((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 11 de março de 2011

NO ayes

NO EYES - 06-03-2011 - AUTRES DIMENSIONS



Mensagem publicada em 8 de março, pelo site AUTRES DIMENSIONS.

O meu nome foi NO EYES.
Irmãos e Irmãs, eu lhes solicito acolherem minha homenagem e meu Amor à sua Presença.

Há pouco tempo eu desenvolvi, para vocês, o princípio de Ver com o Coração.

Hoje, vou mais adiante, no sentido e no papel desse Ver com o Coração, tal como ele pode ajudá-los a cruzar, a superar e a transcender o período do despertar da Fênix que vocês vivem.

Ver com o Coração não pode enganar, contrariamente ao ver com os olhos.
Isso, penso, vocês apreenderam.

Além de Ver com o Coração, é importante que esse Ver do Coração manifeste-se, também, quando vocês saem do Ver com o Coração, para ver com os olhos.

O ver dos olhos será sempre, qualquer que seja sua consciência, um olhar que divide e que separa, um olhar que põe distância entre o que é olhado com os olhos e você mesmo.

O olhar do Coração, ele, unifica e pacifica.

Eu posso fazer o corolário entre ver com os olhos (que é um barulho, uma agitação) e Ver com o Coração (que é o silêncio e a paz).

Como outras Irmãs que intervieram, em seu tempo, ontem e hoje, é talvez útil esclarecer outra vez, através do despertar da Fênix, através de seu papel aqui, sobre esta Terra, nesse corpo, seu papel, que é de serem os Mensageiros, Mensageiros da Luz, Mensageiros da boa nova.

Um Mensageiro cuja mensagem principal não se situará jamais nas palavras, na sedução, na persuasão, mas, unicamente, em sua capacidade para estarem estabelecidos em seu Coração, tanto pela Visão do Coração como pelo silêncio do Coração e a paz do Coração.

Ver com o Coração é um bom meio para perceber o mundo no qual vocês estão, ainda, para além da Ilusão, penetrar, de algum modo, a Essência e o sentido.

Quando do despertar da Fênix, os Ancoradores da Luz tornam-se Mensageiros de Luz.

A Luz é uma onda que difunde, de vocês como do Céu e da Terra, pelo seu Coração.

É tempo, eu diria, agora, de abrir os olhos, não mais no olhar da cabeça, mas, para que o olhar do Coração e a Luz do Coração emirjam também pelo seu olhar exterior.

A divina MARIA, MA ANANDA MOYI e GEMMA exprimiram-lhes certo número de circunstâncias favoráveis à manifestação do Amor e da Luz através da humildade e da simplicidade.

Na algazarra do mundo que acompanha o despertar da Fênix, vocês vão, eu o espero e nós o esperamos todos, tornar-se capazes de veicular, bem para além das palavras que poderão pronunciar, pelas suas atitudes Interiores e exteriores, e pelo seu olhar, aquele dos olhos, a qualidade de seu Coração.

A Luz, o Fogo do Espírito é chamado a sair pelo seu Coração e pelos seus olhos.

Um olhar novo dos olhos surge.
Esse olhar novo é, ao mesmo tempo uma mudança de consciência, mas, também, uma mudança do aparelho ocular, sobre a qual não me estenderei, porque não é de minhas competências.

Mas esse olhar ocular vai carregar-se de uma Luz.
O Fogo do Espírito é chamado a sair pelos seus olhos.
Este Fogo do Espírito não é destinado a queimar o que quer que seja, mas, mais, a gostar daquilo em que seus olhos vão levar-se, uma vez que vocês terão penetrado os arcanos da Visão do Coração, do Ver com o Coração.

Inúmeros sistemas antigos, extremamente antigos, atribuíram uma relação sutil entre o Coração e os olhos.
Hoje, esta ressonância, essa relação, é chamada a aparecer em plena luz do dia.

Um Portador de Luz, um Semeador de Luz é aquele cujos olhos são iluminados e não o 3º olho.
É aquele que transmitiu o Fogo do Coração nos olhos.
É aquele que é capaz, pelo seu olhar, de iluminar e transcender o que é olhado.

A Alquimia (porque é uma, naquele nível) consiste em que o olhar não seja mais, unicamente, um meio para discriminar, um meio para julgar, mas transforma-se, realmente, num meio para elevar, para acender e pôr o Fogo do Espírito no que é olhado com esse olhar novo.

Esse olhar novo aparece, neste momento mesmo.

Esse processo, ao limite de seu próprio campo de percepção, ainda hoje, vai desenvolver-se de maneira importante.
Ele vai traduzir-se, para além de sua própria consciência, numa capacidade nova.
Uma capacidade nova que vai lhes permitir, sem julgamento, perscrutar e ver, fisicamente, para além do físico, para além da aparência.

Esta Visão nova está diretamente ligada ao vôo da Fênix e ao grito da Fênix.
É ligada, é claro, ao seu próprio despertar no plano mais macrocósmico.
É diretamente religada ao despertar do Grande Espírito, o que vocês chamam, no Ocidente, a fusão de Cristo com Miguel.

Isso confere, efetivamente, a nova Visão, ver para além da aparência, ver para além do que veem os olhos, atualmente.
Isso se traduzirá por uma Profundidade diferente e uma Clareza diferente.

Tal olhar é, em si mesmo, um Fogo transformador.
O que quer dizer que a qualidade desse olhar novo vai transformar o que é olhado, revelando, de algum modo, a Luz atrás da aparência, a Luz escondida nas profundezas.

Esta nova Clareza, esta nova Profundidade é a verdadeira Visão.
Uma visão, de algum modo, transcendente, uma visão ampliada bem além de uma visão do espírito, incômoda e separada.
Uma visão que vai englobar e, sobretudo despertar.

Esse olhar fará de vocês Seres novos, prontos para nascerem na nova Dimensão.

O papel desse olhar novo será capital e essencial para o conjunto de seus Irmãos e de suas Irmãs, que vocês serão conduzidos a cruzar, a reencontrar e a olhar.

Um fogo novo sairá, não unicamente de seu Coração, mas, também, de seus olhos.

O fim do Triângulo Luciferiano, o despertar das 12 Estrelas, a ativação da Cruz da Redenção, despertou o Grande Espírito e permite à Terra, a cada dia, aproximar-se de seu destino novo.

Cada Irmão e cada Irmã, Mensageiro da Luz vai poder, por este abrir dos olhos, transformar, em Verdade, o que é olhado.
O olhar vai, portanto, carregar-se de uma intensidade, de uma Luz, que jamais existiu.

Os seres humanos que têm percorrido esta Terra (sobre este solo do Ocidente, como no Oriente, como no meu país original e nativo), que despertaram, neles, a Luz (mesmo para aqueles Irmãos e Irmãs que não perceberiam esta Luz, no plano Vibratório e da Consciência) eram, obviamente, visíveis no olhar.

O olhar separado, o olhar dos olhos, não fecundado pelo Coração, é profundamente diferente do olhar novo.
Esse olhar novo é, portanto transformador e ativo.

Ele põe a Luz.
Ele ilumina, bem para além do que as palavras podem fazer, bem para além de qualquer outra atitude.

Esse olhar novo, que aparece, tem a faculdade de veicular uma Luz.

Até o presente, o olho não iluminado pelo Coração é aquele que recebia a Luz e que podia ver.
Hoje e amanhã, o olho vai tornar-se o que ilumina e o que não é unicamente iluminado.

Existirá, portanto, real e concretamente, uma Luz que sairá pelos olhos (Fogo do Espírito, Fogo do Coração), agindo concretamente sobre o que é olhado.

Esse olhar poderá ser assimilado a uma fulgurância, porque dará acesso ao que está atrás da aparência e permitirá também, de algum modo, dissolver a aparência dos objetos sobre os quais o olhar se leva, mas também de seus Irmãos e de suas Irmãs que vocês reencontrarão.

Isso passa e passará de palavras, porque o olhar será mais significativo e mais ativo que as palavras, mesmo as melhor escolhidas.

Não há, propriamente falando, meios ou técnicas.
Há simplesmente algo que se restabelece na sua Verdade e que havia sido ocultado por uma forma de limitação de bandas de frequências eletromagnéticas que o olho captava.

A Visão do Coração, vista pelo olho novo, vai estender-se por bandas de frequências que não existiam até o presente.
Isso começou, para alguns de vocês, pela Visão da Luz, do prana e depois partículas Adamantinas, ou mesmo Presenças sutis dos planos Unificados.

Esse processo de desvendamento e de ampliação vai fazer-se cada vez mais profundamente.
Esse olhar, Unificado e Unificador, permitir-lhes-á apreender, além da Vibração e da percepção Vibratória, por esse sentido que é o olhar, as características reais da clara Visão, da Profundidade: a Visão da Unidade.

Devido à minha posição, como Estrela de Maria, chamada Visão, eu sou, é claro, religada a OD (OD é o fundamento, a fundação) e a Ki-Ris-Ti.

Vejam vocês, então, a ligação que pode ser feita pela ativação desse Triângulo da Terra, representado pelos 3 pontos da Terra, com as Estrelas nomeadas de Maria.

Há, portanto, de algum modo, pela ativação completa desse Triângulo da Terra, um potencial inédito que é apenas o justo retorno da Unidade.

Ver com o Coração, esta Visão Interior que desenvolvi, que é a verdadeira Visão, deve agora casar-se com a visão dos olhos.
É o que por meio de outras palavras, o Arcanjo Miguel chamou a fusão das 3 Lareiras.

O triângulo do sacrum, que é o reflexo do triângulo da Terra, ao nível da cabeça, e os 3 pontos Ki-Ris-Ti, OD e Visão.
Esta região da cabeça está diretamente em ressonância com as áreas chamadas da visão.

O aparelho ocular modifica-se real e concretamente.
Esta visão, esta modificação, esta amplificação, faz parte dos sinais e das manifestações finais que permitem, precisamente, a fusão de suas 3 Lâmpadas, de suas 3 Lareiras, permitindo reunificar o 3 em Um e permitir o retorno à sua Eternidade e o retorno à Eternidade da Terra.

Assim, no olhar do Coração (tal como defini e tal como desenvolvi, quando de minha última vinda) deve, hoje, ascensionar e transformar o olhar dos olhos da cabeça.

Assim, real e concretamente, o olho vai voltar a se tornar o orifício e o emissor do Coração.
O olho que não estará mais, unicamente, sob a influência do cérebro, mas, real e concretamente, da pulsação do Coração.

A Visão vai, portanto, ampliar-se, vai tornar-se ativa.
Ela vai ampliar-se, é claro, para o que é chamado o Ultravioleta, dando-lhes esta percepção nova do Sol, que não é tanto ligada, unicamente, à transformação do Sol, mas também à transformação de sua Visão.
Vai dar-lhes também a capacidade de ver comprimentos de onda diferentes, indo para o que é chamado o infravermelho, explicando o que alguns de vocês são já capazes de ver e não apenas sentir a modificação do Cosmos.
Não é uma Ilusão, é a estrita Verdade.

A única etapa a respeitar, para acelerar esta mutação, é verdadeiramente aplicar, esforçar-se para aplicar o que eu dei quando de minha última vinda nesse canal.

Aquilo encurtará e facilitará sua aprendizagem e a nova Visão estabelecer-se-á de maneira natural.

Não se esqueçam tampouco (e nesse sentido junto-me ao discurso de minhas Irmãs que intervieram antes de mim) que a qualidade de sua humildade é primordial.

Seu olhar novo deve ser desprovido de qualquer cobiça, de qualquer elemento pertencente à personalidade.
É um olhar novo, inteiramente, um olhar que está ligado ao seu Coração, à sua Consciência e que vai para além da aparência e para além da discriminação, da divisão: um olhar que Unifica e eficiente no plano da Consciência e da Vibração.

Isso participará no mecanismo, muito mais geral, de instalação da Luz sobre esta Dimensão, participando no movimento que revela o que estava escondido.

É a mesma dinâmica que se inscreve através desta nova Visão.

Esta instalação pode acompanhar-se, como eu disse, de modificações, também, temporárias, do som Interior que vai, naquele momento, não mais para um aumento, mas para um silêncio, traduzindo-se também em zonas novas, por vezes dolorosas, ao nível de sua cabeça.
Tudo isso é lógico.

Lógico porque essas transformações concernem ao mesmo tempo à consciência, à célula, ao cérebro e ao aparelho ocular, na sua totalidade.

Esse movimento de exteriorização fará de vocês Mensageiros da Luz pelo olhar.

Cuidado também, por esta Luz ativa, para não melindrarem as consciências que não estão ainda completamente prontas para aceitarem a Luz, mas isso vocês sentirão facilmente no olhar que levarão e no olhar que lhes será devolvido.

O olho, em sua configuração não separada, é destinado a bem mais do que ele serve nesse mundo.

O aparelho ocular sutil, ele é, como demonstrei pela minha vida quando de minha última encarnação, muito mais importante que o aparelho ocular físico.

Vocês vão remanifestar um potencial Unitário que é a capacidade de ver e de iluminar, por este olho sutil e também por este olho físico.
Esta Visão é efetivamente uma visão pelos 2 olhos, iluminada pela visão do Coração.

Isto estritamente nada tem a ver com a visão tal como foi chamada do 3º olho que é, ela também, uma falsificação.

Há, portanto, realmente, uma retificação e uma organização da Luz, por uma ampliação do que é percebido, porque a Luz, como sabem, derrama-se em quantidade sempre maior sobre esta Terra e também sobre seus corpos.

Essas manifestações novas da nova Visão serão, num primeiro tempo, mais marcadas ao sair ou na entrada de seus períodos de alinhamento, de meditação, exatamente após a aplicação da meditação do Coração, tal como descrevi, para tornar-se, progressivamente, algo completamente natural.

Adquirir esta nova Visão, esse Fogo do olhar, vai lado a lado com o que as minhas Irmãs lhes deram: a humildade, a simplicidade, a busca de Unidade.

Pode-se dizer que esta nova Visão é Unitária.

Irmãos e Irmãs, aí está o que tinha a transmitir da parte das Estrelas.

Como vocês verão, os elementos do despertar e do vôo da Fênix vão tornar-se cada vez mais tangíveis pelos mecanismos do próprio funcionamento de suas Vibrações, de sua Consciência e de seu olhar.

Se existe em vocês interrogações em relação a esse processo e se há pontos que necessitam mais ampla informação, então eu responderei.

Vocês têm perguntas em relação a isso?

Questão: haverá sintomas físicos ligados à visão?
Minha Irmã, não estou certa de ter compreendido o sentido desta pergunta.
Os sintomas físicos são os ligados à ativação dessas zonas, à ativação do Triângulo chamado Triângulo da Terra: OD, Ki-Ris-Ti e Visão.
Obviamente, modificações de percepção sobre bandas de frequências novas.

Há outra coisa?

Questão: o fato de usar óculos tem uma influência nesses processos?
Não, aquilo é totalmente independente da visão dos olhos.
A percepção de novas bandas de frequências visíveis, a capacidade para emitir o Fogo do Espírito pelos olhos, é totalmente independente de qualquer aparelho existente ao nível dos olhos, de óculos ou outro.

Questão: as modificações de percepções visuais são ligadas a esse fenômeno?
Inteiramente.
Alguns de vocês e, em especial, na penumbra, começam a perceber as partículas Adamantinas e a disposição dessas partículas Adamantinas no teto de sua cama, acima de sua cama.

Esses mecanismos são mais fáceis de observar, inicialmente, quando o Sol levanta-se e quando o Sol se deita e na penumbra.

Questão: que significa ver a sombra do corpo abrasar-se quando se olha o Sol?
Minha Irmã, isso corresponde à percepção real do Corpo de Existência.

De fato, existe uma ressonância, ligada à liberação do Sol e da Terra, que permite, quando vocês olham o Sol ou meditam em frente ao Sol, serem alimentados pelo Sol, ao nível do Coração, mas também do olhar.

Naquele momento, vocês contatam, real e concretamente, seu Corpo de Eternidade que é sempre, visto de seu ponto de vista, um corpo de Fogo ou um corpo ígneo.

Isso é completamente lógico.

Questão: uma visão fora de foco ou não mais ver o reflexo num espelho revela essas evoluções?
Sim.
O processo utilizado, aliás, pelos Anciões (chamado sideração do olhar), olhando-se fixamente para a superfície da água ou, para vocês, num espelho, permite ver o que está atrás da aparência ou atrás do espelho ou atrás da água.
É o mesmo processo que está em obra.

Questão: perceber os ultravioletas ou o infravermelho que cercam os objetos faz parte das evoluções em curso?
Minha Irmã, isso pode ser.

Alguns seres humanos tinham já esta capacidade antes da transformação em curso.
Esta pode, efetivamente, reforçar-se ou aparecer de maneira mais importante.

Questão: e ver vários rostos desfilarem sobre o rosto de uma pessoa?
Esse, meu Irmão, é outro processo.

Ele corresponde a uma percepção que eu qualificaria de extra-sensorial, porque não é ligada, propriamente falando, à Visão do Coração ou dos olhos.
Ela é ligada a uma percepção em ressonância com o 3º olho que permite, efetivamente, captar os rostos que tinha a pessoa que você olha, nas vidas passadas.

Há, em geral, uma sucessão de rostos que aparecem, como flashes, sobrepondo-se sobre o rosto da pessoa presente.

Isso não corresponde de forma alguma ao processo do qual acabo de falar.

Questão: esta nova Visão seria também a possibilidade de ver a alma do outro?
Minha Irmã, ver o rosto das encarnações passadas, ver a alma, corresponde a uma visão da Matriz e não a uma Visão da Eternidade.

A Visão nova mostra o Espírito, para além da alma.

A alma pertence a esta Matriz, assim como as encarnações passadas.

A visão nova está para além dessas contingências e desses limites matriciais.
O objetivo não é ver a alma.
O objetivo é ver o Espírito, o Corpo de Eternidade e não o intermediário que é a alma.

Esta Visão nova não é, tampouco, ligada a qualquer julgamento do que é visto, mas, bem mais, como eu disse, a uma visão iluminadora.

O importante não é ver a alma, nem ver os rostos passados, mas ver a Unidade e o Espírito que, únicos, pertencem à Eternidade.

Questão: e ver o ambiente transformar-se como uma visão em 2D, aplainar-se e transformar-se sob a forma de linhas, como uma forma tecido?
Isso faz parte, meu Irmão, efetivamente, das novas possibilidades: a capacidade de ver o que é chamado o Éter ou ainda as treliças do Éter, a couraça que subentende a vida, a disposição das partículas Adamantinas que subentendem a própria manifestação desse mundo Ilusório.

Alguns seres têm, efetivamente, a capacidade de ver isso.
Estas linhas são o que é chamado as treliças do Éter porque, frequentemente, aquilo tem uma forma de treliças, linhas que se cruzam.
É o que subentende a manifestação, mesmo Ilusória.

Questão: esse novo olhar pode ser uma forma de comunicação nova entre 2 Seres?
É claro, é também isso.

Questão: focalizar a atenção sobre o Triângulo Terra, durante os momentos de alinhamento, favoreceria o desenvolvimento desta Visão?
Meu Irmão, isso fará parte de um ensinamento que não é o meu, mas que lhes será comunicado, agora, dentro de pouco tempo, por UM AMIGO.
Mas sim.

Questão: o exercício que você preconizou para desenvolver a Visão do Coração pode fazer-se de olhos fechados, projetando a Consciência pelo Coração ou OD (o olho do guerreiro)?
Os 2 são possíveis.
A etapa da qual falei, da Visão do Coração, é a etapa prévia àquela da qual acabo de falar hoje.

A um dado momento, é necessário abrir os olhos, em todos os sentidos do termo.

O que falei hoje, obviamente, não é uma visualização, mas faz-se de olhos abertos, uma vez que os olhos foram fechados e que a visão do Coração foi ativada.

Mas o olho do guerreiro corresponde, efetivamente, a um ponto que está na região do triângulo OD.

Tudo isso, a priori, será desenvolvido por UM AMIGO.

Questão: esta Visão permite ver as manifestações elétricas e magnéticas?
A visão, neste sentido, das linhas elétricas e magnéticas, corresponde ao que falamos previamente, sobre a estrutura em treliças do Éter ou as forças etéreas, que estão na base elétrica e eletromagnética.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Irmãos e Irmãs, eu lhes rendo graça por sua atenção, por sua escuta e por sua benevolência.

NO EYES os saúda, pela Visão.
Adeus.

Postado por Thaís
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês : Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails