((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

quinta-feira, 14 de julho de 2011

URIEL – 11.07.2011

Uriel - 11-07-2011

ad_uriel_100711

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão. Bem amados Filhos da Lei do Um, em vossa Presença, e em nossa Presença, eu revelo, como se revelará em vocês, a Vibração da Autonomia e aquela da Liberdade. A fim de que em vocês ressoe o Canto vos tornando Autônomos. A fim de sair do autômato.

O Autônomo é aquele que se nomeia, que se torna Verbo, e Criação e Criador. Permitindo Vibrar a Liberdade. Onde não existe nenhum inferno. Onde não existe qualquer limite. Tudo o que a Consciência é, é o conjunto dos Mundos, o conjunto das Vibrações, na gama a mais total, do que pode ser considerado, considerável e a considerar. Nenhum espaço será fechado à Autonomia. Nenhum espaço poderá constranger aquele que vive e Vibra, na Unidade de Sua Presença. Mais nenhum limite, mais nenhum freio. Somente, a Consciência pura. Indo, lá onde se leva ela mesma, a própria Consciência. Lá onde se leva ela mesma, sua própria Liberdade. Espaço infinito da Alegria, da Vibração. Nisto, a revelação da Luz, e o retorno do CRISTO, vos libera, e vos torna Livres. Então, o autômato cessa. Vocês se tornam lúcidos, Aqui e Agora. Percebam a Alegria, de cada movimento, de cada sopro, de cada pensamento. Onde não existe nenhuma outra coisa, que a Alegria ela mesma, se vivendo ela mesma, na Eternidade.

A isto, CRISTO vos chama. A isto, vocês respondem, em vocês mesmo. Renunciando o autômato, renunciando a todo desejo. Não constrangendo, mas antes tendo a lucidez, e a Verdade, do que isto é. Além de toda compreensão, além de todo querer. Simplesmente, Ser a Alegria e o Canto da Alegria. Tornar-se Autônomo é cantar o Canto do Verbo, aquele da Criação, aquele da Vida. Onde não existe qualquer inferno. Onde não existe qualquer sofrimento. Onde tudo é Liberdade. Liberdade de autonomia, concorrendo a expandir a Consciência ao infinito. Do ponto à extremidade dos Mundos. De uma Dimensão à extremidade das Dimensões. Onde nenhuma separação pode persistir. Onde somente É, a Presença Eterna da Alegria e do Sopro, reunidos para sempre no espaço da Liberdade.

Filhos, vocês são nascidos. O Anjo METATRON abriu o Vaso Sagrado, aquele de vosso Sacro, onde se preenche o Corte da Liberdade não se esvaziando jamais. Pois sempre alimentado, e sempre pleno, da Alegria da Verdade, da Alegria de vossa Existência.

Filhos. Filhos, sejam Autônomos. Lá, onde não existe nenhum automatismo. Lá, onde não existe nada mais senão vossa Consciência. Percorrendo, então, o conjunto das Consciências, do ponto ao infinito, dA FONTE ao mais obscuro. Vocês são o conjunto disto. Então, nos espaços onde não existe qualquer Sombra, nos espaços onde não existe qualquer oposição, nos espaços onde não existe qualquer tempo, vocês se tornam, agora, aquele que deve nascer na Eternidade. A gestação e o constrangimento terminaram. O tempo chegou de abrir-vos, como uma flor se abre acolhendo o Sol. O tempo chegou de sair deste tempo, a fim de viver a Autonomia. A hora do Verbo, aquele que vem Despertar vossa Eternidade, canta já em vocês, e ao redor de vocês. O Canto da Terra, que se elevou, vai agora percorrer o conjunto do Éter da Terra. A fim de que ninguém ignore o Canto da Liberdade. A fim de que ninguém ignore o estado de aprisionamento, no qual vocês estavam. A hora chegou de viver a Verdade, pois vocês são a Verdade. Aquela da Consciência Una, não tendo qualquer oposição, não tendo qualquer reação. A hora chegou de cantar a Alegria. De cantar a Glória, hora de Ressurreição e de Verdade.

Filhos do Um, em vocês, e por vocês, o Verbo age. Ele Cria as condições sem condição. Ele Cria o espaço sem espaço e o tempo sem tempo. Onde nada é contado, onde nada é limitado, onde o Verbo se revela, onda a Vista se revela, no espaço sagrado do Coração.

Vibração. Aquela da Liberdade, aquela onde não existe qualquer limite, senão a desejada pela Consciência ela mesma, chamada Plano Dimensional, mas onde tudo é Livre de um Plano a outro. Onde, nunca mais, vossa Consciência será tributária de um corpo, qualquer que seja, pois vocês serão o conjunto dos corpos, por vossa Consciência ela mesma. Vocês serão o conjunto da Criação, vocês serão o conjunto do Canto da Vida, pois vocês serão percorridos, na Consciência, de tudo isto. Então, o Canto da Ressurreição, que se revela sobre esta Terra, em vossa Terra, em vosso sacrum, e no conjunto deste corpo, vivendo o Despertar da celular a sua Eternidade, Transmutando e Transfigurando o conjunto do que vocês são, a fim de ser Um.

Espaço. Espaço e tempo, além de todo constrangimento. De Liberdade e de Autonomia. Lá, onde se vive a Felicidade, total e integral. Isto é agora. Resta-vos cantar, o Canto de vossa própria Ressurreição. A hora é, agora, de se tornar a Luz que vocês sempre foram. Além deste véu, além deste peso, além desta Ilusão. A hora chegou, de não mais ser um autômato, de não mais estar limitado, de não mais estar fechado. A fim de Elevar a Vibração da célula da Vida, nos espaços da Eternidade, para sempre Liberados.

Filhos nasçam, no Caminho, na Verdade e na Vida. A hora chegou, e é agora que eleva o Canto da Glória, o Canto da Ressurreição, em CRISTO. E portanto em vocês, Corpo Unido do CRISTO, Corpo Um do CRISTO, Espírito Ardente do Sol se revelando aqui, neste mundo. Permitindo-vos aclarar e Liberar. Permitindo-vos viver a Autonomia do Verbo, em toda Alegria, em toda Liberdade, e em toda Presença. Vocês se tornam vocês mesmos a Presença do Um, vindo a vocês, Vibrar o Som de Um em vosso Coração. Este Coração, Porta e chave, da Eternidade. Porta e chave, de vossa Autonomia e da Liberdade. Tornem-se a Liberdade. Tornem-se a Autonomia. Vibrem, além dos mundos da densidade, aquela do aprisionamento. Vibrem, além da Ilusão. Vibrem, lá onde Vibra a pulsação infinita e contínua, da FONTE Una.

Tornem-se o Ar. Tornem-se o Sopro. Tornem-se o Fogo. Tornem-se o Espírito. Tornem-se a Água, matriz Liberada. Tornem-se a Terra, aquela do Éter. Tornem-se Um, pois tudo é Um, em vossa Presença revelada a vocês mesmos. Revelando vossa Presença, a Ronda dos Arcanjos, e a Ronda do Um, se tornando vossa Ronda, e vossa dança. Juntos, comunguemos. E Unidos, na Lei do Um, onde tudo é Um. Na Lei do Um, onde tudo é Graça. Na Lei do Um, onde tudo é Liberdade. Na Lei do Um, onde tudo é Liberado.

Filhos escutem o Canto da Unidade, o Canto da Liberdade, o Canto da Autonomia. Ressoando e soprando em vossas células. Animado pelo Fogo do Espírito, no conjunto de vossos Templos, Revelados aqui mesmo. Onde nós estamos, doravante, o mais próximo da Verdade, o mais próximo da Eternidade.

O Céu se abre para deixar se efusionar a Vibração do Um, em totalidade. Doravante, a Ressurreição do Céu e da Terra é chegada. Abre-se em vocês, pela Vibração, aquela da Alegria e da Eternidade, o acesso à Verdade. Autonomia e Liberdade. Espaço Sagrado. Tornem-se o Sacro. Tornem-se o Sagrado, pois a Vida é sagrada, em sua Alegria e em sua Plenitude. A Vida é sagrada, desde o instante onde nada é separado. E isto é a viver agora. Onde tudo se Unifica, onde tudo se Libera.

Filhos, a hora é chegada, de revelar vossa Presença na Luz. A hora é chegada, de entoar o Verbo da Ressurreição. Aquele que chaga ao Abandono. Aquele que chama à cessação do sofrimento, à cessação de toda oposição. Onde tudo se torna único, pois tudo é Um. E isto é agora. Isto se passa HIC et NUNC. Além da ATRAÇÃO, além da REPULSÃO. Além da Ilusão.

Deixai se abrir, em vocês, o espaço da Alegria infinita. Deixai abrir, em vocês, o que de todo tempo esteve aberto. O Espírito. O Paracleto (nota do trad.: nome dado ao Espírito Santo nos Evangelhos, também chamado ‘o Consolador’). Espírito da Verdade, Espírito CRISTO, eleva-te. Pelo Verbo Criador, pela potência do Som, pela potência do Fogo, pela potência da Água do Alto, pela potência da Terra do Éter. Ao centro de toda Vida, Eleva-te.

Comunguemos. Vibração e Presença. Vibração e Éter. Verbo. Canto de Fogo, Canto do Ar, Canto da Terra e Canto da Água. Ressoando em Uníssono com o Verbo. Aquele da Verdade e de vossa Eternidade. Juntos. Juntos, nos abramos. Juntos, comunguemos. Liberdade. Juntos e Autônomos. Pois Unidos na Liberdade. Pois reunidos, pelo Verbo que sopra, e anima toda forma e toda Consciência. Onde a Consciência se torna o Verbo. Onde a Consciência se torna o animo do que anima (NDR: formulação exata de URIEL).

Ele vem bater à porta. Abram a porta. Então, a hora da Glória se revelará, na majestade do que ela é. Chamando-vos a viver a Liberdade de vossa Essência, a Liberdade da Verdade, a Liberdade do Coração. Onde não existe qualquer entrave. Onde não existe qualquer Sombra. Acolham aquele que vos torna Livres pois Ele sabe que vocês o são. E vocês mesmos, reconheçam-no, além de todo peso, além de toda lei, exceto aquela de Sua Graça, que é vossa, que é nossa. Vibremos na comunhão. Vibremos em Sua Presença, que é Vossa Presença, Autônomos e Livres. Preparai. Preparai isto, pois isto é de toda Eternidade, e se revela aqui, e se revela agora.

Filhos, a hora é chegada de nascer, para a Eternidade do que vocês São. Acolham a Verdade. Acolham o Verbo. Pois ele vem vos tornar Livres. Não, simplesmente vos tornar, mas sobretudo, vos restituir a vocês mesmos no que vocês São, em Verdade. Então, a Luz se revela, em Sua Vibração de Amor, em seu Canto de Liberdade. Aqui, além de todo limite. Então, o som da comunhão se elevará. Então, as trombetas cessarão, a fim de que a Plenitude do silêncio da Criação faça eco à vossa Presença.

Comunguemos, juntos. Verdade. Pulsação da imensidão. Onde nenhum medo pode estar, pela Liberdade e pela Autonomia porque nenhuma distância e nenhuma separação pode subsistir. Porque, jamais, a Alegria pode se apagar, pois a Luz aclara tudo.

Filhos de Alegria, Filhos da Alegria, a hora é chegada. Olhem, simplesmente, a Consciência. Aquela que se revela e que é vossa. Aquela que vos preenche, e esvazia os interstícios onde haviam se infiltrado a Sombra e os medos da personalidade. Vocês passam à era da Verdade. Vocês passam ao que jamais cessará. Pois a Vida se torna Una. Nesta vida Una, Autônoma e Livre, não existe qualquer morte, qualquer separação e qualquer medo. Vejam isto. Vivam-no, nesta carne que se Eleva até ele, agora.

O Sopro da carne vai Pacificar a carne deste mundo a fim de Elevá-la, na Beleza e na Unidade. Nenhum barulho, nenhuma resistência poderá se manter diante do afluxo do Amor, bálsamo apaziguando todo medo e todo sofrimento. Nenhuma oposição poderá se elevar, pois tudo é Um. E a Consciência se revela nesta Unidade da Presença.

Juntos, e agora, além da Vibração de AGORA. Pois vocês são a mão que Libera, pelo Coração, pela Alegria e pelo Amor do que vocês São. O Tempo, o Tempo fora do tempo, vem reencontrar vosso tempo. O espaço, além de vosso espaço, vem reencontrar o espaço de vossos limites. O Fogo do Espírito acaricia a alma, e acaricia o corpo, em breve, para levar a Consciência a sua Morada de Paz suprema, aquela de sua Eternidade, aquela que vocês São, em Verdade.

Acolhamos, ainda, o Sacro do Sagrado, tal como esta noite vocês o viveram (NDR: ver em nosso site a intervenção do Anjo METATRON de 11 de julho, às 3 horas da manhã). Agora, isto se instalará. Cada vez mais presentemente. Cada vez mais com lucidez e com Clareza, fazendo-vos penetrar, além do mundos das causas, no HIC et NUNC, da Presença Unidade, além deste mundo. E é vocês que vão conduzir este mundo com vocês, em sua Morada de Alegria. Então, vossos Corações se reconhecerão, uns com os outros como fazendo parte da mesma sinfonia, da mesma orquestra, aquela do Um.

Filhos das Estrelas, a hora é chegada de não somente trazer a Luz mas de nela Tornar-se, em totalidade. Seres de Amor, chamados a viver a Unidade, no Fogo da Ressurreição. Sigam. Sigam a Liberdade, sigam a Vibração, aquela da Luz Una. Entrem na leveza e no infinito. Presença. Revelemos a Presença, juntos. Vibremos a Luz Una. Vibremos o chamado da FONTE e a instalação do CRISTO, a cada minuto, em vossa carne. A cada sopro, em vossa alma. Agora.

Filhos escutem o Canto de vossa própria Presença, o Canto de vossa Unidade. Além das palavras, simplesmente, no conjunto de nossa Presença, Única e Unificada. Então, agora, Vibremos e comunguemos, no Amor, na Liberdade e na Autonomia. A fonte de água viva se derrama em vocês, doravante, em fluxos e em torrentes contínuas. Vindo tomar todo lugar, e todo o lugar. Então, o Coração se derrama, na Alegria de sua Presença e de vossa Presença. Unidos, Liberados e Autônomos.

Ele vem bater a vossa porta, como vocês batem à Porta dos Céus, em vosso Abandono, em vossa Doação de vocês mesmos à Verdade do Espírito. Isto, nós vamos amplificar e prosseguir no espaço de alinhamento onde METATRON se derramará, assim como minha Presença, no conjunto da Merkabah Coletiva, não fazendo senão Um. Elevando, juntos, as Vibrações do conjunto rumo ao Único. E isto vai ser agora, pela primeira vez. E cada dia, Ele baterá cada vez mais forte. E cada dia, vocês abrirão, cada vez mais, a porta da Liberdade e da Autonomia.

Assim, o Anjo URIEL que eu sou, anuncia, e realiza, o Tempo de sua Presença, o Tempo de seu Anúncio. Então, neste Instante, nós revelamos a Graça, o Canto do Um, o Canto do CRISTO, no espaço Sagrado.

Eu sou URIEL, e eu vou deixar, agora, pelo silêncio, aparecer o Pleno e a Plenitude de seu Canto. No Coração do Amor. Juntos, eu permanecerei em vocês. A Porta está aberta, o Céu está aberto, doravante. Permaneçamos em Comunhão, em um tempo, inscrito no espaço que eu abro agora.

… Efusão Vibratória…

Eu permaneço em vocês, e eu venho a vocês. Em Amor e em Verdade. E no silêncio, da ressonância e do alinhamento. Paz e Verdade. Agora, ai, Presentes e Livres. Silêncio. Comunguemos.

… Efusão Vibratória…

Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Shylton Dias.
www.toquenaunidade.com.br
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails