((((* "O QUE VEM SEMPRE ESTEVE AQUI, A PAZ ESTA DENTRO DE TI E SO VOCE PODE TOCALA, SER A PAZ SHANTINILAYA, NADA EXTERNO LHE MOSTRARA O QUE TU ES. NADA MORRE POR QUE NADA NASCEU, NADA SE DESLOCA PORQUE NADA PODE SE DESLOCAR VOCE SEMPRE ESTEVE NO CENTRO, NUNCA SE MOVEU , O SILÊNCIO DO MENTAL PERMITE QUE VOCÊ OUÇA TODAS AS RESPOSTAS" *)))): "ESSÊNCIAIS" "COLETÃNEAS " "HIERARQUIA" "PROTOCÓLOS" "VÍDEOS" "SUPER UNIVERSOS" "A ORIGEM" "SÉRIES" .

sexta-feira, 8 de julho de 2011

SRI AUROBINDO – 04-07-2011 - AUTRES DIMENSIONS

Sri aurobindo - 04-07-2011


Eu sou Sri Aurobindo.

Irmãos e Irmãs na humanidade, recebam Graça e Bênçãos, do meu Espírito ao seu Espírito.
Eu tenho a honra, hoje, de começar a revelar para vocês o conjunto das modificações ocorrendo durante o desdobramento da Luz Metatrônica ou Luz Supramental, na totalidade, bem além de suas três Lareiras, em seu Templo Interior que é esse Corpo.
Esse Corpo é à imagem do Um.
O que não quer dizer que o Um, o Único, a Fonte, tem necessariamente sua forma e seu corpo, mas que em meio a esse corpo, exprime-se certo número de ressonâncias, diretamente religadas à Unidade, às suas capacidades.
O que não foi alterado e falsificado corresponde, sobretudo, aos mecanismos que foram interrompidos nesse corpo e que, hoje, revelam-se de novo em vocês.
O desdobramento da Luz Metatrônica ocorre segundo uma sequência específica dentro desse Templo Interior que é o corpo.
Durante alguns anos, vocês tiveram a ocasião de percorrer, de viver, certas percepções, certas Vibrações, em ressonância direta com a ação da Luz Vibral em suas estruturas.
Hoje, o desdobramento da Luz Vibral pode efetuar-se na totalidade do seu corpo, na totalidade de suas células, permitindo, então, como lhes foi dito, viver, aqui mesmo, sua própria Ressurreição.
As novas estruturas foram ativadas em seu tempo, tendo permitido desvendar e revelar, há menos de um ano, os pontos denominados Estrelas, ao nível da Coroa Radiante da cabeça.
Esses pontos, durante sua ignição em Consciência, tornam-se agora 'Portas' de Passagem, entre a Coroa Radiante da cabeça, a Coroa Radiante do Coração e o Sacro.

Desdobrando-se, as arestas do Cubo e as faces do Cubo, ao nível do corpo, vão desencadear certo número de funcionamentos que lhes são, ainda hoje, para a maior parte, desconhecidos, mesmo se vocês vivem as primícias ou algumas manifestações, eu diria, mais completas, para alguns de vocês.
O desdobramento do Cubo Metatrônico seguirá uma sequência lógica, permitindo apoiar-se, através de Trilhas, nas estruturas existentes e nos circuitos novos denominados ‘Trilhas de Luz’, possibilitando uma comunicação que havia sido interrompida entre esses pontos, devido mesmo à falsificação.
Este desdobramento e esta sequência de desdobramento vão seguir uma inclinação. Esta inclinação é às vezes anterior e posterior.
Existe, na realidade, um contexto ilimitado mas se apoiando em uma Vibração, anterior e posterior, que permite, durante a ativação da Lemniscata Sagrada em suas diferentes partes, realizar, inteiramente, o que pode ser denominado, por um Arcanjo, o Abandono à Luz e, doravante, que se concretiza pela Crucificação, pela Ressurreição e pela Transfiguração.

Nós iremos, hoje, abordar as funções da Primeira Trilha e das duas Portas presentes nesse corpo, que vão permitir o desdobramento do conjunto das outras Trilhas.
Esta inclinação anterior da Luz é um circuito que vai se desencadear entre o que é denominado o ponto OD ou 8º Corpo, situado entre o plexo solar e o plexo cardíaco.
O segundo Ponto está, ele, situado na parte inferior do seu Sacro.
Há então um trajeto de Luz colocando-se em operação entre este ponto do esterno, sobre o ponto OD, e outro ponto situado na parte inferior do Sacro, que está em ressonância especificamente com o ponto ICI de sua cabeça e o ponto IM, se vocês preferem, que é o mesmo, presente em vocês.
As funções desse circuito estão, antes de tudo, associados à Transfiguração e à Crucificação.
Dito de outra maneira, isso corresponde a uma passagem delicada, permitindo, pela Porta Estreita, viver e conscientizar a Passagem da pulsão do corpo de desejo para a pulsão do Coração.

A pulsão do corpo de desejo está em ressonância direta com o sentido da apropriação.
É a Consciência do ego que, é claro, vai tudo levar para ele, seja em suas experiências relacionais, seja em sua vivência, seja, mesmo, no sentimento de amor possessivo, de outro modo dito ‘Fogo do ego’.
A conexão que vai se estabelecer entre esse ponto OD e esse ponto situado na parte inferior do Sacro, que nós denominaremos, se vocês bem querem, ICI, permite construir o OD-ICI, ou seja, a passagem particular permitindo-lhes sair da História desta Matriz, permitindo-lhes dissolver as ilusões desta Matriz, queimar, como isso foi dito, o Corpo Causal, a fim de reencontrar a Unidade.
Isso foi chamado de diferentes maneiras: a ‘porta estreita’, a frase de Cristo também, referente à Passagem deste buraco da agulha: o momento onde o Ser encontra-se de algum modo nu, desprovido de todos seus artifícios, para penetrar o Templo do Coração, o Templo do Amor.
Esse circuito é, portanto, uma Transmutação, uma Transformação e, no propósito, uma Transfiguração do conjunto do corpo de desejo.
A energia e a Consciência do corpo de desejo são uma atração para a densidade, uma atração para o apego e, particularmente, para tudo o que é da natureza dos apegos materiais, diretamente oriundos de um modo de comportamento reptiliano denominado, de outro modo, ‘apego material’. Tudo que faz com que o ser humano, no decorrer de sua vida, se encontra apegado a um número incalculável de posses, desde seu próprio corpo, passando por sua própria família, seu próprio trabalho, seu próprio automóvel, já que seus objetos os mais ínfimos, onde o sentimento de propriedade e de afiliação é quase constante e sugerido, permanentemente, por certos comportamentos induzidos, ligados, justamente, a esses apegos.
A superação do ego e a transcendência do ego, a ativação desse circuito, vai permitir nutrir não mais o Fogo do ego, mas o Fogo do Coração.

Ao nível da Consciência, isso se traduz pela percepção, cada vez mais lúcida, dos diferentes fundamentos existentes entre o que é da ordem do ego e da ordem do Coração.
O ego será sempre uma reivindicação.
O Coração será sempre uma Doação e um Abandono.
O ego apropria-se, o Coração restitui.
Esse Ponto importante, em ressonância com o ponto OD, é também a sede de uma ‘alquimia’ particular.
É, de fato, a última zona do corpo a situar-se ao nível subdiafragmático, isto é, no pavimento da Terra que permite a passagem do ar.
Conforme eu lhes disse, desde vários anos, conforme Mestre Ram, a respiração é um elemento importante que permite, em diversas técnicas perfeitamente descritas nos muito numerosos yogas, modificar a circulação da Consciência e da energia.
A passagem desse ponto OD permite, de algum modo, inverter o sentido do Fogo.
O fogo do corpo de desejo irá mantê-los, sempre e inelutavelmente, na noção de posse.
Mesmo se isso não é reconhecido abertamente, nem mesmo compreendido claramente, o próprio princípio do ego será sempre esta apropriação e este referencial, sempre em relação à sua própria experiência, à sua própria Consciência, aos seus próprios condicionamentos, às suas próprias feridas e ao conjunto do que define, em uma vida ou no conjunto de suas vidas, os apegos de natureza ‘material’, nesta densidade, neste plano.

Cristo disse-lhes também, em ressonância com esta Porta: “Ninguém pode penetrar o Reino dos Céus se não se tornar de novo como uma criança”.
Uma criança é aquela que não tem História.
Uma criança é aquela que se instala no Aqui e no Agora.

É aquela que centra sua Presença no instante e que define sua Presença independentemente de qualquer circunstância, vinda de um passado ou se projetando no futuro.
Isso foi denominado, pelo Arcanjo Anael, HIC e NUNC, AQUI e AGORA.
O conjunto de seres despertos deste planeta, independentemente de suas culturas e de suas tradições, deixaram-lhes, todos, esta noção de Aqui e Agora, que busca encontrar tanto a meditação como alguns yogas, como algumas formas de respiração.
Hoje, o apelo da Luz, devido ao aumento da Luz Supramental, chegando até vocês e revelando esta famosa Luz Vibral Branca integralmente nesta Terra, permite realizar, hoje, este distanciamento da personalidade, de seus mecanismos e seus funcionamentos.
Esta Transfiguração, Crucificação, ocorrendo depois (porque são duas etapas que se seguem, uma após a outra), corresponde então a um surgimento, de alguma forma, do conjunto das pulsões do corpo de desejo onde, pouco a pouco, a Consciência vai se distanciar do conjunto de seus desejos, não para suprimi-los por um ato de vontade, mas para vê-los tais como eles são e o que eles são.
Existe, portanto, uma ‘tomada de distância que não é um desapego artificial, mas sim um mecanismo da própria Consciência, distanciando-se de seus próprios desejos, a fim de dar lugar à Passagem em meio ao Coração.

Esta Trilha é a primeira Trilha a se revelar quando o conjunto das Coroas Radiantes se ativa, permitindo, aí também, colocar, literalmente, o Fogo do Coração, possibilitando assim, em um tempo logo depois, realizar uma ‘alquimia’ particular entre o Fogo da Terra e o Fogo do Coração, permitindo transcender, de algum modo, o Fogo do ego.
O Fogo do ego apenas sempre exibiu uma incapacidade, consciente e programada além de sua própria vontade, para mantê-los na Ilusão, para mantê-los nos condicionamentos, em ressonância com os desejos, quaisquer que sejam.
Obviamente, os desejos fazem parte da vida, já que alguns desses desejos, como lhes foi explicado, são necessidades de natureza fisiológica.
Mas o conjunto desses desejos e mesmo dessas necessidades, a partir do momento em que o Fogo do Coração se instala e se alquimiza, de alguma forma, com o Fogo da Terra, como será abordado posteriormente, vai permitir, pouco a pouco, ver seus desejos para o que eles são: condicionamentos, oposições e nada mais.

O ponto de partida ou de chegada, OD, está, portanto, em ressonância ao longo desta Trilha com o ponto inferior do seu Sacro.
Este ponto inferior do Sacro é, aliás, chamado de ‘fonte jorrante’.
Esta fonte jorrante está diretamente religada, vocês compreenderam, à Kundalini e, mais próximo de vocês, ao Canal do Éter, pelo qual sobe a energia purificada do ego, permitindo transcender o Fogo dos desejos por intermédio do Fogo da Terra, a fim de religar o Fogo do Coração.
Essa ‘trilha central anterior’ corresponde, ao nível da Consciência, à Clareza, manifestando-se na compreensão desses mecanismos, para vê-los e, então, transcendê-los sem o desejar, mesmo sem ter, mesmo a vontade absoluta, mas a iluminação simples.
Isto significa que a tomada de Consciência vai permitir, progressivamente, que o impulso do corpo de desejo ou pulsão do corpo de desejo, atraindo-os para esta Atração e esta Densidade dos apegos materiais, seja, de algum modo, transmutado pelo Fogo da fonte jorrante, invertendo, de certa maneira, o movimento da energia da atração para baixo, em um movimento de liberação para cima.
Portanto, este ponto denominado a Porta Estreita, OD, não vai mais ser alimentado somente pelo Fogo do ego, mas, principalmente, vai ser alimentado pela fonte jorrante ou Fogo da Terra, vindo, por esse circuito, mesclar-se ao Fogo do ego e fazê-los confrontar-se com seus últimos engramas de apegos materiais, chamados também, muitas vezes, de Anjo do Abismo.
É o momento do que poderia ser denominado a ‘segunda morte’, o momento em que, definitivamente, vocês aceitam sua Crucificação, em que definitivamente, sua Consciência tornar-se-á ilimitada.
Naquele momento, a Consciência não é ainda ilimitada, haverá uma segunda etapa que irá se manifestar em meio à Consciência e que está ligada à inclinação ‘posterior’ deste desdobramento da Luz Vibral em seu cerne, que será desenvolvida posteriormente, mas que, no entanto, está totalmente associada a este processo entre OD e ICI.

OD e ICI traçam a Trilha da Redenção Final.
Uma vez que o conjunto dos cruzamentos, uma vez que o conjunto das Cruzes, colocados em operação na Coroa Radiante da cabeça, nas conexões ponto por ponto, ao nível da Luz, presentes nesses pontos, realizam então a ‘Ponte de Luz’, uma Porta, permitindo à Luz difundir-se e se enxamear no corpo, em outros Pontos.
É por esses Novos Pontos, religados por essas Trilhas, que o Corpo de Estado de Ser é realizado.
É também neste nível que a Consciência percebe a diferença fundamental podendo existir entre a pulsão do corpo de desejo e a pulsão do Coração.
Esse mecanismo é, antes de tudo, Vibratório, antes de tudo um mecanismo da Consciência e vai, evidentemente, se traduzir por modificações de percepção da própria Consciência, onde o conjunto da Ilusão comecará a aparecer para o que ela é e onde a alma e o Espírito começarão a dissociar-se, a distanciar-se, enquanto integrando o ego e a personalidade. Naquele momento, não são mais o ego e a personalidade, no corpo de desejo, que conduzem o que vocês são, mas realmente, a Vibração da alma e, depois, do Espírito.
Naquele momento, e somente naquele momento, vocês podem tornar-se Mestres de vocês mesmos, sem exercer qualquer vontade, sem exercer qualquer poder em oposição à sua personalidade, mas esta se encontra, de fato, integrada em uma percepção da Consciência muito mais ampla, levando-os à Vibrar no Coração, na Coroa Radiante do Coração e permitindo então, pela impulsão do Fogo da Terra, penetrar o Fogo do Coração, penetrar o Samadhi e viver a Essência e a totalidade.

Esta Trilha, naturalmente, não necessita de vocês.
Muitas vezes, essas Trilhas vão se ativar por elas mesmas, perceptíveis ao nível dos efeitos diretos sobre a Consciência, mas também ao nível dos pontos de partida, denominados Portas.
Neste caso, aqui, o ponto OD e o ponto ICI, permitindo, então, realizar esse trabalho de Consciência.
Obviamente, como lhes foi dito em numerosas reprises, a Luz Vibral é Consciência, a Vibração é Consciência e se sua Atenção e sua Intenção se colocam então, sucessivamente, nesses dois pontos, vocês irão, portanto, realizar muito mais facilmente a Passagem desse corpo de desejo à pulsão do Coração, onde não existe mais qualquer desejo, exceto aquele de Ser, de irradiar e de viver em meio à Unidade.
Esta Porta, esta Passagem (porque é uma) vai permitir-lhes, de algum modo, estabilizar-se, durante o desdobramento da Luz, e vai permitir-lhes também, como eu disse, ver cada vez mais claramente em vocês, sem poder enganar em momento algum, o que age em vocês, ou seja, é a personalidade ou o Coração?
Além de qualquer consideração moral, religiosa ou mesmo espiritual, mas na ‘retidão’ a mais total.
Este eixo Vibratório, esta Trilha particular entre OD e ICI é, na realidade, o Primeiro Pilar anterior no qual vai se revelar a Luz e as outras funções da Consciência Unificada.
Portanto, é essencial superar, naquele nível, os apegos materiais e é para isso que lhes foi comunicado, perto do acesso ao Estado de Ser, pelo Protocolo ‘Integração do Estado de Ser’, através de Cristais ou da prática das Cruzes, certo número de fatores comportamentais oriundos do seu cérebro o mais arcaico, tendo sido modificado mais recentemente, que impede, justamente, passar do ego ao Coração (ndr: ver, em particular, os protocolos ‘Liberação dos apegos coletivos’ e ‘Finalização do corpo de Estado de Ser’).

Dessa maneira, então, e de acordo com o que foi anunciado desde muitíssimo tempo, o desdobramento da Luz Vibral Metatrônica vai permitir realizar, nesse mundo de ação/reação, o Princípio da Graça.
Ainda é preciso aceitar, ainda é preciso aceitar transcender, superar, pela Crucificação, o próprio princípio dos apegos materiais, quaisquer que sejam.
Compreendam bem que, nesse nível, não é questão de renunciar, voluntariamente, ao que quer que seja, mas sim de ter uma iluminação perfeita do que atua, em meio mesmo à sua Consciência, em meio mesmo ao que vocês são.
O desdobramento da Luz Vibral na Luz Metatrônica e no Cubo Metatrônico tem rigorosamente este objetivo.
Além da Fusão das três Lareiras, além da vivência, mesmo, do Samadhi, é a própria Consciência que vai se ver em seus diferentes funcionamentos, em seus diferentes papeis e em seus diferentes comportamentos, permitindo então, realmente, ver-se do exterior, mas essa palavra não é perfeitamente exata porque, em Verdade, é somente naquele momento que vocês se verão do Interior, que vocês irão se considerar como uma Ilusão total, na qual vocês estão, mas que não é vocês.
É naquele momento que a Consciência total do que vocês são irá aparecer-lhes.
Os apegos materiais desaparecerão uns atrás dos outros e lhes permitirão viver certa forma de liberdade, enquanto nesse mundo, em qualquer caso da Consciência que poderá, então, exprimir-se sobre seus modos ilimitados, através da Alegria e da Paz.

Alguns medos serão superados pela liberação desses apegos materiais e pelo desdobramento desse trajeto OD-ICI e, em particular, o medo da ‘perda’ (o medo de perder esse corpo, o medo de perder o que vocês estão apegados) porque vocês serão literalmente desprendidos de toda posse, pela inversão do Fogo do desejo para o Fogo do Coração, retornando, então para a Consciência Crística.
É naquele momento que poderá se instalar a Consciência da Ressurreição, paralelamente a esta, em ressonância com a inclinação posterior que lhes será desenvolvida um pouco mais tarde.
Não cabe dar-lhes a maneira de trabalhar nesta Consciência porque retenham que o que é importante é a ATENÇÃO e a INTENÇÃO que vocês colocam nesses dois pontos.
A Trilha despertando-se, então, por ela mesma.
Mas, é claro, como em qualquer yoga ou como em qualquer atividade da Consciência, qualquer que seja, existem meios diversos, durante este período, para favorecer esta transformação, esta Transfiguração do Fogo do desejo em Fogo do Coração.
Seja pelos Cristais, seja por vocês mesmos ou por uma alma agindo em vocês, através do seu próprio corpo, mas isso será comunicado diretamente àquele no qual eu me expresso, hoje.
Esse desdobramento irá conferir efetivamente uma ‘mudança de densidade’.
Esta mudança de densidade é, literalmente, um alívio levando-os para a leveza, eliminando o peso da densidade, tanto ao nível da Consciência como ao nível de suas próprias percepções desse corpo e do mundo.

A ativação dessa Trilha e a ignição desses dois pontos, ou dessas duas Portas de Luz, refletem-se também por modificações dos mecanismos da própria Consciência, com relação ao próprio ritmo de seus desejos, o próprio ritmo de suas necessidades, tornando-se então transcendidos pela Luz para não mais persistir senão momentos precisos ou então nenhum.
Mas tudo isso, vocês verão claramente ou, em todo caso, seu corpo experimentará a manifestação, se vocês forem ao encontro, é claro, do Fogo do Coração, ao encontro da Pulsão do Coração, para encontrar-se sob o Fogo do desejo.
Naquele momento, algumas manifestações irão aparecer, que serão para vocês o sinal de uma ‘eliminação’.
Esta eliminação podendo se traduzir também ao nível da esfera digestiva, hormonal, sexual ou circulatória.
Naquele momento, vocês começarão a ver em vocês o que é da ordem do peso e o que é da ordem da leveza, o que é da ordem do alívio.
Bastará então, portanto, ajustar-se, adaptar-se a fim, simplesmente, de concretizar, finalmente, esta Crucificação, este Abandono à Luz e esta Transfiguração, levando-os a viver sucessivamente a etapa da Realização do Cristo Interior que é, de fato, a inclinação ‘posterior’ em meio a esse corpo.

A transformação das pulsões é um elemento inicial importante, permitindo estabelecer-se, de maneira definitiva, na Consciência Unificada, não mais apenas ficar na ida e volta de uma à outra, mas sim ali se estabelecer de maneira estável e, sobretudo, compreender os funcionamentos, como eu diria, como uma observação exterior ou uma impressão paradoxal de perceber esse corpo e esse funcionamento como não sendo vocês.
Eu preciso que isso não tem nada a ver com uma despersonalização ou com qualquer problema psíquico ou psicológico, mas sim como uma verdade da Consciência permitindo-lhes, justamente, passar da Pulsão desse corpo de desejo à Pulsão do Coração.
Eis alguns elementos, eu espero ter sido suficientemente claro em minhas palavras.
Naturalmente, se há questões que possam ainda existir, em vocês, em relação a isso, eu me farei uma alegria de ali responder e de continuar nossa troca.

Pergunta: a ativação desses Pontos faz passar diretamente ao que é chamado, em algumas tradições, de “chamado” a “eleito”?
Querida Irmã, isso corresponde plenamente ao que você acaba de dizer, enquanto sabendo que a Crucificação não é totalmente a Ressurreição, mas que ela conduz, de maneira inexorável, efetivamente, à Ressurreição em meio ao Estado de Ser.
Isso é uma etapa.
A conscientização desta etapa, através dos elementos que lhes serão comunicados, permitirão viver, por si mesmos, a experiência desta transformação da Pulsão do corpo de desejo para a Pulsão do Coração.

Pergunta: é preciso ter vivenciado o Fogo do Coração para passar a Porta Estreita e viver a Crucificação?
O Fogo do Coração foi ativado independentemente desse circuito, para alguns de vocês, devido à ativação total da Coroa Radiante da cabeça e da capacidade, talvez mais fácil, para alguns de vocês, para viver o Abandono à Luz.
O desdobramento do Cubo Metatrônico é, de qualquer forma, o último impulso da Luz Vibral permitindo-lhes, justamente, passar ao Fogo do Coração e então à Crucificação.
A ativação das cinco frequências, dadas pelo Senhor Metatron, durante o verão [inverno, no hemisfério sul] de 2009, foi um primeiro impulso.
O desdobramento das doze Estrelas foi um segundo impulso.
O desdobramento do Cubo Metatrônico é o terceiro e último impulso.
Terá então sido batido à sua porta três vezes.

Não haverá outras vezes.
O Fogo do Coração não é pre-requisito, mas ele será uma consequência lógica da passagem da Pulsão do corpo de desejo à Pulsão do Coração, se vocês preferem, do Fogo do ego ao Fogo do Coração.

Pergunta: a ativação dessa primeira Trilha será acompanhada de eliminações ao nível do corpo físico?

Querida Irmã, tudo dependerá do seu progresso, eu diria, no Abandono à Luz e da persistência ou não de alguns apegos materiais.
Alguns já começaram a viver eliminações corporais e, agora, durante a Última Passagem da garganta, realizada pelo Arcanjo Uriel no mês de dezembro, após a liberação da Terra e do Sol.
E alguns não terão qualquer eliminação.
Isso é da ordem do possível.
Isso dependerá do que resta a transmutar nos últimos apegos e nas últimas pulsões do corpo de desejo.

Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.

Irmãos e Irmãs na humanidade, todo meu Amor está em vocês.
Eu voltarei, certamente.
Eu darei lugar, amanhã, ao Irmão K que lhes falará, ele, da Consciência associada à inclinação posterior da Luz, diretamente ligada a KI-RIS-TI, ao Cristo.
Eu lhes digo então, quanto a mim, até muito em breve, em meio à Verdade.



Enviado por Rosa
Mensagem do Bem Amado SRI AUROBINDO no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1087
4 de julho de 2011
(Publicado em 7 de julho de 2011)
Tradução para o português: Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com

http://minhamestria.blogspot.com
http://a-casa-real-de-avyon.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails