((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 11 de março de 2011

MÂ ANANDA MOYÎ - 05-03-2011 - AUTRES DIMENSIONS - 2ª PARTE

má ananda moyi m- autres dimensions - parte 2



Questão: os sete patamares Vibratórios são sete etapas para o Amor total?
Cara Irmã, pode-se dizer assim.
Efetivamente, há sete patamares.

Mas não é necessário, sobretudo, imaginar que esses sete patamares devem escalar-se uns após os outros.
Esse era o caso há algumas décadas.

Hoje, os sete patamares podem ser cruzados ao mesmo tempo, de acordo com a sua capacidade para abandonar-se, para dar-se você mesmo à Vida e ao Amor.

Obviamente, geralmente existem, de maneira concomitante à sua mudança de atitude, patamares Vibratórios.

Mas hoje (quando digo hoje, é desde pouco tempo, desde alguns meses) há a possibilidade de transcender tudo isso, de um só golpe e de um golpe, de um único, simplesmente pela humildade, pelo Abandono e a doação, pelo Amor.

Vocês devem, para isso, tornar-se, inteiramente, transparentes e tornar-se o menor entre os menores.
Porque é extraindo-se da grandeza desse mundo, da grandeza do ego, que vocês penetram a grandeza do Amor.

Se vocês se tornam o Amor, vocês são necessariamente os menores, aqui.
E o menor está ao Serviço do Tudo.

Esses sete patamares não devem ser vistos como algo a escalar, mas algo que, hoje, pode instalar-se instantaneamente.
Porque aquele que adota o ponto de vista que acabo de dar, a partir do momento em que percebe a Coroa Radiante da cabeça, vai instalar-se muito rapidamente na irradiação da Coroa Radiante do Coração.

É necessário mudar de olhar.
Não há o outro e você.
Não há você e o outro.
Tudo é Um.

«Tudo é Um» é uma realidade da Consciência, uma realidade Vibratória e, antes de tudo, a realidade do Amor.

Questão: que pode significar receber um choque físico ao nível do ponto IS?
Tudo o que foi vivido, agora como em seu passado, ao nível de um desses pontos ou de uma dessas zonas, ilustra, inteiramente, o princípio de ressonância e de atração, permitindo-lhes, hoje, superar o que foi vivido ao nível desse choque.

Não há tanto que procurar uma explicação, aí também, mas aceitar o que isso significa, para além da compreensão, mas simplesmente que é apenas a ilustração do princípio de atração e de ressonância que, para vocês, foi útil no momento em que isso chegou.

Tudo é Um.
Eu repito, não há diferença entre o punho e a rosa.
O importante é o que há a percorrer ao nível da Consciência e não o meio para ali chegar.

Questão: o bem e o mal são a mesma coisa, no jogo da Dualidade?
Caro Irmão, elevando-se ao nível do Amor, é evidente que o bem e o mal participam da mesma realidade.
Uma realidade que é feita para separar e opor.

O próprio princípio da Dualidade consistiu em separar o bem e o mal, que existem, em definitivo, apenas nesta Dimensão chamada dissociada.

Nos espaços multidimensionais reinam a felicidade, a Alegria.
Não há lugar para a discriminação.
Não há lugar, tampouco, para a separação.
Tudo é Um.

Somente a Consciência, a Vibração e «Tudo é Um» é importante.

Não há lugar para o bem, do mesmo modo que não há lugar para o mal.
A Unidade está para além desse bem e desse mal.

O bem e o mal é certamente uma criação que existe unicamente na matriz.

Recordem-se que seu olhar, sobre esse mundo como sobre os outros mundos, é ligado ao próprio princípio desta Ilusão e desta falsificação.

Assim, nas outras Dimensões, não existe nascimento, porque não existe morte.
Tudo é Um.

Um ser, qualquer que seja sua origem estelar e Dimensional, percorre livremente o conjunto da Criação.
Não há tempo.
Isso é, certamente, difícil de apreender, mesmo pela sua Consciência.
Apenas quando vocês penetram os espaços Unitários é que começam a viver isso, sem, no entanto, extraírem-se, inteiramente, ainda, desta Dualidade.

Uma vez mais eu repito, aí também há uma aprendizagem.
Vocês não passam de uma realidade à outra, instantaneamente.
Vocês não passam da limitação ao ilimitado de um golpe, de um só, mesmo se existam momentos localizáveis, nesta transformação, que se pode eventualmente chamar de patamares (ou switch, de acordo com algumas linguagens).

Mas a penetração, total e inteira, nos mundos do «Tudo é Um» os faz descobrir espaços onde não há barreiras e, sobretudo, onde não existe qualquer separação e qualquer confinamento.
Isso é difícil, mesmo, de encarar, para uma Consciência que foi fechada.
É por isso que o único modo de sair daí é viver e não pensar ou imaginar.

Questão: a matéria como a conhecemos existe apenas na 3ª Dimensão?
Cara Irmã, a matéria (que se poderia chamar a matriz carbonada) existe sob formas ditas Unificadas, ou seja, não separadas, onde a Consciência é livre.
Que quer dizer uma Consciência livre, nos mundos ditos carbonados Unificados?

Isso quer dizer simplesmente que a Consciência está, ao mesmo tempo, no corpo carbonado, mas também no corpo de Eternidade, no mesmo tempo, no mesmo espaço, em todos os tempos e em todos os espaços.

Assim, existem mundos de Vibrações muito mais rápidas que as estruturas ditas carbonadas, evoluindo para além desta matéria.
Mas tudo é matéria.
Mesmo a Fonte é matéria.

Dizer que o Espírito não tem matéria é uma visão bem fragmentária da Verdade.
Porque temos tanta densidade como vocês, expressa num outro modo e, sobretudo, num outro tempo que não é o seu.

Banhamo-nos na Luz, podemos dizer.
Vocês se banham na Sombra.
E, no entanto, a porta de saída está em vocês.

Isso de que falo não é uma fuga desse mundo, porque é estando nesse mundo que vocês transcenderão esse mundo, não dele fugindo.

É para isso que vocês devem instalar-se, inteiramente, no presente.
É não mais estar sujeito às leis de ação /reação, é não mais estar sujeito aos condicionamentos.
É não mais estar sujeito à reação em relação a uma rosa ou a um punho que chega.
É aceitar a inteligência da Luz.

Isso necessita, efetivamente, uma forma de superação ou, antes, de transcendência da condição do ego separado.

As mudanças Dimensionais, para a Consciência da lagarta, podem ser encaradas como muito difíceis.
As mudanças Dimensionais, nos mundos Unificados, fazem-se instantaneamente, sem mesmo ali aportar o que quer que seja a nível energético ou a nível Consciência.
Porque isso é natural.

Questão: a que se deve estar vigilante, quando se está em casal, para viver este Amor?
É necessário efetivamente aceitar, e compreender, e viver, que não é numa relação de casal, por mais bonita que seja, que se encontra a Unidade.

A Unidade encontra-se em Si e unicamente em Si, para além do Si.

Isso não quer dizer que é necessário romper qualquer relação.
Isso quer dizer simplesmente que, qualquer que seja a relação (seja uma relação de pai com o filho, seja uma relação de casal), toda relação põe uma distância, mesmo a mais harmoniosa, porque nesta Dimensão, você jamais será o outro.

Apenas em Consciência é que você pode tornar-se o outro.
Ainda é necessário que o outro não esteja à sua frente, mas em você.
Quando eu falo disso, falo de Vibração.

O casal, a noção de família, existe apenas nesta Dimensão.
O que é chamado de princípios de filiação, ao nível espiritual, ligado às suas linhagens, estritamente nada têm a ver com noções genéticas, no sentido que vocês entendem, que correspondem a um confinamento.

É necessário liberar-se do conhecido, é necessário liberar-se de toda relação para penetrar a relação com o Um.

A relação com o Um não pode encontrar-se numa relação de Ser a Ser.
Ela se encontra apenas se os dois superaram a relação de casal ou de Dualidade.

Ora a Unidade pode encontrar-se apenas si-mesmo frente a si-mesmo.

Tornar-se Tudo necessita apenas se tornar o outro.

Existem, para numerosos casais, hoje, fatores de superação que são ligados, aí também, ainda uma vez, à apropriação.

Foi dito, por numerosos poetas, que seus filhos não são seus filhos.
Da mesma maneira, o outro elemento do casal constituído não é você.
Mas você é ele, no entanto, num outro nível.
E, para isso, é necessário superar mesmo a noção de casal.

Quando vocês estão nos espaços multidimensionais, sua Consciência funde com qualquer Consciência.
Não há barreiras, não há limites, não há confinamento numa relação, qualquer que seja.

Compreendam efetivamente que qualquer relação, nesta Dimensão, mais cedo ou mais tarde, os fechará.
Senão, os casais seriam eternos, não é?

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Irmãos e Irmãs, que a Graça e o Amor estejam em nós, a fim de manifestar o Um.

Dignem-se a acolher minha bênção.
Tudo é Um.

Postado por Thaís
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails