://minhamestria.blogspot.com/
Abraços Jeziel Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails